O COLISEU DA DESGRAÇA

by

Estádio nacional de Brasília: elefante federal

Semana passada, o bicampeonato mundial da seleção brasileira completou 50 anos. Um título importante não só pela segunda estrela da camisa da seleção, mas também pela confirmação da era de ouro do futebol brasileiro.

A seleção canarinho não tinha Pelé machucado, mas tinha um certo Mané. O atacante do Botafogo fez de tudo um pouco nesse mundial. Gol de cabeça, de fora da área, dribles desconcertantes, enfim.. Garrincha foi um dos maiores responsáveis pela Copa do Mundo de 1962, junto com outros gênios como Didi, Vavá e Djalma Santos.

No entanto, apesar da data festiva, o governador do Distrito Federal, o petista e ex-ministro do esporte, Agnelo Queiroz vetou o nome do eterno camisa 7 da seleção à cara e faraônica Arena Nacional de Brasília para a Copa do Mundo de 2014.

Lembremos que o antigo estádio derrubado para a construção da nova aberração se chamava “Mané Garrincha”. Uma justa homenagem a um dos maiores jogadores da história da seleção brasileira. Mas o governador Queiroz não quer o antigo nome  no novo projeto em construção.

Sabe-se lá por quais motivos, pois vemos exemplos no mundo todo de estádio que foram derrubados e não mudaram de nome. Wembley é um deles.. Uma bobagem do tamanho da boçalidade do governador petista.

Mas talvez nem seja bom associar o nome de Garrincha em um projeto natimorto como o de Brasília. A arena é um delírio megalomaníaco realizado por razões políticas pois na capital federal, todos nós sabemos o futebol não tem força. O público dos times do Distrito Federal são irrisórios se comparados com outras capitais onde o esporte tem mais tradição e torcida.

Em Brasília, a maioria dos habitantes torcem para os times grandes do eixo Rio-São Paulo. Gama e Brasiliense, times de maior destaque do cenário do DF nos últimos anos não estão nem na Série B do campeonato brasileiro. Como esses clubes terão condições de elevar uma renda ao coliseu da desgraça nos próximos anos? Uma verdadeira piada.

Talvez nem seja bom associar o nome de Garrincha a uma palhaçada dessas. Deixem o nome como”Estádio Nacional de Brasília”. É uma bela homenagem a uma cidade conhecida por políticos corruptos. Um verdadeiro monumento a incompetência e a bandalheira.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: