A SUPREMACIA “ROJA”

by

Espanha 4 x 0 Itália

Casillas levanta a taça mais uma vez: a Espanha domina o futebol mundial

Diferente de apresentações nas quartas e nas oitavas de final, a Espanha mostrou todo o seu arsenal na finalíssima da Euro 2012 contra a Itália. A goleada de 4 x 0 sobre o bom time da Azzurra é a confirmação de uma grande geração e de um novo futebol do século XXI. A “Fúria” sobrou em campo hoje no estádio nacional de Kiev. Os primeiros vinte minutos foram preponderantes para que o terceiro título espanhol. A Itália na base da garra bem que tentou segurar o velho e conhecido toque de bola adversário, mas esbarrou nas boas defesas de Cassillas, o melhor goleiro do planeta da atualidade.

Após o entusiasmo inicial, a Espanha dominou completamente as ações do meio campo. Iniesta fez uma partida fundamental na cadência no controle de jogo. Mas ao invés de dar preferência a um certo preciosismo na hora do arremate final, a equipe de Vicente Del Bosque procurou as redes a cada chance oferecida pela retaguarda italiana. O gol de cabeça de David Silva, mostrou ao mundo que os espanhóis iriam levar a sério a luta pelo seu terceiro título da Euro.

Os jogadores italianos, ainda surpresos pelo tento adversário nem conseguiram reagir a tempo. Num passe magistral a la Playstation de Xavi, Jordi Alba fuzilou as redes de Buffon. A partir daquele momento o jogo tinha acabado. O segundo tempo só serviria para aumentar a frustração italiana. Cesare Prandelli fez todas as suas substituições possíveis, mas a contusão de Thiago Mota piorou o panorama da Azzurra.

Balotelli: a Itália não conseguiu jogar

Os espanhóis começaram a tocar a bola e mais dois gols surgiram naturalmente como numa pelada de final de semana. Foi uma lavada. Nem o mais pessimista italiano poderia prever que sua seleção perdesse de uma forma tão humilhante e desequilibrada. Foi a maior goleada em uma decisão de Eurocopa em todas a edições do torneio.

O futebol de hoje se destaca pela força física para a ocupação de espaços. Os espanhóis inauguraram uma nova maneira atuar no esporte. Joga à maneira do Futsal com passes precisos e deslocamentos sem bola de seus atletas. Se diminuirmos o campo do futebol de campo para o Futsal poderemos ver muitas semelhanças entre as duas modalidades quando a “Fúria” atua.

A Espanha não necessita provar mais nada a ninguém. Hoje ela é disparada a maior seleção do mundo atualmente  é a postulante a ser batida na Copa do Mundo de 2014. Preocupante que o Brasil ainda não tenha formado um time base e um “exoesqueleto” para futuramente  atuar de igual para igual contra um time entrosado, experiente e com grandes jogadores.

A supremacia do futebol atual pertence aos espanhóis. Real Madrid e Barcelona são os dois times mais badalados do planeta na atualidade. A Espanha é campeã mundial e a primeira seleção bicampeã consecutiva da Euro. Diferente do século passado quando tinha a alcunha de amarelona,  “la roja”  tem hoje uma geração vencedora que entra para a história do futebol mundial nesse novo centenário que se inicia.

Parabéns a “Fúria”que se iguala a Alemanha em número de títulos europeus de seleções. O mundo gira, times morrem e surgem novos conceitos e novas escolas. A Espanha é a mais nova formada no grupo de elite do futebol mundial. O esporte agradece.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: