Archive for agosto \27\UTC 2012

ESPETACULAR!

27/08/2012

Espetacular.

É a palavra que resume o magistral documentário “Once Brothers” da ESPN da série 30/30 que reuniu 30 grandes documentários sobre o esporte dos Estados Unidos e no mundo.

“Once Brothers” conta a trajetória dramática do pivô sérvio Vlad Divac e do ala croata Drazen Petrovic.

A Iugoslávia foi uma das maiores potências da história do basquetebol mundial. Até hoje é a seleção com maior número de títulos mundiais, inclusive na frente dos Estados Unidos.

Divac e Petrovic foram os principais astros da equipe do bálcãs vice-campeã olímpica em 1988, européia em 1989 e campeã mundial em 1990. Amigos e companheiros de equipe, os dois atletas foram os primeiros europeus a serem contratados pela NBA. Mas  com  queda do muro de Berlim e o  fim da União Soviética, o despertar de sentimentos nacionalistas começaram a despedaçar a Iugoslávia e consequentemente a amizade de Divac e Petrovic.

O filme mostra o companheirismo entre os jogadores nos primeiros anos mágicos do basquete iugoslavo dos anos noventa e o estremecimento a partir da insanidade que foi a guerra nos balcãs entre povos que falavam a mesma língua e como isso afetou duramente a vida de várias pessoas.

Impossível ficar passivo ao longo caminho de Divac até o reencontro dramático com seu ex-companheiro de time.

Once Brothers é uma aula de jornalismo, além de promover a lição de que o esporte e o amizade superam todas as adversidades, inclusive a guerra. Impossível não deixar as lágrimas caírem até o final do filme.  Simplesmente emocionante.

A BADERNA NA ORGANIZAÇÃO DO FUTEBOL BRASILEIRO

27/08/2012

Fala pessoal. Um dos nosso mais proeminentes parceiros de blogagens, Aguinaldo Rodrigues agora tem um vlog.

O assunto? A confusão no clássico mineiro na última rodada do brasileirão.

Argumentações tão plausíveis  que é praticamente  impossível não compartilhá-las.  Vejam e também prestigiem o blog do Guina.

http://www.guinasp10.blogspot.com.br

Aqui não tem Ibope, mas tem o olho a olho.

Alô SportV ! Olha o cara aí.

TABU? O QUE? OI?

27/08/2012

Luis Fabiano: atuação fabulosa

Nada é eterno!

Essa frase resume bem o que nós seres humanos somos nessa vida. Aqui nascemos, vivemos e morremos. Passamos o legado para os nossos filhos e descendentes e outras histórias são contadas.

O futebol, esporte preferido de 99,9% dos brasileiros é um reflexo da filosofia de nossa convivência aqui nesse pequeno planeta azul irradiado pelos raios do sol. Muitos inventam tabus e acham chifres em cabeça de cavalo para dar mais tempero a uma partida. Outros acusam atletas de falharem em momentos decisivos só para corroborarem a sua teoria.

Pois é pessoal,  as coisas mudam.

Luis Fabiano era considerado por alguns um “pipoqueiro”. Um jogador estourado que falhava em momentos decisivos ou em clássicos.

Na tarde de ontem o centroavante são paulino fez dois belos gols contra o principal rival e virou a partida para o São Paulo. O “tabu” de derrotar o Corinthians no Pacaembu se foi, como se isso tivesse uma importância fundamental na história do futebol.

É preciso tomar cuidado com algumas estatísticas. Dá a impressão que o São Paulo não vencia o Corinthians desde 1900 e isso não é verdade. No ano passado pelo campeonato paulista, o tricolor derrotou o time do Parque São Jorge pelo mesmo placar de 2 x 1. Vamos inventar um tabu agora?

Faz 1 ano e meio que o Corinthians não vence o São Paulo na Arena Barueri e pelo andar da carruagem esse tabu irá durar 100 anos. Pura Bobagem. Certos assuntos existem só para encher linguiça e dar motivo para os jornalistas comentarem na TV e justificarem seus empregos.

Luis Fabiano foi outra vítima dessa estigmatização estatística que o torcedor adora transformar em lenda e superstição e que os periodistas erroneamente acompanham.

O centroavante são paulino tem uma incrível média de um gol por jogo. Com apenas nove partidas é um dos artilheiros do campeonato brasileiro. Cansou de ganhar títulos e foi fundamental em momentos decisivos até pela seleção brasileira (vide a final da Copa das Confederações de 2009).

Portanto o que vimos ontem não foi nada surpreendente. Luis Fabiano é um artilheiro nato. O melhor centroavante do futebol brasileiro no momento. Pobre do Corinthians e de sua torcida que confiou que o atacante são paulino “falharia” mais uma vez contra eles.

Não falhou, pois nada nessa vida é eterno. Nem tabus, teorias ou estatísticas…nada.

Pois a vida, assim como o futebol é um rio que corre em várias curvas e caminhos diferentes.

FÉLIX MIÉLLI VENERANDO (1937-2012)

25/08/2012

Félix

SOBERANO 2 – ONDE ASSISTIR

24/08/2012

 

 

Inacreditável. Eu me pergunto pra que você gasta milhões em marketing se você não sabe divulgar o seu próprio trabalho. Dei uma passada no site oficial do filme Soberano 2 e não consegui achar qualquer informação em que cinemas o filme iria passar.

Tem vídeozinho, os autores do filme, os posteres, o trailerzinho… tudo bonitinho.

Só se esqueceram do principal: informar ao torcedor onde vai passar o filme.  Genial!

Bem, dei uma “googlada” e achei esse quadro. Tem o nome dos cinemas onde Soberano 2 vai passar.  Deem uma olhada. Lembremos que esses cinemas não vão passar a película  por muito tempo. A programação é deste final de semana. Portanto não percam tempo e comprem o  seu ingresso. Cliquem na figura para verem em tamanho maior. Abraços.

FALHA DELES!

22/08/2012

Jornalismo ao vivo é phoda!

Destaque para o jovem reporter aos 2:03, que tenta em vão mostrar como os ladrões usam o martelo para roubar um carro.

Situação que deixaria o poderoso Thor morrer de vergonha.

Hilário.

“CHORABILIDADE”

21/08/2012

Algumas opiniões não podem passar em branco. Sempre achei o tal do Adenor Tite um tremendo de um mala. Desde que ele começou a sua carreira com o título gaúcho do Caxias em 2000 e a Copa do Brasil de 2001 com o Grêmio tive uma tremenda má impressão inicial do atual treinador corintiano com a sua fala prolixa e suas filosofias freudianas de botequim.

Meus conceitos sobre ele pioraram bastante depois que ele pediu uma grana preta para treinar o São Paulo depois do diretor de futebol Juvenal Juvêncio anunciar com pompa que o clube se interessava por ele em 2003. Tite pediu muito e Marcelo Portugal Gouveia indignado fechou as negociações. Rojas foi chamado para tapar o buraco.

A partir daí a carreira do treinador gaúcho declinou. Tite apanhou bastante, mas se recuperou em 2009 com o titulo da Copa Sul Americana com o Internacional e o brasileiro de 2011 e a recente Libertadores com o Corinthians.

Por essas e outras é difícil acreditar que um treinador tão experiente e rodado como ele se dê ao luxo de ter chiliques e criticar o Neymar pelas simulações de faltas que ele faz. Chega a ser patético.

Neymar simula porque o futebol permite. Essa é uma malandragem existente o desde que Charles Müller trouxe o esporte bretão para cá. Todos simulam quando tem a oportunidade. O problema é que existem árbitros que aceitam as atuações dos canastrões. Não aprendeu isso ainda senhor Adenor?

Agora vem a pergunta. O que vossa senhoria fala para o Jorge Henrique depois que ele simula faltas a favor do seu time? Nada? Daí pode não é?

Correto é o Muricy que não comenta sobre arbitragem seja um lance contra ou a favor. Por que ele sabe, mais do ninguém que o juiz da partida é um ser humano como todos nós e pode errar para os dois lados.

O lance do segundo gol do Santos no clássico na Vila foi um impedimento escandaloso. Está certo protestar. Porém espero a mesma atitude quando o árbitro erra a favor. Você já viu o Tite gritar ou ficar indignado quando o árbitro erra a favor do time dele? Melhor ainda, você caro leitor já percebeu se algum treinador já admitiu pelo menos minimamente um erro a favor da sua equipe?

Essa é a hipocrisia que mais me irrita no futebol brasileiro. Não apenas da fala do técnico corintiano, mas de todos os treinadores que reclamam e falam abobrinha a cada jogo e não fazem absolutamente nada para melhorar as arbitragens.  No máximo mandam o diretor do clube enviar um ofício para a CBF colocar o árbitro na geladeira.

Isso tem nome: “chorabilidade”. Quem tiver ouvido para aguentar que ouça os indignados de ocasião.

No próximo domingo teremos outro clássico. Se o  árbitro dessa vez errar a favor será que ouviremos os berros de Adenor Tite?

UMA POSTAGEM DE TORCEDOR

19/08/2012

Lucas: a grande volta do garoto de ouro do São Paulo

Sábado, 18 de Agosto de 2012.

Uma noite perfeita para se ficar em casa e curtir um filme no DVD com pipoca.

Nessa mesma noite o meu time foi escalado para jogar as 21 horas contra a Ponte Preta. O São Paulo que vem de três derrotas seguidas e de constantes falhas na defesa. Até com o nosso capita fez um estranho gol contra na quarta passada. Tento que fez Rogério Ceni virar algo de chacotas de sites e torcedores rivais durante toda a semana.

Este blogueiro poderia ficar em casa e não se dar ao trabalho de ver o time de Juvenal em ação. Mas sabe como é torcedor não é? Amor não se explica, só se sente. Na alegria e na tristeza.  Eis que lá fui me desventurar pelas bandas do Morumbi para ver a partida. No colossal estádio tricolor constatei alguns fatos:

– Lucas joga muito. Ele simplesmente destoa do resto do time. O Paris Saint Germain vai ter muitas alegrias com ele. Que golaço o moleque fez, para deixar uma enorme dúvida na cabeça do boçal Mano Menezes.

– O meio campo do São Paulo é nulo. Jadson é uma decepção. Não vale o dinheiro que foi investido por ele. Até o Maicon jogou melhor que o camisa 10 são paulino na noite de ontem.

– Uma pintura de Osvaldo. O atacante entrou muito bem no jogo e fez um golaço. É uma boa alternativa para o ataque são paulino. Não diria titular, mas um bom reserva e uma espécie de “talismã” para se colocar nas horas derradeiras.

– Cortez cai de produção a cada partida. Será que as atuações dele no fraco campeonato paulista foram só uma ilusão ou é só uma má fase?

– Rogério Ceni marcou mais um gol em sua carreira. Este verdadeiramente a favor, para desespero das mariquetes. Podem cornetar. Mais um para a caderneta do maior goleiro artilheiro da história do futebol. Chupem bem gostoso!

– Parabéns a direção são paulina pela ideia da arquibancada popular. O setor amarelo é o que mais encheu e o que mais agitou durante o jogo. Futebol é do povão. Sou contra os conceitos do futebol “moderno” pregados pela Fifa. Espero que a administração do clube mantenha essa inovação daqui para a frente. Depois de muitas besteiras um acerto finalmente.

USAIN BOLT, ELE É A LENDA

11/08/2012

Bolt: novo ouro e recode mundial

Usain Bolt.

Bicampeão olímpico dos 100 e 200 metros.

Campeão e recordista mundial dos 4 x 100 masculino hoje.

A pergunta que se faz é quem poderá parar o “raio” Bolt?

A resposta, ninguém.

Essa foi a Olimpíada de Usain Bolt e da Jamaica no atletismo. A “trinca” dos atletas da terra de Bob Marley nos 200 metros foi a vitória de um trabalho espetacular. O ouro dos 4 x 100 foi o bônus.

A prova definitiva de muitos países, apesar de terem um PIB bem menor que o Brasil levam o esporte em geral muito mais a sério.

BICAMPEÃS : UMA HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO

11/08/2012

as meninas recebem o ouro: uma história de superação

As meninas do vólei superaram todas as dificuldades na preparação olímpica e na primeira fase do torneio e se tornaram bicampeãs.

Pela primeira vez na história olímpica um time coletivo brasileiro conquista a medalha de ouro por duas vezes consecutivas.

José Roberto Guimarães se torna tricampeão como técnico com as somas do ouro masculino de Barcelona em 1992 e a conquista feminina de 2008. É o primeiro brasileiro a conseguir este feito.

Hoje contra as americanas o Brasil tomou um sufoco no primeiro set e perdeu feio por 25 a 11, mas no resto da partida as meninas não deram chances às estadunidenses em quadra. 25-17, 25-20 e 25-17.

Depois de uma fase de treinamento tensa, com cortes de atletas campeãs como Mari, a seleção foi a Londres com muita desconfiança por parte da torcida.

Zé Roberto: o primeiro tricampeão olímpico do Brasil

Com um estilo de jogo pouco empolgante as meninas foram alvo de críticas pesadas após 3 derrotas. Uma eliminação era evidente e quase certa. Mas as garotas brasucas se recuperaram nos dois últimos jogos da primeira fase e foram salvas pelo gongo graças a uma vitória dos Estados Unidos sobre a Turquia.

O jogo antológico contra a Rússia marcou a virada da campanha brasileira. A confiança dos velhos tempos voltou e as meninas deram mais uma medalha de ouro para o Brasil, a terceira nesses jogos.

Mais que uma conquista a campanha das meninas brasileiras foi um exemplo de força e superação.

Parabéns Jaqueline, Fabiana, Thaisa, Paula Pequeno, Fabi , Sheilla e Dani Lins.

Parabéns a José Roberto Guimarães e toda a sua comissão técnica.

Só mesmo as mulheres para trazer alegria ao esporte brasileiro.