O HERMES HOLANDÊS

by
Robben comemora:  partida heróica

Robben comemora: partida heróica

O personagem da decisão na temporada 2012-2013 da Champions League não é o badalado Schweinsteiger e nem o polonês goleador Lewandowski . O protagonista é um atacante careca de um metro e oitenta.

Arjen Robben surgido no futebol holandês, lembra os velhos pontas do passado que sempre traziam terror as zagas adversárias.

Versátil e com uma boa velocidade, Robben se destacou na seleção de seu país e foi contratado pelo Bayer de Munique.

Porém o carequinha tinha um péssimo defeito. Finalizava mal nas horas decisivas.

Na decisão da Copa do Mundo de 2010 perdeu um gol feito na cara do arqueiro Casillas. Na final da Champions do ano passado perdeu um pênalti na prorrogação e foi considerado um dos culpados pela chamada “tragédia de Munique”, onde o Bayer perdeu a decisão dentro de casa para um medíocre e “italiano” Chelsea.

Aqui mesmo neste blog, Robben ganhou o pejorativo apelido de “pipoqueiro voador”, dada a sua grande velocidade e suas desastrosas finalizações.

Hoje, na partida derradeira da Champions League o roteiro parecia se repetir. O jogo começou eletrizante com um domínio do Borussia e de grandes defesas do arqueiro Nauer. Contudo, passada a blitz do time amarelo, o Bayer equilibrou as ações e Robben perdeu três gols feitos.

Parecia que o incômodo carma iria se repetir. O seu rosto denunciava o imensa fardo que o camisa 10 do Bayer carregava em sua alma.

Mas o holandês não se entregou a mediocridade.

Eis o exemplo de um homem que foge das adversidades e constrói o seu próprio destino.

Ele não faz birrinha com a diretoria e a torcida do seu clube, muito menos responsabiliza o árbitro para disfarçar a sua própria incompetência.

Robben luta. Corre como um maluco desventurado sempre levando perigo à defesa adversária. Foi assim durante toda a disputa. Perdeu gols no passado? Perdeu gols agora? Bola para a frente. A insistência deu resultado e numa tabela com Ribery, o atacante holandês deixou Mandzukic livre para a abrir o placar para o time de Munique.

Mas o zagueiro Dante, um dos preferidos de Felipão (Deus nos ajude) comete um pênalti estúpido e o Borussia empata. A muralha amarela explode e faz a torcida bávara lembrar da trágica partida do ano passado. Será que o todo poderoso Bayer de Munique vai sucumbir de novo? Será que o esquadrão vermelho será vice novamente depois de 2010 e 2012?

A partida é acirrada. Weidenfeller faz grandes defesas. O Borussia ameaça nos contra ataques. O relógio vai andando e tudo indica que teremos uma prorrogação na primeira final alemã da Europa.

Mas Robben desafia o destino mais uma vez.

Aos 43 minutos quase no final de jogo ele entra dentro da área adversária, tabela com Ribery que o deixa livre para tocar a bola rasteira no fundo das redes do Borussia.

Robben explode de emoção e a torcida do Bayer comemora junto com ele.

Eis a diferença que separa os homens comuns do imortais. Está demonstrado o que um sopro de dedicação pode fazer a um atleta que era reserva de Tony Kross e era vaiado pela torcida.

Robben fugiu do óbvio, da mediocridade, dos carimbos e dos rótulos.

O destino conspirou a seu favor? Talvez. Mas como diz uma frase “ a sorte  ajuda os audaciosos”.

O Bayer Munique levanta a taça: quinto título europeu

O Bayer de Munique levanta a taça: quinto título europeu

O atacante construiu o seu próprio caminho. Não se prendeu ao passado. Pelo contrário, olhou para o presente e o Bayer de Munique conquista a Europa pela quinta vez e tentará o terceiro título mundial no Marrocos em Dezembro. Iguala o Liverpool e se torna um dos maiores vencedores do futebol do velho continente.

De vilão a herói. Eis o que o apaixonante futebol nos proporciona. Os deuses jogaram seus dados, mas Robben como um Hermes mitológico contrariou todos os estigmas.

Parabéns Bayer de Munique. Parabéns Arjen Robben.

A Europa é vermelha mais uma vez.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: