RESUMO DA ÓPERA – 05/02/2013

by

Depois de uma longa ausência eis que volta a nossa coluna “Resumo da Ópera”. Um apanhado das notícias e fatos do esporte e outros assuntos do Brasil e do mundo.

“Imagina na Copa” 

Torcida mineira: nem água de torneira

Torcida mineira: nem água de torneira

Mal as chamadas “arenas” construídas para a Copa do Mundo do Brasil foram inauguradas e já começaram os problemas.

No Mineirão, torcedores ficaram sem água em bebedouros e nos banheiros além das lanchonetes não funcionarem, pois (pasmem!) não foram inauguradas. Além disso formou-se um congestionamento monstro de carros nas cercanias do Mineirão por causa do atraso das aberturas dos estacionamentos.

Problemas de mobilidade também aconteceram na inauguração do novo Castelão em Fortaleza. O novo estádio do Grêmio por pouco não foi palco de uma tragédia quando torcedores tricolores fizeram a tradicional “avalanche” e o suporte de acrílico não suportou a força e a pressão. Abnegados se feriram.

analisamos o assunto e não custa repeti-los. Nem sempre a construção de algo “moderno” significa modernidade. O torcedor mais uma vez foi tratado como lixo e desrespeitado.  Parasafreando aquela propaganda idiota de cerveja, “imagine na Copa”.

Ganso – Chuva de hipocrisia

Moedas no gramado: hipocrisia

Moedas no gramado: hipocrisia

A torcida do Santos jogou uma chuva de moedas em cima de Paulo Henrique Ganso no clássico contra o Santos na acanhada Vila Belmiro. Fora a imbecilidade de jogar um objeto perigoso e ameaçar a integridade física do atleta, muitos torcedores não tem muita capacidade de compreender certas situações.

Ganso é um profissional. Joga onde quer. Essa história de “amor à camisa” já morreu faz algum tempo. Nem mesmo Juninho Pernambucano resistiu a falta de pagamentos no Vasco e olha que ele não recebia muito segundo informações da imprensa. Um torcedor pode trocar de emprego por um salário melhor, mas Ganso não? Onde está a eloquência? Se LAOR deixasse de pagar três meses do polpudo salário de Neymar como o atacante reagiria?

O camisa oito do São Paulo se sentia desprestigiado no antigo clube. Foi para outro tentar melhor sorte. Qual o problema nisso? Em suma torcedor de futebol é um hipócrita.

Catargate 

Catargate: denúncias graves

Catargate: denúncias graves

Favas contadas. É o que podemos analisar sobre a eleição do Catar como sede da Copa em 2022. As denúncias da revista francesa “France Fotball” destrincharam um esquema de corrupção nunca antes visto na história da Fifa. Compra de delegados. Viagem de jatinhos e aliciamento de dirigentes.  Nem o atual presidente da UEFA Michel Platini escapou das investigações. Se Joseff Blatter tiver um pingo de dignidade essa escolha deve ser revista e revogada. Desde as denúncias de corrupção envolvendo Ricardo Teixeira, João Havelange e a ISL a entidade foi colocada em xeque. Cabe a Fifa adotar medidas duras contra a corrupção em suas entranhas. Mas a pergunta que fazemos é a seguinte. Blatter tem interesse em higienizar seu escritório na Suíça? Pelo que vimos e lemos no passado, a resposta é não. Leiam o livro “Jogo Sujo” do jornalista inglês Andrew Jennings  ou se horrorizem com o post devastador do mesmo  no link abaixo  e descubram o porque.

http://www.apublica.org/2013/01/chefoes-mafia-fifa/

Renan e Henrique Alves – A dupla dinâmica da vergonha

Congresso: convil de ratos

Congresso: convil de ratos

Vergonhosas as eleições de Renan Calheiros e Henrique Alves para as respectivas presidências do Senado e da Câmara Federal. O político alagoano que renunciou depois de graves denúncias voltou ao braços de seus compadres larápios. Henrique Alves, alvo também de denúncias não teve nenhum problema em se eleger ainda no primeiro turno.

O povo brasileiro não tem memória e reelege os corruptos. Nossos representantes eleitos são um reflexo de nós mesmos. Depois de algum tempo do escândalo do lobista e das vacas, Renan voltou a presidência do senado. Ninguém foi preso ou processado. Mônica Veloso posou para a Playboy e ganhou dinheiro. O povo brasileiro? Continua a se dar mal. Mas o Carnaval vem aí para a população esquecer tudo de novo.

Sai pra lá assombração!

ricardo-terceiro

Ricardo III: achado histórico

Depois de fazer uma citação do Rei Ricardo III no post da “cartilha dos pernas de pau” não é que o cidadão reaparece?

Arqueólogos da Universidade de Leicester descobriam que o esqueleto achado num estacionamento no ano passado era do monarca inglês. O último a morrer em batalha em terras britânicas.  Detalhe, o esqueleto apresentava sinais de escoliose. Ou seja, o ex-soberano  era corcunda mesmo como foi retratado em histórias e peças de teatro.  Curioso que eu mal sabia que estes estudos haviam sido feitos e no dia seguinte a minha citação no post, a descoberta foi revelada pelos estudiosos.

Isso abre um imenso leque de opções para historiadores e revisionistas. Ricardo III era mesmo um vilão descrito por Shakespeare ou vítima de difamação da casa dos Tudors?

E tem pessoas que dizem que a história é uma matéria chata. Mas de uma coisa eu sei, não vou dormir traquilo nas noites seguintes depois de “invocar” o rei Ricardo. Sai pra lá assombração! Rsss.

2 Respostas to “RESUMO DA ÓPERA – 05/02/2013”

  1. guina Says:

    Mais uma obra inacabada para alegria do povo!!!!!! Quando o brasileiro que torce em estádio vai se tocar que é um CONSUMIDOR?

  2. Marcelo Abdul Says:

    Pra que o tal estatuto do torcedor não é mesmo? Já começou o jogo do empurra. O governo mineiro vai multar o consórcio Minas Arena em 1 milhão de reais, mas não foi esse mesmo governo que pressionou a empresa para agilizar a entrega do estádio e mostrar “a competência” do Anastasia?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: