DE QUATRO, DE NOVO?

by
Lewandowski: noite de gala

Lewandowski: noite de gala

Paul Breitner, ex-jogador da Alemanha e campeão do mundo em 1974 foi tachado de “arrogante” ao defender num programa da ESPN Brasil que  a Bundesliga era o maior  campeonato nacional do mundo.

Hoje todos nós sabemos o porque. A exemplo do seus compatriotas ontem, o Borussia Dortmund arrasou um milionário time espanhol, no caso, o Real Madrid por 4 x 1. No duelo Alemanha x Espanha nessa semifinal da Champions League está 8 x 1 para o clubes germânicos no total. Ainda teremos as partidas de volta. No futebol tudo é possível e inacreditável, mas tudo indica que teremos pela primeira vez na história uma final entre times da Alemanha no maior torneio europeu de clubes. Um fato inédito, já que os clubes da região não dominam completamente a Europa como faz a sua forte e tradicional seleção.

Na peleja de hoje, vimos semelhanças com a partida de terça-feira. Uma pressão interminável do time do Vale do Ur contra os comandados de José Mourinho. O polonês Robert Lewandowski marcou o primeiro tento logo de início aos 10 minutos. Mas ao contrário do Barcelona, o Real soube controlar as ações e chegar ao gol do empate de Cristiano Ronaldo numa falha terrível do zagueiro Hummels. Se esperava uma partida mais equilibrada e que o filme de ontem não se repetisse.

Porém, Lewandowski estava com o capeta no corpo. No segundo tempo, o Borussia não deu trégua aos merengues e o artilheiro marcou o segundo gol na noite. O desespero madrilenho aumentava e a equipe do excelente treinador Jürgen Klopp buscava o tento ardorosamente e obrigava ao arqueiro Diego López a fazer grandes defesas. Lewandowiski não perdoou e marcou o terceiro. A noite era do Borussia que até teve um pênalti inexistente marcado. Mais uma vez o polonês conferiu e completou a noite com quatro gols. Fato inédito numa semifinal de Liga dos Campeões da Europa.

Mesmo que nenhum dos dois times alemães consigam ir a final (algo que pode se julgar quase impossível) é inevitável constatar que o equilibrado futebol germânico mostra a sua força. Com um campeonato com cotas igualitárias e times financeiramente sanados é possível montar uma boa esquadra e humilhar elencos milionários como foi feito ontem e hoje. A diferença de euros dos clubes espanhóis para os alemães é considerável, mas dinheiro não significa domínio. Montar uma equipe cheia de estrelas não é a fórmula ideal suprema para conquistar títulos.

O futebol alemão, quase soberano quando se trata de seleções nacionais, agora mostra a sua força também nos clubes, independente dos resultados da semana que vem.

Com o chamado “Fair Play” financeiro da UEFA, agora os bilionários times ingleses mantidos por magnatas  e os dois espanhóis que predominam exageradamente  na sua liga vão ter que se acostumar com isso.

6 Respostas to “DE QUATRO, DE NOVO?”

  1. Edilson Lira Says:

    Assisti à entrevista do Paul Breitner.
    Mas acho que arrogantes foram aqueles que pensaram que ele falava soberbamente.
    Porque aquelas palavras foram amargas para nós brasileiros exatamente porque não conseguimos admitir a realidade. Ficamos muito pra trás mesmo… e literalmente para trás.
    O futebol moderno é ocupação de espaços. Quando vejo jogos como estas semifinais da Champions e vemos o espaço entre o atacante e a linha de zaga que espanhóis e alemães compactam e ainda assim propiciam um bom espetáculo, fica inconcebível ver um time brasileiro jogando contra eles.
    O biotipo dos nossos zagueiros enooormes e LENTOS (biotipo dos anos 90) impedem que haja uma compactação pois, qualquer bola em profundidade torna-se perigoso, já que esta lentidão prejudica sua recuperação. Numa retomada de bola do adversário, o espaço no meio campo para a articulação de jogadas é imenso e empurram o time mais pra trás ainda.
    Isso o Barcelona praticou e mostrou ao mundo como se faz.
    Isso, Paul Breitner disse que os alemães foram humildes em reconhecer e tentar aplicar em seu jogo.
    O único time do Brasil que conseguiu reduzir um pouco mais este espaço recentemente, é o hoje o mais bem sucedido.
    Ainda engatinhando em relação aos padrões espanhóis e alemães…
    Breitner disse que o projeto seria de em 4 ou 5 anos os alemães dominariam o cenário do futebol.
    Vamos esperar a semana que vem… mas a impressão que fica, é que isso se dará bem antes disso, ou seja:

    – BREITNER FOI MUITO HUMILDE!

  2. Marcelo Abdul Says:

    Pois é. Breitner só disse a realidade do que acontece no futebol hoje. É um cara de visão. Ele sempre teve a personalidade forte. Durante toda a carreira ele foi assim. O Brasil reclama de que a maioria da torcida “baba ovo” para os europeus mas a realidade é que o futebol brasileiro parou nos anos 90. A fala de Felipão de que “só jornalista gosta de volante goleador” revela bem o quanto o Brasil precisa se reciclar no futebol mundial.Veja a nossa posição no ranking da Fifa (não sou fã de rankings, mas é a queda mais acentuada do Brasil desde que essa classificação foi criada).

    Eu discordo que o Breitner tenha sido arrogante. Ele deu dicas preciosas de como o futebol brasileiro deve melhorar. Mas quando olhamos na CBF e vemos um José Maria Marin as nossas esperanças se esvaem, principalmente também por causa dos dirigentes de clubes subservientes.

  3. guina Says:

    Posso ser sincero, Parceiro? Uma tremenda zebraça….É isso que acho!

  4. Marcelo Abdul Says:

    Eu não achei zebra porque o Borussia além de ter um bom time foi bicampeão alemão e ganhou do Real Madrid também na fase de grupos. Fora que eles estão invictos e fazem a melhor campanha da competição. O Real Madrid apesar de ter um time forte ainda capenga. Mas eles ainda tem chances. Basta dar uma são paulinada..rsss.

  5. Edilson Lira Says:

    Se é zebra o time de melhor campanha da competição vencer um jogo, ainda mais contra uma equipe que ele ficou o tempo todo na frente na fase de grupos e já tinha vencido também, aí eu acho que banana tá comendo macaco…

  6. Marcelo Abdul Says:

    Pois é. O Borussia Dortmund tem um bom time. O Real Madrid sentiu o peso na quarta.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: