PERTO DO OURO!

by

Neymar comemora: terceira final olímpica da seleção brasileira

O Brasil venceu a Coréia do Sul por 3 x 0 e está na final dos jogos olímpicos depois de 24 anos. A terceira fina da história do futebol brasileiro nos jogos depois de Los Angeles em 1984 e Seul em 1988.

No início da partida de hoje a seleção brasileira começou sonolenta. Os coreanos se aproveitaram e deram um sufoco na retaguarda canarinho com duas bolas perigosas. A insegurança do goleiro Gabriel também deixou o Brasil em maus lençóis.

Aos poucos, a equipe de Mano Meneses começou a se acertar. O Brasil passou a dominar o jogo e o meio campo. Numa jogada iniciada por Neymar, Rômulo abriu o placar com um frango do goleiro Lee. A partir do primeiro tento o Brasil foi o senhor do jogo e os coreanos com seu esquema baseado em contra ataques não levaram perigo ao gol de arqueiro brasuca. O árbitro Pavel Kralovec cometeu uma lambança ao não marcar um pênalti claro de Sandro no sul coreano Kim.

Esse foi um dos únicos lances de perigo da seleção asiática após sofrer o gol brasileiro. No segundo tempo, Oscar, que vem jogando uma grande Olimpíada comandou o meio campo brasileiro. Neymar, um tanto apagado no esquema de Mano, participou de mais dois gols do artilheiro Leandro Damião e o Brasil venceu tranquilamente em busca de seu inédito ouro olímpico.

Apesar de finalmente o Brasil disputar novamente a medalha de ouro é triste ver comentaristas esportivos e blogueiros “cornetarem” a seleção. Não se trara de “pachecada”, pois muitas vezes deixei claro aqui a minha insatisfação com os rumos que a seleção brasileira vem tomando depois do título mundial de 2002, mas a cornetada barata chega a números absurdos.

O Brasil faz simplesmente a melhor campanha do torneio com cinco vitórias, melhor ataque e artilheiro. O nível técnico do futebol olímpico como já escrevemos no blog diversas vezes não é o mesmo de uma Copa do Mundo. Para começar por imposição da Fifa, as federações nacionais países não podem convocar os seus principais astros.

Alguns esperam que o Brasil jogue igual a seleção de 70 ou de 82 e sabemos bem que as coisas não são bem assim. Lamentável a falta de uma verdadeira análise crítica a respeito do torneio de futebol olímpico. Muitos nem viram a maioria dos jogos para se ter um embasamento real de quem joga melhor ou não. Impera a má vontade. Se o Brasil perde é uma bosta, se vence é uma porcaria. Parece esporte nacional “detonar” a seleção. Predomina o exagero irascível.

O Brasil agora tentará a medalha de ouro inédita contra o México. Uma pedra no sapato da seleção brasileira nos últimos anos. Esta mesma seleção olímpica perdeu há algumas semanas para os selecionado principal mexicano. Uma final justa e merecida das duas melhores equipes do torneio.

Parece fácil mas não é. A seleção brasileira vai ter que jogar tudo o que sabe se quiser conquistar o único título que falta em sua galeria dos troféus.

Anúncios

4 Respostas to “PERTO DO OURO!”

  1. guina Says:

    Agora vai! Tomara!

  2. Marcelo Abdul Says:

    Vamos rezar! Como diria o Zagallo! SÓ FALTA UM!!!!

  3. Paulo Rubens de Abreu Says:

    Vai México!

  4. Marcelo Abdul Says:

    Putz.. Mais um corneta. Rsss.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: