CHEIRO DE OURO

by

Neymar: sexta semifinal olímpica da seleção nos jogos

O blog avisou em postagens anteriores que o futebol olímpico é um mundo paralelo. Um caso a parte do esporte mais popular do mundo.

O Brasil sofreu mas derrotou Honduras por 3 x 2. O time de Neymar e Oscar está na semifinal das Olimpíadas de Londres. Nos jogos olímpicos não existe “babas” ou adversários fáceis. O fator sub-23 pesa muito. Apesar de se permitir a entrada de três atletas maiores de 23 anos, a inexperiência conta demais.

Uma das favoritas, a Espanha foi eliminada na primeira fase. O Uruguai que voltou a uma Olimpíada após quase oitenta anos também deu vexame.

O Brasil bobeou hoje e tomou dois gols com falhas da defesa. Foi buscar o empate e ainda teve a ajuda do árbitro alemão que deu um pênalti mandrake para a seleção canarinho. O terceiro gol de Leandro Damião deixou o Brasil em vantagem pela primeira vez, mas mesmo com um jogador a mais administrou a partida e não arriscou até o apito final.

Normal? Se tratando de Olimpíadas sim. A história prova que favoritismo e camisa não contam muito. A seleção brasileira é favorita ao ouro, mas não deve se empolgar e nem jogar de salto alto nos próximos jogos. A partir de agora é só pedreira. Pouco importa se o adversário for Coreía do Sul ou Grã-Bretanha. O Brasil deve ser frio e sistemático se quiser ganhar o seu primeiro título olímpico da história.

O México que nos últimos anos tem conquistado torneios nas equipes de base é outro candidato a medalha de ouro. O time azteca tem jogadores rápidos, talentosos e oportunistas. A vitória contra a boa seleção de Senegal credenciou o time de Giovani dos Santos. Olho neles.

Apesar do Brasil ter uma constelação de estrelas como Neymar, Ganso, Oscar, Marcelo e o já experiente Pato o time necessita de atenção na defesa e precisão no ataque. Em sua sexta semifinal de Olimpíada da história, a seleção brasileira tem tudo para garantir o tão desejado ouro, mas todo o cuidado é pouco. Em Olimpíada não tem bobo no futebol.

Vai Brasil!

Anúncios

4 Respostas to “CHEIRO DE OURO”

  1. guina Says:

    Acho que agora vai parceiro, mas uma coisa está me incomodando na torcida britânica, Pô o Neymar tomo porrada, puxão, tapa, pancada e a torcida vaiava, os caras de Honduras foram expulsos e sairam aplaudidos. Tá certo que o Neymar as vezes exagera, mas deve tar aí a explicação de o Brasil ser o pais do futebol e eles apenas os inventores. Deu raiva, até que enfim me peguei torcendo para a seleção!
    Agora os goleiros do Mano (que estrranhamente são vendidos para a Europa sempre!) são de amargar… Meu Deus!!!!!!!!!!!!

  2. Marcelo Abdul Says:

    A cultura britânica e brasileiras são distintas. O Neymar tomou porrada de todo lado e muitas vezes foi injustamente cobrado pela torcida inglesa. Fazer cera e malabarismo faz parte do show. Cabe ao juiz interpretar e punir ou não. Os goleiros são ruinzinhos mesmo. A defesa é o ponto fraco do Brasil nessa Olimpíada. Os substitutos do Rafael são fraquinhos.

  3. Paulo Rubens Says:

    Essa seleção só pegou baba. Quero ver ganhar do México na final.

  4. Marcelo Abdul Says:

    Em Olimpíadas o Brasil tem que ter muito cuidado com as “babas”. Nesse torneio o fator sub 23 pesa muito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: