FORA DA REALIDADE

by
torcida são paulina protesta: diretoria abusa do preço dos ingressos

torcida são paulina protesta: diretoria abusa do preço dos ingressos

 

O vice-presidente de futebol do São Paulo Ataíde Gil Guerreiro soltou cobras e lagartos contra a torcida tricolor pelo comparecimento de “apenas” 18.000 torcedores no jogo contra o Corinthians.

É rir para não chorar.

Caro Ataíde, 18.000 pessoas foi muito.

É uma tremenda bobagem comparar o desempenho financeiro dos estádios de Corinthians e Palmeiras com o Morumbi.

A torcida tricolor é verdade, anda desmotivada pelo rendimento medíocre da equipe em clássicos.

Mas o atroz planejamento dessa nova diretoria ajudou muito a esvaziar o Morumbi.

Aumentar o ingresso a 120 reais na Libertadores e fazer uma improvisada e atrapalhada troca de operadora de ingressos não foram as melhores escolhas e colaboraram para afastar o abnegado são paulino.

Ataíde Gil Guerreiro se esquece que o São Paulo teve uma grande média de público no campeonato brasileiro nos últimos anos. Afirmar que o torcedor é culpado por mais uma fase medíocre da equipe é tapar o sol com a peneira. Afinal de contas não é o torcedor são paulino que ganha milhares de reais e perde da Ponte Preta , Penapolense e Bragantino não é mesmo?

O Corinthians passa por um processo de retomada desde o rebaixamento de 2007. A torcida corintiana que é enorme está ajudando muito nesse caso. Porém se vê cada vez menos “povão” no Itaquerão. É o preço da elitização do futebol brasileiro.

O Palmeiras está aproveitando o entusiasmo da torcida com o seu novo e belo estádio. Um motivo mais do que suficiente para encher a sua arena.

Porém, existem dois fatores preponderantes nos dois casos. Os planos de sócio torcedor das duas equipes são melhores e mais organizados do que os dos são paulinos pois contam com programas de fidelização que praticamente obrigam o cidadão a assistir a jogos menores para ganhar pontos e poder ver partidas mais importantes.

Não se vê nada disso no programa do São Paulo ainda.

Outro fato é a facilidade de transporte em Itaquera e na Barra Funda com metrô perto dos locais dos jogos. O Morumbi ainda carece dessa facilidade, pois devido a lerdeza da administração Alckmin, a estação da via amarela São Paulo-Morumbi só ficará pronta em 2018 e olhe lá. Nenhum torcedor inteligente e com responsabilidade gastaria mais de 100 reais num estacionamento clandestino ou pagaria 120 reais de ingresso em detrimento da comida para seus filhos.

Existem prioridades e o Brasil está em uma recessão econômica.

Falta visão da realidade a Ataíde e a outros cartolas do futebol brasileiro.

Não somos um país rico. O povo continua rebolando no almoço para pagar a janta.

Talvez se observasse por fora e visse todas as dificuldades pelo qual o fã de futebol passa, um cartola não emitisse um rosário de lambanças.

O problema é que antigamente os diretores são paulinos trabalhavam muito e falavam pouco.

Hoje em dia eles se justificam todos os dias.

Complicado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: