EU NÃO ACREDITO EM BRUXAS, MAS…

by

teje preso

O leitor do blog deve ter notado a ausência de novos posts nos últimos dias.

Realmente me ausentei de escrever qualquer assunto no blog, principalmente sobre futebol. A explicação será longa. Portanto se você não gosta de longas dissertações pode pular fora.

Escrever sobre esportes ou qualquer assunto relevante é um prazer para mim. Poderia estar fazendo outra coisa, mas a internet proporciona um canal de comunicação viável entre várias pessoas e incentiva o debate e discussões relevantes.

No entanto, nos últimas semanas não estou muito entusiasmado de escrever.

Não sou adepto das “teorias da conspiração”. Pelo contrário, eu sempre me recusei a acreditar que existe resultados arranjados e decisões de bastidores absurdas. Se isso ocorre para que ver futebol? Qual o propósito de assistir o seu time se as “cartas são marcadas”? Isso é coisa de sadomasoquista. Não faria o menor sentido.

No entanto, nas últimas semanas temos visto situações estranhas ocorrerem em volta do esporte bretão. Logo eu, o último dos moicanos em relação a desconfiança da arbitragem. Mas como diria um amigo meu, “bem vindo ao novo mundo”.

Não dá para confiar em entidades presididas por Nicolás Leoz, José Maria Marin e Marco Polo Del Nero. Muito menos nos árbitros e nos chamados “julgadores disciplinares” dos mesmos. Isso é fato.

Agora vamos chegar ao ponto principal.

O São Paulo Futebol Clube foi literalmente assaltado no Pacaembu pelo árbitro colombiano Wilmar Roldan na partida contra o Arsenal de Sarandi. O pênalti que ele deu numa bola na mão foi um ato ridículo. O atacante Luis Fabiano reclamou e foi expulso pelo homem de preto depois que a partida terminou.

Luis Fabiano errou é verdade. Pela sua experiência como atleta profissional ele deveria ter seguido o seu rumo e não discutir com o árbitro já que a decisão já fora tomada meia hora antes. Um vestiário e uma água fria teriam melhores resultados terapêuticos contra a raiva. Mas Luis Fabiano é um “porra louca”. Sabe-se lá o que ele disse ao sujeito, mas a súmula do juizinho medíocre fez com que o centroavante são paulino ficasse quatro jogos suspenso. Um exagero apesar do atacante tricolor ser reincidente. Em toda a história da Libertadores e de outros torneios sul americanos atletas fizeram coisas bem piores e nem mesmo tomaram um gancho de 45 minutos. Vide a selvageria e a covardia dos jogadores do Arsenal que agrediram uma mulher no jogo contra o Atlético Mineiro no estádio Independência na semana passada. A punição ao centroavante titular do Morumbi foi exagerada.

Muitos torcedores são paulinos ironizaram a decisão nas redes sociais. “Melhor seria se tivesse matado o árbitro, pegava apenas um jogo”. Eles se referiram ao triste caso Kevin Spada e da punição branda da entidade em relação ao Corinthians e do escandaloso relacionamento de políticos brasileiros com as famigeradas torcidas organizadas. Até mesmo o ex-promotor e também ex-caçador de torcidas Fernando Capez é um dos defensores da libertação dos envolvidos na suspeita do assassinato do garoto boliviano. Tudo em troca de fervorosos votos nas eleições do ano que vem.

Porém, não estamos tratando aqui de “santinhos”, nem de presos políticos brasileiros dissidentes que resolveram ofender o presidente cocaleiro Evo Morales. O buraco é mais embaixo. Houve um assassinato. Mesmo que os 12 corintianos sejam inocentes eles tem que responder pela justiça boliviana que é soberana e totalmente independente do estado brasileiro.

Se os 12 torcedores não deverem nada estarão livres. A Bolívia não é uma ditadura.

Mas voltemos a Luis Fabiano.

Devido a muitas atitudes infantis do atleta o são paulino não sabe se o castigo imposto a ele é um desfalque ou um reforço. O atacante age com imaturidade dentro de campo. É um irresponsável. Não melhorou uma vírgula desde que voltou da Espanha. Nem mesmo a titularidade de uma Copa do Mundo fez seu controle psicológico melhorar. Ele continua o mesmo transloucado de sempre. Mas apesar de todas essas “qualidades” a punição da Conmebol foi severa demais.

Xingar o juiz pode dar quatro jogos de suspensão mas e chutar um auxiliar como o Elano fez na Sul Americana do ano passado? Para a Conmebol não há nenhum problema. Tanto que o meio campista continua livre, leve e solto pelos campos verdejantes do Rio Grande do Sul nessa Libertadores.

Elano: bicar o auxiliar não dá suspensão grave

Elano: para a Conmebol bicudar o auxiliar não dá suspensão grave

São dois pesos e duas medidas. A entidade sul americana age com rigor em um caso simples e mostra indiferença em outros fatos bem mais graves que envolvem agressões e até mortes.

Agora vem a pergunta: como vamos confiar na confederação de “Sir” Nicolás Leoz?

Desculpem mas não é possível.

A segunda facada veio quinze dias depois. O árbitro Leandro Bizzio Marinho marcou pênalti de Rogério Ceni em Alexandre Pato quase no final do jogo do clássico entre São Paulo e Corinthians pelo campeonato paulista.

Na minha opinião não houve pênalti. O arqueiro tricolor errou o tempo da bola e acertou o pé do atacante alvinegro sem a intenção de derrubá-lo. Pato veio por cima e quase quebrou o goleiro. Houve apenas uma solada . O atacante caiu de maduro e o árbitro entrou na onda. A marcação foi absurda.

Rogério Ceni e Pato: solada é pênalti

Rogério Ceni e Pato: solada é pênalti

No ano passado por coincidência, no mesmo clássico no Pacaembu houve um lance semelhante. O juiz acertadamente não deu falta.

Mas Bizzio interpretou de outra maneira. Ele deve ter ficado com medo de não aplicar a infração contra um time amplamente favorecido pela mídia e pelo atual governo. A caixa de ressonância e o medo da repercussão negativa de um lado falou mais alto no seu córtex cerebral. O futebol mais uma vez perdeu, pois a partida era muito bem disputada. O juiz interferiu no resultado.

Dois erros graves de arbitragem contra o mesmo clube em menos de 15 dias. Além de uma punição rigorosa e até inédita contra um dos seus principais jogadores.

Coincidência? Pode até ser. Mas o fraco futebol do São Paulo nos últimos meses não demonstrou que os erros dos árbitros e os julgamentos rigorosos de entidades são os únicos responsáveis pelos maus resultados na Taça Libertadores.

Porém isso não impede a real visão dos fatos. O tricolor do Morumbi foi garfado dentro e fora de campo. Independente da qualidade do time ou de se enfrentar adversários melhores, não se pode desvirtuar a essência do futebol.

Temos todo o direito de desconfiar da seriedade de certas instituições. Não ponho a mão no fogo por elas. Principalmente aquelas que adoram fazer negociata nos bastidores.

É como diz um ditado muito famoso na Espanha: “Yo no creo en brujas, pero que las hay, las hay”.

Traduzindo para o bom português , eu não creio eu bruxas, mas que elas existem, existem.

PS – A brincadeira feita  acima é uma imitação de uma edição da revista Placar publicada em 1988. Nesse jogo o atual comentarista de arbitragem da Globo Renato Marsigla validou um gol impedido de Biro-Biro num majestoso decisivo realizado em 1988 pelo campeonato paulista. O tempo passa, mas certas coisas nunca mudam.

desabafo05

Anúncios

41 Respostas to “EU NÃO ACREDITO EM BRUXAS, MAS…”

  1. Lina Says:

    Brimo, tem uma pessoa que faz toda a diferença nos bastidores do futebol e que está fortemente ligada aos dois lances que você mencionou: Marco Polo Del Nero. E ainda tem outro a punição por causa dos incidentes contra o Tigre ( perda de mando ).
    Este senhor além de presidente da FPF é o representante brasileiro na Conmebol.
    Não pense que o São Paulo e ele estão “de boa” depois de toda aquela confusão no brasileirão de 2008, não estão.
    A coisa acalmou por causa do Marin e porque ele é desafeto do cara de areia em nível maior do que ele é do JJ.
    No Tabelinha, primeiro ou segundo programa de 2013, o Birner chegou a mencionar isso praquele mané que faz o programa com ele.
    Eu acredito em conspirações, na verdade não em teorias da conspiração mas em política, porque para ser campeão é preciso tomar alguns cuidados de bastidores, algumas “precauções” como dito pelo JJ em uma famosa entrevista ao juquinha na ESPN.
    Como é impossível estar alinhado a gente desta estirpe, o São Paulo padece com estes erros prejudiciais.
    Em outro blog, o blog do Sãopaulino, há pouco tempo atrás ele chegou a dizer que o São Paulo não tem nenhuma força de bastidores.
    Fato comprovado…
    Abraços e dia 17 vamos cozinhar o galo.

    A propósito, música para cozinhar o galo.

  2. Smith Says:

    Excelente post Abdul, uma pena que a blindagem é enorme.

    Também tenho tido relativo nojo de acompanhar futebol atualmente pelos meios ditos “usuais”. Cada vez mais, acredito que torcedores de outros clubes, exceção ao time do governo, passarão a acompanhar noticias por intermédio de seus próprios canais. É questão de tempo e acredito que teremos as TV’s de cada clube, e assim passamos a deixar de lado a midia normal, porque não há cabimento para aguentar goela abaixo reportagens assumidamente realizadas para fortalecer o elo de ligação entre determinados clubes e população, sejam elas superdimensionando os feitos de determinado “clube” ou criando crises do nada em rivais.

    Seria ótimo ter a TV São Paulo FC, onde reportagens sobre o time, o clube, jogos e idolos do passado, história e transmissões de jogos seriam muito mais interessantes, feitos por quem realmente gosta do clube. É questão de visão, qualquer operadora com um mínimo de inteligência sabe, de antemão, que pelo menos uns 8 milhões de assinantes teria, no caso do São Paulo. E somando Palmeiras, Santos, Vasco, Botafogo ? Deixemos a midia para o time do governo e o framengo, é deles que ela gosta …

    Na última semana então, toda esse imprensa podre e nojenta chegou ao ápice de orgasmos com a falha do Rogério Ceni. Foi um tal de estatística de falha daqui, crise de lá, inventaram um novo tabu (não ganhamos do time do governo há 6 anos no morumbi), que a coisa chegou a tal ponto que eu não consigo mais ver a televisão.
    Menor de idade dando entrevista assumindo culpa, reportagem especial sobre a ilegalidade de bolivianos em SP, tudo com um único objetivo: continuar fazer crescer a massa de manobra televisiva e eleitoral, garantindo ibope e receita.

    Que se danem os outros times, outras torcidas, a coisa chegou num nivel que não há mais importância. Na próxima novela da 7, pelo que escutei por ai, uma das figuras de destaque do texto é um personagem que será uma espécie de representante do “bando de loucos”, daí o interesse em criar uma aura de paixão, manipulando todo mundo, o bando de bovinos fiéis. Esse é um dos interesses.

    Torcida fiel é a do Atlético-MG …

  3. Smith Says:

    Detalhes:

    Me lembro desse gol do biro-biro … um dos maiores roubos da história do futebol … tinha, além dele, mais 2 jogadores em completo impedimento, e ele ainda ajeitou a bola com o braço … Tava 1 x 0 para o Tricolor, gol do Edvaldo (se não me engano), faltavam 7 minutos para acabar o jogo e o empate favorecia eles …
    Sem falar de 93, quando anularam um gol legitimo do Palhinha, deram um penalty inexistente para os caras (o Zetti pegou) … Não teve jeito, no segundo tempo o Neto (impedido e na cara do bandeirinha) fez o gol e o juizão segurou até o fim … foram para a final e tomaram tinta do palmeiras … fora outros, que se for lembrar dá um livro …

    Conspiração:
    Percebeu que o tal Pato foi convocado logo depois dessa partida ? Por quê ? O cara não é reserva do time ?

    Não dá cara, não dá mais … eu parei, só assisto Champions agora …

    Jogar contra o time do governo é igual a torcer para o Jacaré contra o Tarzan …

  4. Marcelo Abdul Says:

    Você lembrou bem do caso da Madonna em 2008. Existe jogo de bastidores mais sujo que aquilo? Também nunca acreditei nessa reconciliação do “araponga” Del Nero com o São Paulo. Para mim ocorreu um “armestício”, justamente pelo fato que você citou do Marin ter assumido a CBF. Mas já diz um ditado que “o tigre envelhece, mas nunca perde as suas listras”. Vai saber se o cara está dando um bote nos bastidores… A política do futebol é tão ou mais nojenta que a política nacional.

  5. Marcelo Abdul Says:

    Smith, se isso acontecer, pobre futebol. Imagine o esporte favortito dos brasileiros se transformar numa espécie de Espanha com apenas dois clubes dominando a mídia. Seria uma tragédia. Uma apequenação simplória e ridícula. Porém acredito que a grandeza de muitos clubes e também a enorme quantidade de torcedores dos mesmos não vai permitir que isso ocorra. Por exemplo você não vai ver os gaúchos pagando pau para Corinthians e Flamengo. Muito menos as torcidas dos clubes mais fortes do Nordeste como em Pernambuco ou Bahia.

    É uma autêntica furada essa apresentação de “audience media” que a Globo e a Bandeirantes fazem. Segundo pesquisas a grande maioria dos brasileiros são os que não gostam de futebol. E esse lance de 40 e 30 milhões de torcedores que ambos os clubes apresentam é uma conta imbecil e sem respaldo técnico numérico real. É coisa de marketing de clube. E os caras da Globo pagam pau pra isso e deixam o resto do Brasil a ver navios. Qual o benefício de audiência que isso traz a longo prazo? Como a Globo é vista pelo resto de torcedores no Brasil? É só você ler as redes sociais. Isso no final é prejudicial a emissora pois a atração em si deve ser o futebol e não apenas um ou dois clubes.

    Se por acaso o Guarani começa a formar um time espetacular e vistoso no mundo inteiro, a Globo vai transmitir os outros times chamados de “maior audiência”? Ah tá, então porque as TVS ficam ligadas na Champions League onde não há nenhum clube pelo qual os brasileiros torcem no dia a dia? Não sou muito prático da idéia da imprensa segmentada. Porém se isso pode dar grana para o clube, porque não? É uma situação viável mas deve dar lucro. Mas repito, a atração principal deve ser o FUTEBOL.

    O que estão fazendo com o Rogério Ceni é uma covardia. Já querem aposentá-lo antes da hora. Goleiros falham. O próprio substituto dele “bateu roupa” no último domingo. O mais tenebroso foi que muitos são paulinos entraram nessa onda. Se deve respeitar Rogério Ceni por tudo o que ele fez no tricolor. Só ele sabe a hora certa de parar e não meia dúzia de jornalistas barrigudos.

    Quanto ao tabu vou te dar mais um. Faz 2 anos que o Corinthians não vence o São Paulo na Arena Barueri. Pelo andar da carruagem ele vai durar mais 100 anos. Viu só? Esse é um exemplo de como exponenciar e destacar um “tabu”. Antes o São Paulo não vencia no Pacamebu. Agora colocaram outro. Nem mesmo eles lembravam desse tabu antes do jogo. Daqui a pouco inventam outra coisa. Fique tranquilo..rss.

    Só discordo de você em uma coisa. Concordo que a torcida do Atlético-MG é bem fiel. Porém mais fiel ainda são os abenegados da Portuguesa que não conquistam um título de primeira divisão há mais de 40 anos. Uma fila interminável e maior do que Botafogo e Corinthians juntos.

  6. Marcelo Abdul Says:

    Esse gol do Biro-Biro foi um roubo descarado. O São Paulo perdeu pontos importantes e não pode chegar a final contra o Guarani. Em 1993 foi engraçado. O árbitro desse jogo foi José Aparecido de Oliveira. Quando ocorreu esse assalto, os corintianos falaram que os são paulinos “reclamavam demais”. Mas depois da final em que foram goleados pelo Palmeiras eles falam mal do José Aparecido até hoje. Pimenta nos olhos dos outros é refresco não é mesmo? rssss

    Quanto ao Pato achei até normal ele convocá-lo pois ele sempre foi um jogador de seleção brasileira e era um time meia boca que tinha que ser chamado. O que não deu pra engolir foi chamar o terceiro reserva do Corinthians. Aí não dá pra negar que foi um lance muito estranho com tanto goleiro bom titular em vários clubes do Brasil. Tá realmente difícil ver futebol hoje em dia.

  7. Edilson Lira Says:

    Caro Abdul…

    Mas este tipo de coisa está muito nítido para mim desde as suspensões de Borges, Jean e Dagoberto na reta final do Brasileirão-2009. Em 2008 foram desconfianças, mas 2009, foi certeza…
    Naquela reta final, foi até justo voltarem o pênalti que o Rogério defendeu do Petkovic do Flamengo no Maracanã. O duro foi depois ver o Bruno Matador defender pênaltis contra Santos e Atlético-MG em autênticas “divididas” com os batedores, e ninguém falar nada. E um total de 3 jogos de suspensão por causa de entrada por trás, eu também nunca vi…
    Sem contar que, contra o SPFC, valeu até cheirar cocaína, como fez o Jóbson do Botafogo, como depois descobrimos o por que daquela tarde de Pelé que ele viveu no Engenhão…
    O Tetracampeonato do São Paulo precisava ser contido na marra, e FOI!!
    Aí, é só analisar o que vem acontecendo, lembrando que em dezembro de 2009, a abertura da Copa do Mundo 2014 seria no Morumbi…

  8. Edilson Lira Says:

    http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,stjd-tira-borges-dagoberto-e-jean-do-sao-paulo,468545,0.htm

    Esse é outro dos momentos SUJOS da história do futebol brasileiro.

  9. Marcelo Abdul Says:

    Bem lembrado. Aquela suspensão dos quatro pelo STJD foi absurda. Mas lembro que não foi a única vez que o tribunal de araque interferiu. Lembra do caso Sandro Hiroshi em 1999 e das medidas ridículas do sr. Zveiter? Ele conseguiu tirar 3 pontos de um time que foi goleado por 6 x 1 e tranferí-los para o seu clube de coração, quando a regra da competição não permitia uma abominação dessas. Se formos lembrar todas as sacanagens vai dar para escrever um livro. Quanto ao Morumbi, o lance foi claramente político. Tanto dos petistas quanto do Ricardo Cururu Teixeira.

  10. Marcelo Abdul Says:

    E bota sujo nisso. Desfalcaram 4 jogadores fundamentais para o clube na reta final do campeonato.

  11. Edilson Lira Says:

    Abdul, lembrei-me de outra que, na época com meus 12 anos de idade, não engoli.
    1982 – Estava Corinthians 1X1 São Paulo, decisão.
    Falta para o São Paulo, Getúlio levanta na área, a bola sobra, Dario Pereyra faz 2 a 1. Gol ANULADO.
    E depois que inventaram You Tube e vejo este gol hoje, com 42 anos, pergunto a todos…

    – O QUE FOI QUE ELE DEU?

    Era o SUPERTIME da Democracia corinthiana que, além de 2 campeonatos paulistas (um, foi esse aí, desse jeito) não chegou a mais nenhuma final de campeonato nenhum…

    Imprensa podre!

  12. Marcelo Abdul Says:

    Apesar dos pesares o Corinthians tinha um bom time sim. Ganhou o campeonato paulista e foi semifinalista do campeonato brasileiro. Por causa disso eu nem acredito que possa ter havido alguma sacanagem já que foram 2 jogos e o São Paulo já tinha perdido o primeiro. Mas vai saber. O futebol brasileiro anda tão podre que você começa a duvidar de tudo. Até do passado. Eu quero lembrar quando o São Paulo ganhou uma partida do Corinthians com o auxílio do árbitro…mas tá difícil…

  13. Edilson Lira Says:

    Abdul, infelizmente eu lembro de uma em 1993 que o Godoy anulou um gol legítimo do Paulo Sérgio… foi choradeira pra mais de meses.
    Em discussões, os corinthianos falam essa, eu lembro uma, eles voltam nessa, eu lembro outra, eles falam dessa, e eu lembro de mais outra… kkkkkkkk
    E quanto ao time da Democracia Corinthiana, eu acho que realmente era um bom time, para os padrões do futebol PAULISTA, que ficou de 1978 a 1986 sem um título nacional. Numa fase do futebol brasileiro em que os cariocas deitaram e rolaram estando de fora apenas em uma decisão neste período (1981) de campeonato brasileiro, justamente ano ganharam Libertadores e Mundial (com o Flamengo).

  14. Marcelo Abdul Says:

    Pelo menos você descobriu algum Edilson. Você deve ter feito um belo trabalho arqueológico ou feito uma pesquina na biblioteca nacional porque é difícil hein? rssss. Você está correto. Nacionalmente os times cariocas dominaram no início dos anos 80. Porém, na época os títulos estaduais tinham uma grande importância. O time da Democracia Corintiana marcou época não só pelos títulos, mas também pela mensagem que trazia. Não havia Kia, Zveiter, Edilson Pereira de Carvalho, Máfia Russa, Andrés Sanchez, Lula e outros facínoras. Naquela tempo, ao que consta, eles ganhavam na bola mesmo. Nacionalmente o Flamengo foi o principal time brasileiro dos anos 80. Venceu 4 Brasileiros, 2 Estaduais, 1 Libertadores e 1 Mundial. Era um timaço. Não tinha para ninguém.

  15. Rivelino Santos Says:

    J estou de volta as atividades no blog. Eu estava sem internet, em breve teremos novidades.Parabns pelo texto.

    Date: Wed, 10 Apr 2013 13:45:24 +0000 To: rivelino.futebol@hotmail.com

  16. Smith Says:

    Edilson,
    Me lembro também deste gol do Dario. Se me lembro, tinha 10 anos na época e posso me confundir com o desenvolvimento do lance, mas me parece que depois disso o Oscar foi expulso porque reclamou desta marcação absurda do Dulcidio (o mesmo que apitou 77). O jogo está dificil para eles, o Zé Sergio comendo a bola, e se ele dá o gol era iminente a vitória do Tricolor … Mas não, não podia, era um movimento de ilusão do povo, e o biro-biro (sempre ele) na sequencia fez um gol em impedimento (na minha opinião) recolocando a gambazada em vantagem.
    Uma mais recente, no paulista de 2009 o ronaldo gordo deu uma entrada de sola para quebrar o André Dias com 5 minutos de jogo no Pacaembu na cara do Salvio (salvio curintia) e ele amarelou, quando era pra vermelho … Os comentaristas da midia alvinegra (a mesma que não pergunta nada sobre o caso dos travestis) nem titubearam em dizer que era lance normal de jogo, que o ronaldo tinha uma história linda no futebol e não merecia ser expulso (é sério, teve gente que disse isso) …
    Campenonato brasileiro de 90, Rai caçado pelo marcio o jogo todo, e o Bernardo foi expulso …
    O único lance que me lembro foi esse mesmo, de 93, que o juiz deu saida de bola, quando realmente não saiu. Era um jogo normal, de turno, e eles falam até hoje.

  17. Marcelo Abdul Says:

    Obrigado Rivelino. Bem vindo de volta! 🙂

  18. Marcelo Abdul Says:

    Sabemos que erros acontecem de ambos os lados. Porém alguns você tem que pegar com uma lupa para lembrar. Entretanto alguns são muitos relevantes como por exemplo o “gol de mão” do Leivinha em 1971 e o impedimento do Biro-Biro em 1988. Realmente não lembro de um erro de arbitragem absurdo em favor do São Paulo contra o Corinthians. Um daqueles que fazem o torcedor falar por anos e anos e encher o saco sempre. Realmente o Ronaldo tem uma história linda no futebol. Mas vai até a página 9. Depois que ele virou “empresário” cago pra ele.

  19. everson freitas Says:

    ABDUL DISCORDO DE VC EM RELAÇÃO AO FAVORECIMENTO QUE A MIDIA DÁ AO CORINTHIANS POIS A TELEVISÃO E A MIDIA EM GERAL SÃO EMPRESAS PRIVADAS INSERIDAS NO CAPITALISMO, A TELEVISÃO BUSCA AUDIÊNCIA PARA QUE AS COTAS PUBLICITARIAS SEJAM ALTAS .POR EXEMPLO, QUERO COMPARAR SANTOS E CORINTHIANS NÃO NA GRANDEZA POIS OS DOIS TIMES TEM UMA HISTORIA GLORIOSA O SANTOS FORMOU O MAIOR TIME DE TODOS OS TEMPOS NA DECADA DE 50 E 60, MAS NO DIA 10/04/2013 O CORINTHIANS JOGOU COM O SAN JOSE PELA LIBERTADORES NA GLOBO E O SANTOS COM O FLAMENGO DO PIAUI NA BAND PELA COPA DO BRASIL O CORINTHIANS MARCOU 22 PONTOS E O SANTOS 5, MAS VC PODE ME DIZER A COPA DO BRASIL NÃO É TÃO IMPORTANTE ASSIM, MAS A COPA DO BRASIL DE 1995 FOI TRANSMITIDA EXCLUSIVAMENTE PELO SBT, E PARA A SURPRESA DA GLOBO OS JOGOS DO CORINTHIANS VENCERAM O JORNAL NACIONAL E O COMEÇO DA NOVELA DAS 8, DEPOIS DISSO A GLOBO PASSOU A TRANSMITIR A COPA DO BRASIL, EM 1990 A BAND TRANSMITIU COM EXCLUSIVIDADE A FINAL DO BRASILEIRO OBITENDO O MAIOR RECORDE DE AUDIÊNCIA DA SUA HISTÓRIA ATÉ ENTÃO 51 PONTOS, FATO REPETIDO NO MUNDIAL DE 2000 ONDE MAIS UMA VEZ A BAND TEVE EXCLUSIVIDADE, A AUDIÊNCIA DO CORINTHIANS SUPEROU A NOVELA TERRA NOSTRA NOS JOGOS CLASSIFICATÓRIOS E MARCOU 52 PONTOS NA FINAL, A PARTIR DAI A GLOBO ADOTOU O CORINTHIANS NÃO POR DESPREZO AOS DEMAIS GRANDES CLUBES MAS POR UMA QUESTÃO DE MERCADO PROPAGANDISTA EM 2012 O CORINTHIANS SUPEROU O SAO PAULO NUMA QUARTA FEIRA ONDE OS DOIS CLUBES JOGAVAM JOGOS DECISIVOS EM 32 A 5, O CORINTHIANS NA MÉDIA TEM A MAIOR AUDIÊNCIA JUNTO COM O FLAMENGO DA TELEVISÃO BRASILEIRA, VAMOS SER SENSATOS SEM SER CLUBISTAS PENSANDO COMO EMPRESÁRIOS POIS A MIDIA NÃO DEIXA DE SER UMA EMPRESA, VC PASSARIA UM JOGO DO PALMEIRAS, SANTOS, SÃO PAULO, SABENDO QUE O CORINTHIANS LHE DARIA MAIS AUDIÊNCIA LHE DANDO MAIS RETORNO FINANCEIRO, POR FRATERNIDADE OU FILANTROPIA ,SE A EMPRESA PENSAR ASSIM IRÁ A FALÊNCIA . ABDUL GOSTARIA DA SUA OPINÃO. POSTERIORMENTE IREI COMENTAR SOBRE ERROS DE ARBITRAGEM.

  20. Marcelo Abdul Says:

    Não me refiro apenas a Globo, mas a mídia na sua totalidade. Aí podemos incluir TV, internet, rádio, etc. Não se trata de questão clubística, mas de realidade. O Corinthians é o clube que tem mais eco na mídia sim. Temos como exemplo a Rede Bandeirantes que usa um programa de debates com ex-jogadores corintianos e um ex-médico do clube que profere as maiores barbaridades a favor do time pelo qual torce. Se você olhar as manchetes do portal UOL perceberá uma enorme e clara diferença de tratamento do Corinthians para os outros. Você cita exemplos de audiência. Mas saiba que existe a parte contrária. Por exemplo a final da Libertadores de 2005 deu muito mais pontos de ibope do que a de 2012.

    Porém não sou um idiota. Sei que o Corinthians tem um número enorme de abenegados e é uma grande fonte de audiência. Porém a diferença não é tão descomunal assim como muitos querem nos colocar goela abaixo. Os outros times também tem uma torcida enorme e também dão audiência. Se fosse o contrário muitas empresas não bancariam o salário do Neymar no Santos, tempo de exposição, etc.

    O que se discute é a prioridade de jogos importantes. O que se deve transmitir? Uma final da Copa do Brasil com o Palmeiras ou um jogo do Corinthians no campeonato paulista na mesma hora? Pela importância futebolística a final deve ser mais importante. Por exemplo a Globo em 2007 decidiu passar ao vivo, o jogo entre Corinthians e Flamengo do que a partida decisiva do Campeonato Brasileiro entre São Paulo x América de Natal. Por uma diferença de 1 ou 2 pontos se fez a escolha pior. A massa são paulina não viu o jogo e teve que ficar vendo flashs ao vivo. Me desculpe, mas isso não é lucro. É burrice. Mata a essência do futebol. Os outros torcedores percebem esse favorecimento e começam a literalmente a detonar a emissora. Pergunte a todos os torcedores do Brasil que não sejam do Corinthians o que ela acha da rede Globo? Como essa imagem negativa vai refletir nos lucros da emissora?

    A Globo só consegue audiência porque detém o monopólio das transmissões. Se tivesse uma concorrência forte não teria todo esse poder de barganha. É uma premissa fantasiosa.

    Não se pode superdimencionar as coisas. Quando você afirma que isso é filantropia você compara o Santos, Palmeiras e outros clubes com o São Caetano. É uma visão errada e caricata. Não bate com a realidade. Será que o time do ABC daria 37 pontos de audiência numa Libertadores? O que você acha que significa esses 37 pontos? Eles refletem milhões de pessoas.

    Lembre-se, a grande maioria dos brasileiros não gosta de futebol segundo as últimas pesquisas. Por exemplo, a novela “Avenida Brasil” deu mais audiência do que a final da Libertadores de 2012. A Globo só consegue número absolutos no futebol quando o Brasil joga na Copa do Mundo.

  21. Edilson Lira Says:

    Eu acho até justa essa projeção que a mídia dá aos feitos do Corinthians, analisando o marketing em si, acho que o Everson tem suas razões em seus comentários.
    Claro que ela deve valorizar o seu produto.
    Desde que maneira ÉTICA e LEAL.
    Porque o que a mídia faz é valorizar o dela, desvalorizando também o dos outros…
    É forçar a barra em alguns comentários para que influencie a opinião pública em algumas decisões…
    Além da overdose de tudo no intuito de alienar as pessoas… chegando ao cúmulo de virarem isto que estamos vendo… falta pouco para uma guerra contra a Bolívia, porque estão colocando marginais como “apóstolos”…

    Muitos omitem, diminuem e até mentem sobre o passado de clubes rivais ao seu produto…

    Sem contar o caso conhecido de uma equipe esportiva de uma determinada TV ABERTA ser financiada por um clube de futebol, para que a mesma só fale bem deste (o que a descoberta me obrigou a fazer minha assinatura de TV a cabo há 4 anos atrás).

    Muitos comentam sobre a força midiática deste clube. Mas poucos (ou ninguém) comenta sobre o que seria dos outros clubes, se contassem com essa substancial ajuda da mídia como poder de alienação…

    E para o conhecimento do Éverson, a partida de clubes futebol com maior número de pontos na História do Ibope foi:

    SÃO PAULO 1X0 NEWELL’S OLD BOYS
    DECISÃO DA TAÇA LIBERTADORES DA AMÉRICA DE 1992
    EMISSORA: CNT/GAZETA
    Aliás, que fez a Globo se interessar pelas transmissões da Copa Libertadores da América, sabia Éverson?

    Acho que não… porque como não é do Corinthians, este feito não é muito divulgado…

  22. Edilson Lira Says:

    Detalhe, Éverson ficou faltando…

    63 PONTOS NO IBOPE
    NA GAZETA, sem precisar de programa incentivando…
    Quem chamou a atenção foi somente um time que jogava bola.
    Só!

  23. Marcelo Abdul Says:

    Pois é Edilson. Foi justamente o que eu quis dizer. Tem que se priorizar o futebol e não time A ou B. Por isso dei o exemplo do Guarani. Vamos supor que o time de Campinas vire uma espécie de Barcelona da América do Sul e faça 5 gols por jogo. Independente do time ter uma torcida restrita a sua cidade, todo mundo vai querer ver eles jogarem. O Santos do primeiro semestre de 2010 arrebentou e dava picos de audiência. O São Paulo de 1992 também. Por que será? Pelo futebol que jogavam. Isso reflete até na grade televisiva. Não é só o torcedor do Santos e São Paulo que assistem. Os outros abnegados também gostam de ver belas jogadas. Além de tudo essa tal “audiência total” é papo furado. Ela é segmentada por estados. Os cariocas assistem os times do Rio. Os mineiros assitem Atlético e Cruzeiro. Os times nordestinos tem prioridade na programação na sua região, assim como os gaúchos. Mas a máquina de propaganda dá a impressão que o Corinthians é visto no país todo até quando joga com a União Barbarense. Fala sério! Isso não existe.

  24. Marcelo Abdul Says:

    A Globo não tratava a Taça Libertadores com o devido respeito. Até mesmo a Record e a Manchete já transmitiram o torneio porque a platinada não dava “picas” para a competição. A partir do título do São Paulo em 1992 isso mudou. Até o Galvão Bueno eles trouxeram de volta..rs. Outros clubes começaram a enxergar a competição com outros olhos. Vide a quantidade de times brasileiros que chegaram as finais da competição após o título tricolor. De 1992 a té 2000 somente uma vez ocorreu uma final sem ter um time brasileiro envolvido. Antes do primeiro titulo tricolor, o Brasil estava até atrás do Uruguai em número de conquistas. Hoje já incomoda os argentinos.

  25. everson freitas Says:

    ABDUL E EDILSON CONCORDO COM ALGUNS ARGUMENTOS, MAS POR EXEMPLO HOJE MILHÕES DE PESSOAS TEM TV A CABO MUITOS CORINTIANOS ASSISTIRAM A FINAL CONTRA O BOCA PELA FOX TANTO QUE A GLOBO E A FOX FIZERAM UM ACORDO, QUANDO A GLOBO TRANSMITIR UM JOGO DA LIBERTADORES A FOX NÃO PODE, SÓ PODE O ESPORT TV QUE TAMBEM PERTENCE A GLOBO, O SÃO PAULO NOS DOIS PRIMEIROS JOGOS TRANSMITIDOS DA LIBERTADORES MARCOU 16 E 18 PONTOS ENQUANTO A MÉDIA DO CORINTHIANS É 22 PONTOS ISTO SÓ NA FASE CLASSIFICATÓRIA, EM 2012 O SÃO PAULO ENFRENTOU O CORITIBA PELA SEMI FINAL DA COPA DO BRASIL E O CORINTHIANS ENFRENTOU O SANTOS PELA LIBERTADORES JOGOS TRANSMITIDOS NO MESMO DIA E HORÁRIO, O CORINTHIANS TEVE 32 PONTOS E O SÃO PAULO APENAS 5 RESULTADO QUE ASSUSTOU A BAND QUE ESPERAVA NO MINIMO 12 PONTOS, SE FOSSE AO CONTRÁRIO SEM CLUBISMO O CORINTHIANS SERIA O PRIMEIRO EM AUDIÊNCIA POIS ATÉ O DIRETOR DA GLOBO INFORMOU QUE SE FOSSE O CORINTHIANS DISPUTANDO A COPA DO BRASIL O JOGO TRANSMITIDO PELA EMISSORA SERA DELE, VEJAM, EM 1995 NO SBT O CORINTHIANS NA COPA DO BRASIL FOI PRIMEIRO NO IBOPE BATENDO SIMPLESMENTE O JORNAL NACIONAL E A NOVELA DAS 8, O SANTOS COM NEYMAR E COMPANIA FAZENDO JUS A SUA HISTÓRIA DE FUTEBOL ARTE NA FINAL DO CAMPEONATO PAULISTA CONTRA O GUARANI MARCOU 26 PONTOS ASSUSTANDO A GLOBO, SE FOSSE O CORINTHIANS MARCARIA NO MINIMO 34 PONTOS FALO ISTO SEM CLUBISMO, MAS COM ARGUMENTOS ESTATISTICOS, SÓ PARA CONHECIMENTO A GLOBO PASSOU A PRIORIZAR O CORINTHIANS E O FLAMENGO PRINCIPALMENTE PELO ASSÉDIO DE OUTRAS EMISSORAS EM RELAÇÃO A ESTES DOIS CLUBES A RECORD QUERIA FECHAR UM CONTRATO EXCLUSIVO COM O CORINTHIANS POR 100 MILHÕES E TAMBEM A FOX ACENAVA COM UM CAMINHÃO DE DINHEIRO PARA TRANSMITIR OS JOGOS DESTES DOIS CLUBES, ABDUL VEJO QUE VC É BEM INFORMADO E INTELIGENTE, MAS VC TEM QUE CONCORDAR NO MUNDO GLOBALIZADO E CAPITALISTA E COM A MÍDIA ABERTA SE DEGLADIANDO POR AUDIÊNCIA E COM A CONCORRENCIA DA TV FECHADO, NO FUTURO PRÓXIMO NÃO HAVERÁ ESPAÇO PARA 12 CLUBES GRANDES NO BRASIL NO MÁXIMO HAVERÁ 6 E SEM DUVIDA NENHUMA O CORINTHIANS E O FLAMENGO DEVIDO AO SEU POTENCIAL MEDIÁTICO OU SEJA RETORNO FINANCEIRO PARA OS SEUS PATROCINADORES SERÃO FAVORECIDOS É A LEI DO MERCADO E PROCURA.

  26. everson freitas Says:

    OUTRA COISA ABDUL QUANDO O JOGO DO CORNTHIANS É TRANSMITIDO NO MESMO DIA E HORÁRIO JUNTAMENTE COM JOGOS DO SÃO PAULO, SANTOS OU PALMEIRAS INDEPENDENTE DA EMISSORA QUE ESTEJA PASSANDO, O CORINTHIANS É PRIMEIRO DISPARADO NA AUDIÊNCIA FATO JA COMPROVADO PELO IBOPE, QUANTO AOS PROGRAMAS ESPORTIVO, JÁ FOI CONSTATADO QUANDO O ASSUNTO É CORINTHIANS A AUDIÊNCIA SOBE, QUANDO É OUTROS CLUBES A AUDIÊNCIA CAI, E DIGO MAIS A TV FECHADO COMO NÃO TEM MEDIÇÃO DO IBOPE CONSTANTE E PERMANENTE, GERALMENTE DISTRIBUI DE FORMA IGUALITARIA O ESPAÇO DO PROGRAMA ENTRE OS GRANDES CLUBES, MAS O CRESCIMENTO ESPANTOSO DA TV FECHADA VAI OBRIGAR A MEDIÇÃO DO IBOPE DIÁRIA DAS SUAS PROGRAMAÇÕES, PELO QUAL COM CERTEZA A PARTIR DAI O CORINTHIANS VAI PASSAR A SER MAJORITÁRIO REGRAS DO CAPITALISMO E ECONOMIA ABERTA, DIGO MAIS FUTEBOL NÃO É SEVIÇO PÚBLICO UNIVERSAL COMO SAÚDE,EDUCAÇÃO,SEGURANÇA ONDE TODOS TEM QUE TER AS MESMAS GARANTIAS E PRIVILÉGIOS É SIMPLESMENTE ENTRETENIMENTO ESPORTIVO COM FINS LUCRATIVOS.

  27. everson freitas Says:

    ABDUL LEMBREI DE UM LANCE VERGONHOSO AONDE O SÃO PAULO FOI FAVORECIDO PELA ARBITRAGEM CONTRA O CORINTHIANS LEMBRA DO GOL LEGITIMO DO PAULO SERGIO QUE O BANDEIRINHA SEM MOTIVO NENHUM ANULOU DANDO IMPEDIMENTO UM DOS LANCES MAIS ABSURDO QUE JA VI NO FUTEBOL, E OUTRA COISA A MAIORIA DOS COMENTARISTAS ESPORTIVOS DA TV ABERTA E FECHADA CONSIDERARAM AQUELE LANCE DO ROGERIO CONTRA O PATO CAMO SENDO PENALTI.

  28. everson freitas Says:

    O Corinthians será o Barcelona da América do Sul.

    Pela arrecadação que tem, pelo time que tem, pelo técnico que tem.

    E pelo que arrecadará em um futuro próximo.

    Se o comando não mudar, será o Barcelona.

    E será o favorito em todas as competições do Brasil e do no continente.

    Na realidade, isso já acontece agora.

    O Corinthians fatura o dobro de nós, Inter e Grêmio.

    São R$ 400 milhões ao ano.

    Quando inaugurar o estádio (Itaquerão), o quadro social vai aumentar.

    Hoje, está em quase 100 mil sócios.

    Com o estádio inaugurado, o Corinthians vai faturar R$ 600 milhões por ano.

    Será muito difícil ganhar deles em torneio de pontos corridos.

    E o Real Madrid será o Flamengo, caso consiga se organizar.

    O fim do Clube dos 13 levou a isso.”

    As palavras são de Fernando Carvalho.

    Ele é o ex-presidente do Internacional.

    Foi quem modernizou o clube gaúcho.

    Iniciou para valer no país a fórmula do sócio-torcedor.

    Viabilizou a reconstrução do Beira-Rio.

    Com ele, o clube ganhou Libertadores, Mundial.

    Carvalho é um dos dirigentes mais bem preparados do Brasil.

    Disse em voz alta à Zero Hora o que outros sussuram.

    O desequilíbrio no futebol brasileiro começa a ficar evidente.

    Corinthians e Flamengo foram os eleitos para os privilégios.

    São as galinhas de ovos de ouro da TV Globo.

    São os clubes que recebem maior cota disparada nos torneios que disputam.

    Acumulam R$ 120 milhões por ano.

    Ganham mais porque levam maior audiência.

    É uma bola de neve que já está girando.

    A Globo os mostra mais que os outros clubes.

    Logo, os maiores patrocinadores pagam mais por suas camisas.

    As gigantes Nike e Adidas brigaram para entrar no Parque São Jorge e na Gávea.

    A Caixa Econômica Federal fechou patrocínio master com o Corinthians.

    Está lutando para se livrar de uma ação contra a associação.

    A alegação de um advogado gaúcho é o privilégio da estatal.

    O departamento jurídico da Caixa tem certeza da vitória.

    Assim que se livrar deste obstáculo inesperado o dinheiro da estatal tem outro destino.

    Vai também para a camisa do Flamengo.

    Os R$ 750 milhões que o clube deve servem de mantra para o ministro Aldo Rebelo.

    Ele briga pelo projeto do deputado Vicente Cândido.

    Quer a isenção de R$ 5 bilhões aos clubes do país.

    O maior endividado é o Flamengo, o de maior torcida.

    Enquanto isso, Fernando Carvalho deixou claro que o Corinthians foi o mais hábil.

    Graças a ligações políticas de Andrés Sanchez, o clube tem um estádio.

    Não é segredo que o ex-presidente Lula teve a garantia que a Odebrecht construiria a obra.

    E Andrés era o homem de confiança de Ricardo Teixeira.

    Ainda é.

    O ex-presidente da CBF lutou, tirou a da Copa do Morumbi.

    Sua briga com Juvenal Juvêncio foi decisiva para este ato.

    E fez Blatter aprovar um terreno baldio como sede da abertura do Mundial de 2014.

    O terreno baldio virou um estádio de mais de R$ 1 bilhão.

    “Não tenho dúvidas que Corintians e Flamengo estarão na frente dos outros clubes do País.

    Só eles têm essas condições.”

    A confissão vem de dentro da Gávea.

    E com a visão de um gaúcho que viveu tudo no Grêmio.

    O diretor de futebol Paulo Pelaipe fez essa confissão ontem.

    Falou à rádio Bandeirantes.

    Ele sabe o quanto esses dois clubes são privilegiados.

    O Flamengo já tem proposta dos dois grupos econômicos que brigam pelo Maracanã.

    Eles o querem como dono do novo estádio de R$ 1,5 bilhão.

    “O Maracanã sempre foi a nossa casa.

    Quando ele estiver liberado, nós voltaremos a crescer.

    Serão sempre de 40 a 50 mil pessoas na nova arena.

    Nossos recursos financeiros aumentarão muito.”

    Diz Pelaipe, animadíssimo.

    A direção do clube mandou enviado ao São Paulo.

    Para avaliar o CCT da Barra Funda.

    E o CT de Cotia para os garotos da base.

    O clube já está construindo centros de treinamentos modernos, ricos.

    Tanto para os profissionais como para as categorias de base.

    Os outros clube estão travados.

    Não reagem.

    Acompanhando o processo de ‘espanholização’ nascer.

    Vão se arrepender depois.

    Aceitam esses privilégios.

    Não será possível correr atrás.

    Principalmente do Corinthians.

    O clube não ganhou a Libertadores e o Mundial por acaso.

    Usou o livro “A bola não entra por acaso” como manual de vida.

    Ele foi escrito pelo espanhol Ferrán Soriano.

    Ferran, responsável pela parte econômica do clube catalão.

    Em “La pelota no entra por azar” mostra a revolução que provocou.

    Exatamente quando vivia uma greve crise, em 2003.

    O clube corria até o risco de ser um dos grandes do país.

    Se fixou como um dos maiores do mundo.

    O Barcelona representa a causa catalã.

    A parte que deseja se separar da Espanha.

    Assim como o Real Madrid foi um clube protegido pela ditadura Franco.

    Os dois têm o que Flamengo e Corinthians passaram a ter.

    O tratamento privilegiado da televisão.

    O pagamento desproporcional trouxe maiores patrocinadores.

    E gestões sérias os tornaram preponderantes no país ibérico.

    Com os melhores times.

    Com os maiores ídolos do mundo: Messi e Cristiano Ronaldo.

    Virou até covardia com os demais clubes.

    É este o caminho que Fernando Carvalho e Pelaipe apontam.

    Assim será no Brasil.

    Corinthians e Flamengo já disparam na frente.

    Se estruturam para mandar no futebol do País.

    E os demais seguem de braços cruzados, de olhos fechados.

    Já está ruim.

    Quando o Itaquerão e o Maracanã estiverem prontos será tudo pior.

    Como competir com os corintianos e seus R$ 600 milhões por ano?

    Naming rights, Nike, Caixa Econômica, Globo e torcida.

    O Flamengo com Adidas, Caixa, Maracanã, Globo e torcida.

    O Brasil caminha rápido demais para ser de dois clubes.

    O Barcelona de Itaquera e o Real Madrid do Ninho do Urubu.

    A bola de neve está crescendo…

  29. everson freitas Says:

    abdul mandei este texto do cosme rimoli pois é muito interesante

  30. Marcelo Abdul Says:

    Mas Everson, você está vendo apenas pelo lado “comercial” da coisa. Se deve priorizar o futebol e não time A ou B. Quando o Palmeiras tinha o time formado pela Parmalat o retorno midiático também era enorme. A audiência dava picos. É claro que a audiência do Corinthians é boa. Desde a vinda do Ronaldo e com as vitórias isso aumentou. Mas se o time começa a ficar uma merda a audiência cai. Outro time sobe e joga um futebol melhor e consequentemente o retorno midiático desse clube aumenta e do Corinthians diminui. Como você disse é a lei do mercado. O Corithians não é o time mais popular do Brasil. A maioria dos brasileiros não torce para o time do Parque São Jorge assim como nenhum time do Brasil tem esse privilégio. Não existe audiência absoluta. Quando o Santos começou ganhar tudo a partir de 2010, o interesse mudou. Isso é maleável. As coisas se alteram. Nada é imutável. É impossível saber realmente o que o público deseja. Quem trabalha com televisão deve saber disso.

  31. Marcelo Abdul Says:

    Desculpe Everson, mas acho que você está equivocado mais uma vez. Repito que você está tratando os outros torcedores sem o devido respeito. O Corinthians pode ter a maioria de torcedores aqui em São Paulo, mas o time não é um Barcelona. Não existe somente um clube num estado enorme como São Paulo. Existem outros também com milhões de torcedores em Sampa e no BRASIL. Seria muita burrice mercadológica priorizar um em virtude do outro pois ambos são responsavéis pela audiência. A própria Rede Globo não faz isso! Te dou um exemplo simples. O Globo Esporte tanto em São Paulo como em outros estados tratam os times igualmente com notícias e reportagens. A audiência deles é muito maior do que aquele programa mequetrefe da Band que trata o Corinthians como único time da capital. Um foi médico do time no passado. Outro foi ex-goleiro,outro foi ex-jogador e agora é conselheiro. O presidente da Band tem o seu nome impresso na sala de imprensa do CT do Corinthians. Onde está a isenção? Ela também deve existir no jornalismo esportivo. Senão ela perde credibilidade, patrocinadores, etc. Ninguém pensa no jornalismo esportivo da Bandeirantes como um lugar sério. Isso é sinônimo de destruição de credibilidade. Já na Globo…ninguém reclama do Casagrande e do Caio porque os comentários deles são isentos, como é a política da emissora.

  32. Marcelo Abdul Says:

    Hummm. Sinceramente eu não lembro. Devem ter existido muitos erros pra ambos os lados.Mesmo assim você teve que ir lá no fundo pescar.Rssss. E de 1993 pra cá? Já se passaram 20 anos. Eu estou falando daquele lance que pode ser chamado de “O ERRO”. Pênalti mandrake em semifinal ou final, mão na bola, expulsão sem sentido, etc. Quanto a jogada do Pato com o Rogério, o lance pode ser considerado MUITO interpretativo. Leonardo Gassiba que comentou pela Globo disse no momento que não foi pênalti. Outros comentaristas da Jovem Pan também acharam que não houve nada e que o árbitro se equivocou. Não houve unamimidade nesse lance.

  33. Marcelo Abdul Says:

    Discordo do Rimoli em quase todas as ponderações dele.

    Primeiro, a Espanha é um país pequeno com 50 milhões de habitantes.

    O Brasil além de um tamanho maior tem o triplo da população. 200 milhões.

    Dessa população a maioria não torce para o Corinthians e sim para outros times e também pessoas que não ligam para futebol.

    Quando o Corinthians inaugurar o estádio vai ter um lucro mas terá também um enorme custo com manutenção, além de ter de pagar o empréstimo com juros do BNDES.

    Pagamento da TV não livra o clube de ter uma adminstração ruim. Aí está Patrícia Amorim como exemplo.

    O Flamengo mesmo com a grana que recebeu da televisão está em crise e somente agora está ajustando seu caixa.

    Além do Corinthians existem outros times grandes que também terão suas arenas reformadas. Todas essas torcidas podem encher seus estádios e dar lucro a seus times. (Vide o Palmeiras no Pacaembu essa semana).

    Muitas das contas do Corinthians estão sendo maquiadas por causa da ajuda governamental petista. Os cartolas que lá estão são os mesmos que apoiavam Dualib.

    Flamengo e Corinthians já tem a maior torcida do Brasil há anos e nesse interim não vimos muita diferença nos resultados.

    O futebol é um dos únicos esporte que não há premissa de presivibilidade. Dos 4 últmos campeões brasileiros, três não tinham CT e nem outras benesses como São Paulo, Cruzeiro, Atlético Mineiro, Corinthians e Grêmio. Mesmo assim faturaram o título.

    Os clubes pequenos da Espanha estão se rebelando contra essa divisão de Real Madrid e Barcelona, pois fortalece apenas os dois clubes e não iguala as condições. E olhe que estamos tratando de times de milhares e não milhões de torcedores como se tem no Brasil. O campeonato espanhol é um gauchão com grife enquanto vemos torneios muito melhores serem disputados na Inglaterra e principalmene na Alemanha onde a divisão é mais justa e igualitária. Vide Wolfsburg e Manchester City.

    Nos EUA, não há essa divisão desiagual e os esportes de lá vão bem obrigado.

    Em suma muita grana não ajuda clubes com péssimos cartolas. E o Brasil tá cheio deles.

    Espanha?

    Vamos nos livrars dos Marins, Euricos, Andrés, Juvenais e Del Neros primeiro.

    Depois a gente conversa.

  34. Edilson Lira Says:

    Everson, eu não me importo se a Globo ou a CBF virem a estampar os seus símbolos na camiseta do Corinthians… aliás, sabemos que só falta isso…
    Não entro no mérito da questão sobre ser comercial ou não, pois isso, todo mundo sabe…
    O que eu entro no mérito são dos bastidores…
    Se tiver que ser o Barcelona com craques milionários JOGANDO BOLA, que seja…
    É verdade que o futebol europeizado (no bom sentido) moderno de marcação e velocidade do Corinthians é o principal responsável pela fase maravilhosa que vive… mas não é o único…
    Mas apenas como exemplo… as constantes e muitas vezes desnecessárias convocações do Neymar durante o período de Libertadores do ano passado não me convencem…
    Assim como a final do Paulistão de 97, que, claro, a mídia faz questão de esquecer, joga pra debaixo do tapete e tá tudo certo… mas eu não me esqueço que, para o Torneio da França foram convocados Serginho e Denílson pelo São Paulo e o Donizetti Pantera pelo Corinthians…
    Neste intervalo aconteceu o Torneio (o gol de curva do Roberto Carlos, lembra?)
    São Paulo e Corinthians pediram à CBF liberação de seus atletas…
    Onde estavam Serginho e Denílson no dia da FINAL? Torneio da França
    Onde estava o Donizetti Pantera? No Morumbi, comemorando mais um título do Corinthians após o empate em 1 a 1.
    Em resumo, para ser bem claro…

    Se a Globo, CBF ou quem quer que seja querem dar uma mãozinha adiantar o lado do Corinthians, que o façam… Dentro do espírito comercial da lealdade e dignidade (em se tratando de Brasil e brasileiros, francamente acho impossível).
    O que não se pode é PREJUDICAR os outros (como muuuuitas vezes acontece)…

  35. Edilson Lira Says:

    Everson, eu mesmo já citei ao Abdul este lance… Aliás todos os corinthianos sempre se lembram deste lance… porque é ÚNICO!!
    Vamos contar os lances que já prejudicaram QUALQUER time contra o Corinthians só deste gol do Paulo Sérgio pra cá?
    Te GARANTO que cada time teria mais do que um…

  36. everson freitas Says:

    ABDUL GOSTARIA DE FALAR SOBRE ERROS DE ARBITRAGEM, PRIMEIRAMENTE VAMOS ANALIZAR O ANTI CORINTIANISMO, ONDE TODO ERRO SE TORNA MUITO MAIS NOTÓRIO E ABRANGENTE DO QUE DEVERIA, OS TORCEDORES RIVAIS AJEM COMO SE SÓ O CORINTHIANS FOSSE BENEFICIADO PELA ARBITRAGEM, VAMOS AOS EXEMPLOS:
    O EX JOGADOR ALMIR PERNAMBUQUINHO AFIRMOU QUE NA FINAL DO MUNDIAL EM 1963 O JUIZ ESTAVA COMPRADO PARA O SANTOS, O PRÓPRIO PRESIDENTE DO SANTOS NA ÉPOCA LHE DISSE QUE ELE PODIA FAZER O QUE QUISESSE POIS A ARBITRAGEM ESTAVA GARANTIDA, INTERESSANTE ESTA NOTICIA NÃO TEVE GRANDE REPERCUÇÃO, AGORA IMAGINEM SE FOSSE O CORINTHIANS COM CERTEZA ISTO SERIA NOTÓRIO DURANTE MESES OCUPANDO GRANDE ESPAÇO NA MIDIA SOCIAL E TELEVISIVA, O PALMEIRAS NA FINAL DA COPA DO BRASIL DE 2012 FOI FLAGRANDEMENTE FAVORECIDO PELA ARBITRAGEM CONTRA O CORITIBA EM LANCES CAPITAIS, ISTO É UMA REGRA EM CASO DE DUVIDA SEMPRE A FAVOR DO TIME GRANDE, INFELISMENTE ISTO É UMA REGRA MUNDIAL, O BOCA JUNIOR É O TIME MAIS FAVORECIDO DA AMÉRICA LATINA O PALMEIRAS FOI DUAS VEZES PREJUDICADO CLARAMENTE EM JOGOS DECISIVOS PELA LIBERTADORES O GRÊMIO NA FINAL DE 2007 TOMOU DOIS GOLS IMPEDIDOS NA LABOMBONERA, O BARCELONA IDEM MILAN E CHELSEA JA FORAM PREJUDICADOS POR ERROS GROTESCOS A FAVOR DO TIME CATALÃO, O SANTOS FOI CLARAMENTE PREJUDICADO NA FINAL CONTRA O BOTAFOGO NO BRASILEIRO DE 1995, O ATLETICO MINEIRO FOI PREJUDICADO CONTRA O FLAMENGO EM 1980, O CORINTHIANS NA FINAL DO PAULISTA DE 1993 CONTRA O PALMEIRAS FOI DOLOSAMENTE PREJUDICADO PELA ARBITRAGEM POSSO DIZER COM CERTEZA POIS ESTAVA NAQUELE JOGO,PRIMEIRO LANCE, DIVIDIDA COM A INTENSIDADE NATURAL DE UMA FINAL O ZAGUEIRO HENRIQUE JÁ TOMA UM AMARELO DE CARA, O EDMUNDO DÁ UMA ENTRADA CRIMINOSA NO PAULO SERGIO E NÃO É EXPULSO, NESTE JOGO TRÊS JOGADORES DO CORINTHIANS SÃO EXPULSOS, NA FINAL CONTRA O CRUZEIRO EM 1998 NO PRIMEIRO JOGO O EDILSON SOFRE PENALTI CLARO DO ZAGUEIRO MARCELO NÃO MARCADO PELO JUIZ, NO SEGUNDO JOGO UM GOL DO CORINTHIANS É ANULADO POR IMPEDIMENTO, FOI CONSTATADO QUE UM LATERAL DO CRUZEIRO ESTAVA MUITO ATRÁS DO ULTIMO JOGADOR DO CORINTHIANS DANDO PLENAS CONDIÇÕES, COMO O CORINTHIANS ACABOU SENDO CAMPEÃO ESTES ERROS GROTESCOS NÃO SE TORNOU NOTÓRIOS, COMO OS FATOS MOSTRAM ERROS ACONTECEM A FAVOR NA REGRA GERAL DE TODOS OS TIMES GRANDES NÃO HÁ UM TIME GRANDE QUE EM ALGUM MOMENTO NÃO TENHA SIDO FAVORECIDO PELA ARBITRAGEM NO MUNDO, O CORINTHIANS POR SER UM TIME DE MASSA COM GRANDE PODER MIDIÁTICO TAMBÉM JA FOI FAVORECIDO COMO NA FINAL CONTRA O BRASILIENSE NA COPA DO BRASIL DE 2002 EM LANCES POLEMICOS A ARBITRAGEM FAVORECEU O CORINTHIANS, MAS COMO EU JÁ PROVEI É UM FENÔMENO MUNDIAL TODO TIME GRANDE PRINCIPALMENTE DE MASSA É FAVORECIDO NÃO QUE OS ARBITROS SEJAM MAL INTENCIONADOS MAS EM CASO DE DÚVIDA FAVOREÇA O MAIOR PRINCIPALMENTE O DE MAIOR TORCIDA EXEMPLO JUVENTOS DA ITÁLIA, MANCHESTER DA INGLATERRA, BOCA JUNIOR, FLAMENGO. ABDUL ACHO QUE AS ACUSAÇÕES DOS RIVAIS EM RELAÇÃO AO FAVORECIMENTO DAS ARBITRAGENS AO CORINTHIANS É EXAGERADO,EXTREMADO E INJUSTO, PELO QUAL OS ERROS A FAVOR DO CORINTHIANS ACABA TENDO MAIS REPERCUÇÃO DO QUE DEVERIA E OS MESMOS ERROS DE ARBITRAGENS A FAVOR DE OUTROS CLUBES ACABA NÃO TENDO A MESMA REPERCUÇÃO, ISTO DEMONSTRA UM ÓDIO DESCOMEDIDO O QUE ACABA PROVANDO ESTE FANÔMENO ANTROPOLÓGICO CHAMADO ANTI CORINTIANISMO, NÃO QUE OS CORINTIANOS TAMBÉM NÃO SEJAM CULPADOS, POIS EU SOU CORINTIANO E SEI QUE MUITOS CORINTIANOS SÃO ARROGANTES, QUE ACHAM QUE POR QUE SÃO A MAIOR TORCIDA PODEM DESPREZAR TIMES GIGANTES COMO O SANTOS, PALMEIRAS E SÃO PAULO COMO SE GRANDEZA ESTIVESSE RELACIONADO APENAS COM O TAMANHO DE TORCIDA, MAS TAMBEM ACHAR QUE O CORINTHIANS SÓ GANHA ATRAVÉS DE ESQUEMAS FRAUDOLENTOS É INCONDIZENTE COM A HISTÓRIA GRANDIOSA DESTE CLUBE CENTENÁRIO AO PONTO DOS TORCEDORES RIVAIS COMEÇAREM A CRIAR TEORIAS DE CONSPIRAÇÃO EM RELAÇÃO A CONQUISTA INVICTA DA LIBERTADORES CONTRA O BOCA, A IMPRENSA DIZ QUE MESMO AQUELE GRANDE SANTOS DO PELÉ ERA MUITAS VEZES FAVORECIDO PELA ARBITRAGEM NÃO TEM JEITO COMO DIZ AQUELE JARGÃO AS AGUAS SEMPRE CORREM PARA OS OCEANOS, OU SEJA COMO EU PROVEI TODO TIME GRANDE PRINCIPALMENTE OS DE MASSA SÃO FAVORECIDOS PELO SISTEMA.

  37. Marcelo Abdul Says:

    Everson. Vamos aos fatos. O Corinthians é muito ajudado pela arbitragem como todos os times grandes são. Porém nos últimos anos as acusações estão aumentando principalmente após o que houve no caso Ives Mendes e em 2005 com o próprio ex-presidente Alberto Dualib afirmando que ganhou o título “roubado” numa conversa informal com o Renato Duprat. Você não é cego. Não a ponto de dizer que não houve nada principalmente pelo fato do dinheiro da compra de jogadores como Tévez ser suspeito de ter sido lavado pela máfia russa, Kia, Boris Bereszovisk, etc. Porém há versos e reversos. Quando o Corinthians foi rebaixado em 2007 achei uma tremenda sacanagem o juiz mandar voltar 2 pênaltis do Paulo Baier na última partida do brasileiro daquele ano contra o Goiás. Nunca vi um negócio daqueles no mundo.

    Hoje o Corinthians é o time do stabelishment governamental. Tanto na esfera federal, estadual e municipal. A construção da Arena Corinthains é um exemplo latente. Vai haver dinheiro das três esferas no estádio. Isso não cheira a um favorecimento incomum a um clube de futebol? Por que Palmeiras e São Paulo tem tanta dificuldade para reformar seus estádios e para outro clube as facilidades são enormes?

    E a grana da Caixa Econômica Federal? Você acha justo dois clubes serem patrocinados com o dinheiro de brasileiros onde muitos nem gostam de futebol?

    Isso não justifica um torcedor adversário ficar com a pulga atrás da orelha e imaginar diversas teorias da conspiração? O futebol é um dos esportes mais sujos do mundo. Veja o que o repórter Andrew Jennings escreve sobre a Fifa. O presidente da CBF é um cara honestíssimo? Então porque ele renunciou?

    Por que ele usou o Andrés Sanchez para detomar o clube dos 13 e favorecer indiretamente o Corinthians com o estádio na Copa e também com um pagamento maior de direitos de TV?

    Viu as últimas notícias sobre diversos cartolas do mundo sendo expulsos do futebol por receberem propina? Havelange, Leoz, Teixeira, Bin Hamman, Jack Wagner…

    Além disso tem outros fatores. Por exemplo, o senhor Marco Polo Del Nero tem um ódio mortal do São Paulo. Palmeirense fantático ele que se omitiu no triste episódio do gás na semifinal do paulista em 2008. No mesmo ano fez um escarceu por causa de um ingresso da Madonna para desestabilizar o tricolor num momento decisivo no brasileiro e mais tarde foi provado que não houve absolutamente nada. Tanto que o STJD o puniu por falsa acusação.

    Aí pode entrar um fator nada tenha a ver com o Corinthians. As arbitragens desse Paulista e também da Libertadores prejudicaram muito o São Paulo. Coincidència ou não o sr. Del Nero tem influência sobre Marin, a Conmebol e pra terminar é presidente da federação paulista.

    Isso não quer dizer que o Corinthians não tenha competência. Muito pelo contrário. Os últimos títulos falam por si. Mas o favorecimento explícito ao Corinthians tanto de uma parte da mídia como também pelo governo federal, estadual e municipal colocam o clube na mira.

    Esse fenômeno ocorreu também com o Palmeiras em 1994. Falavam em “esquema Parmalat” com jogadores como Evair, Zinho, Edílson…imagina. Mas essas coisas ocorriam infelizmente.

    Com o Corinthians é a mesma coisa. É um time competente, mas é ajudado. Isso é FATO. Talvez o clube nem precisasse disso. Nunca vi um favorecimento tão explícito como esse na história do futebol. Se formos usar a vertente ideológica do PT, o Corinthians virou uma espécie de “Dínamo” da antiga União Soviética.

    Esses fatos CAMUFLAM a competência do time, do Tite, do Danilo e de outros jogadores.

    Com todos esses exemplos que eu citei você ainda acredita que o futebol é um esporte honesto e que não ocorre nada nos bastidores?

  38. everson freitas Says:

    ABDUL CONCORDO COM ALGUMAS ALEGAÇÕES, MAS O QUE É INJUSTO E DISCREPANTE É O BULÉM DE OUTROS TORCEDORES EM RELAÇÃO AO CORINTHIANS, COMO SE ELE FOSSE O UNICO CULPADO PELAS MAZELAS FUTEBOLISTICAS, POR EXEMPLO O INTER QUE FOI PREJUDICADO EM 2005 EMBORA NÃO FOI PROVADO QUE A DIREÇÃO DO CORINTHIANS ESTEVE ENVOLVIDA COM AS MANIPULAÇÕES DE JOGOS E A PRÓPRIA IMPRENSA DA ÉPOCA NA SUA GRANDE MAIORIA CONCORDOU COM A ANULAÇÃO DOS JOGOS, FOI FLAGRANTEMENTE FAVORECIDO NA FINAL DA COPA DO BRASIL CONTRA O FLUMINENSE EM 1992 PELO QUAL O ÁRBITRO MARCOU UM PENALTI INEXISTENTE NO FINAL DO JOGO A FAVOR DO INTER, ISTO OS COLORADOS NÃO FALAM, NA LIBERADORES DE 2006 SE NÃO ME ENGANO EM UM JOGO ELIMINATÓRIO CONTRA O NACIONAL DE MONTEVIDÉU O JUIZ ANULOU DOIS GOLS LEGITIMOS DO NACIONAL QUE CULMINARIA NA ELIMINAÇÃO DO INTER, INTERESSANTE OS COLORADOS NUNCA RECLAMARAM E CONFESSARAM: ASSIM COMO O CORINTHIANS FOI FAVORECIDO EM 2005 NÓS TAMBÉM FOMOS EM 1992 E 2006, ABDUL O PALMEIRAS FOI TÃO FAVORECIDO EM 2012 COMO O CORINTHIANS EM 2002, MAS AS ACUSAÇÕES E CRITICAS AO PALMEIRAS É BEM MENOR DO QUE AO CORINTHIANS, O FLAMENGO TAMBÉM TEM UM HISTÓRICO EXTENSO DE FAVORECIMENTO DE ARBITRAGEM MAS É MUITO MAIS POUPADO DO QUE O CORINTHIANS, O FLUMINENSE TAMBÉM NO BRASILEIRO DE 2012 FOI FAVORECIDO EM LANCES CAPITAIS MAS NÃO VEJO OS TORCEDORES RIVAIS CONTESTANDO DE FORMA VIOLENTA E INCISIVA A LISURA DO TITULO DO FLUMINENSE, COMO CONTESTA ALGUNS TÍTULOS DO CORINTHIANS, ATÉ O TÍTULO PAULISTA DE 1977 QUE NÓS CORINTIANOS NA SUA MAIORIA CONSIDERAMOS JUNTO COM A LIBERTADORES DE 2012 OS TÍTULOS MAIS IMPORTANTES DA HISTÓRIA DO CLUBE OS ADVERSÁRIOS INSISTEM EM DIZER QUE O RUI REY FOI COMPRADO, QUE A FEDERAÇÃO AJUDOU O GOVERNADOR E A DITADURA IMPUSERAM A CONQUISTA QUERENDO TIRAR TODOS OS MÉRITOS HISTÓRICOS E DESPORTIVOS DA CONQUISTA QUE LITERALMENTE PAROU O PAÍS, AGORA QUE O CORINTHIANS É FAVORECIDO PELO SISTEMA POLITICO ATUAL NÃO HÁ DUVIDA O LULA É CORINTIANO DECLARADO SEM CONTAR QUE UM TIME COM APROXIMADAMENTE 30 MILHÕES DE TORCEDORES ACABA DANDO RETORNO ELEITOREIRO, MAS TAMBÉM NÃO PODEMOS ESQUECER ABDUL QUE O MORUMBI ATÉ UNS TEMPOS ATRÁS O MAIOR ESTÁDIO PARTICULAR DO MUNDO FOI CONSTRUIDO COM A AJUDA DIRETA E EXPLÍCITA DO GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO DA ÉPOCA ATÉ O SÁO PAULO NÃO CONTESTA ESTA AFIRMAÇÃO, FUTEBOL E POLÍTICA SEMPRE ANDARAM DE MÃOS JUNTAS O DITADOR FRANCO NA ESPANHA ERA MANTENEDOURO DECLARADO DO REAL MADRID, ABDUL A UNICA COISA QUE EU QUESTIONO É ESTA PERSEGUIÇÃO DEMASIADA EM RELAÇÃO AO CORINTHIANS COMO PROVEI TODOS OS TIMES GRANDES TEM CULPA NO CARTÓRIO VAMOS POR EXEMPLO CONTESTAR O BI CAMPEONATO MUNDIAL DO SANTOS SÓ PORQUE UM DOS SEUS JOGADORES DA ÉPOCA AFIRMOU QUE A ARBITRAGEM ESTAVA COMPRADA? É LÓGICO QUE NÃO, EU SÓ DIGO UMA COISA O MESMO CHICOTE QUE BATE EM CHICO DEVE BATER TAMBÉM EM FRANCISCO.

  39. Marcelo Abdul Says:

    O Corinthians não é culpado por todas as mazelas. Mas o clube está por cima da carne seca e virou bode espiatório. Eu já exemplifiquei aqui numa postagem que todos os clubes de uma certa forma são ajudados pelo governo. Vide a Timemania e o projeto absurdo de perdão de dívidas que estão tentando aprovar no Congresso.

    Porém é inegável que existe um favorecimento explícito ao clube. Te dou o exemplo do caso Kevin Spada. Onde você viu uma mobilização de congressistas e de diplomatas para tentarem soltar os 12 presos em Oruro? Se eles são inocentes ou não é outra história. Mas o fato é que a Bolívia é um país soberano com leis próprias e código penal diferente do Brasil. Não é como aqui em que o cara mata e sai pela porta da frente da delegacia. Mas os políticos foram lá e tentaram dar uma “carteirada”. Ocorreu um crime. Ele tem que ser investigado. Se eles forem inocentes estarão livres. Existem outros casos de brasileiros presos injustamente na Bolívia e no Paraguai e não vimos essa mobilização toda. O objetivo claro são os votos. Se fossem torcedores da Mancha, da Independente ou da Força Jovem todos os chamariam de “marginais” e não fariam absolutamente nada.

    Sempre discuto o lance do Morumbi. Há muito falatório. Muito nhem nhem nhem. Mas não vi até agora uma prova concreta de que o estádio foi erguido totalmente com dinheiro público. Vamos fazer as contas. O estádio foi inaugurado da sua primeira fase em 1960. A ditadura começou em 1964. Opa. Tem alguma coisa errada.

    Laudo Natel foi o grande patrono do Morumbi. Mas ao contrário do que muitos pensam ele já era presidente do São Paulo muito antes de ingressar na política. ficou menos de 1 ano como governador entre 1967 e 1968. Depois foi escolhido pelos militares em 1971. O Morumbi ficou pronto totalmente em 1970.
    O sucesso dele se deve muito mais por sua competência administrativa. Mas como ele era alinhado com os militares todo mundo pensa que o São Paulo foi beneficiado. Os números e as datas dizem o contrário.

    Em 30 anos de democracia não vi nenhuma reportagem ou provas de que o estádio foi erguido totalmente com dinheiro público. Se não me engano parte do terreno foi doado pelo governo e outro comprado da imobilária Aricanduva. Ocorreu uma doação em dinheiro do governo aos times do trio de ferro que o São Paulo usou no estádio. Mas não era uma quantia significativa como hoje. Não havia SIDS da Prefeitura ou grana do BNDES. O São Paulo ficou com grande parte dos custos da construção. Toda a renda do Morumbi em andamento era para o completar a obra. O time ficou 13 anos sem poder investir em bons jogadores pois tudo ia para erguer a construção. 13 anos. E ainda querem falar em ajuda do governo como hoje?

    Ninguém tem culhão ou moral pra falar um do outro e mesmo que houvesse a tal “ajuda” ao Morumbi, um erro não justifica o outro. Eu discordo de que o Flamengo seja poupado dos erros de arbitragem. É que o time anda em baixa. Ninguém bate em bêbado descendo a ladeira. O Palmeiras foi ajudado no primeiro jogo da final da Copa do Brasil e houve sim muitas reclamações. Discordo também do número de 30 milhões. São contas furadas do departamento de marketing dos clubes. Nem o Flamengo tem 35 e nem o São Paulo tem 17 ou 16. Os números são bem menores. A última pesquisa descobriu que a maioria dos brasileiros não torce pra time nenhum. Se diluirmos isso no Brasil todo e compararmos com o todo é impossível que uma torcida tenha mais de 30 milhões num país com 200 milhões de habitantes.

    Repito. O Corinthians não é o único culpado das mazelas. É que virou vidraça. Tá na crista da onda. Os maiores responsáveis por esse estado de coisas são os cartolas do futebol brasileiro. Você já viu um clube dar o nome de um juiz antes da própria Conmebol o anunciar? Pois é. o Alexandre Kalil fez isso. Como nós vamos confiar que o futebol é um esporte honesto e isento?

  40. everson freitas Says:

    ABDUL NA ULTIMA PESQUISA FEITA POR UM INSTITUTO ESPORTIVO COM MARGEM DE ERRO DE 0,5 POR CENTO APONTOU QUE O CORINTHIANS DEVA TER DE 25 A 26 MILHÕES DE TORCEDORES REALMENTE 30 MILHÕES É UM NUMERO EXAGERADO MAS NÃO DEIXA DE SER UM NUMERO EXPRESSIVO COM GRANDE RETORNO POLÍTICO, EXEMPLO DISTO QUE A CAIXA QUE JÁ PATROCINAVA O CORINTHIANS COM 31 MILHÕES DE REAIS VAI PATROCINAR TAMBÉM O FLAMENGO, EM 2014 HAVERÁ ELEIÇÃO PRESIDENCIAL E COM CERTEZA O GOVERNO FEDERAL VAI ADIQUIRIR VOTOS DOS TORCEDORES MAIS ASSIDUOS DESTES DOIS CLUBES MAIS POPULARES DO BRASIL, MAS QUERO DIZER QUE ESTE FENÔMENO ACONTECE NO MUNDO TODO O GOVERNO ALEMÃO ANOS ATRÁS INJETOU BILHÕES DE EUROS NA LIGA NACIONAL ALEMÃ, DA MESMA FORMA ITÁLIA, ESPANHA OU EM TODO PAÍS ONDE SE JOGA UM GRANDE FUTEBOL EXISTE SUBSÍDIOS GOVERNAMENTAL, OU PARA CONSTRUÇÃO DE ESTÁDIOS, PERDÃO DE DÍVIDAS E IMPLEMENTAÇÃO FINANCEIRA, POIS OS GOVERNOS INDEPENDENTE DO PAÍS ADOTA AQUELA FILOSOFIA ROMANA PÃO E CIRCO, O FUTEBOL ACABA SENDO O ANALGÉSICO DAS MAZELAS E INFORTUNEOS DAS MASSAS, POR ISSO QUE ELE ACABA SENDO UMA EXTENÇÃO DOS ATOS GOVERNAMENTAIS, ISTO É UMA REALIDADE ABSOLUTA QUE NINGUÉM JAMAIS VAI MUDAR.

  41. Marcelo Abdul Says:

    Deveria mudar porque é uma posição lamentável seja no Brasil ou na Alemanha ou em qualquer outro lugar. Mas existem diferenças. Se por exemplo em alguns países os times tem que estar com as contas em dia ou não disputam os torneios. Aqui não se faz nada parecido. Pelo contrário. Subsídios e mais subsídios com o nosso dinheiro que poderia ser investido em uma educação e saúde melhores e até num trabalho sério de recursos para outros esportes. Será que todo o coritiano e flamenguista votam no PT? Política nada tem a ver com o esporte. Muitos goverantes fizeram isso e não conseguiram se manter. No final não é um gol do seu time preferido que vai ajudar a botar comida na mesa. Se o preço do tomate continuar aumentando nenhum corintiano ou flamenguista por mais boa vontade que tenha vai votar no PT novamente.

    Te dou um exemplo da Espanha. O Asnar do partido conservador pode ter ajudado os times de lá. Mas aí ocorreu aqueles atentados em Madrid e ele fez aquela imensa cagada de acusar o ETA. Perdeu a eleição para o Sapatero. A política sobrepujou o esporte. Tivemos exemplos nas Copas do Mundo em que a Italia do período Mussolini foi bicampeã do mundo em 34 e 38 e medalha de ouro em 1936. Mesmo assim o ditador italiano terminou morto pendurado num poste pela própria população. Ninguém lembrou dos títulos.

    A propósito aquele advogado do Rio Grande do Sul entrou novamente com uma liminar para impedir que o Flamengo receba mais de 30 milhões do nosso dinheiro. Atitude louvável e que deveria ser seguida por todos os cidadãos. Não vivemos numa sociedade capitalista? Onde está a economia de mercado?

    Enquanto isso Arthur Zanetti, MEDALHA DE OURO nas Olimpíadas de Londres tem que vir a público reclamar da falta de apoio do COB no investimento de novos equipamentos de treino.

    Esse e o país do pão e circo. Da monocultura esportiva. Da roubalheira descarada. Não dá para apoiar isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: