O CAPÍTULO FINAL

by

 

O São Paulo Futebol Clube publicou hoje uma nota em seu site em que esclarece que o atacante Oscar  rescindiu o seu contrato com o tricolor mediante o pagamento de uma multa de 15 milhões de reais.

É o fim da novela Oscar que durou longos trinta meses e que se iniciou com a briga jurídica do agora atacante do Internacional, mais os jogadores Lucas Piazon e Diogo.

Ambos alegaram irregularidade em seus contratos e tentaram sair do São Paulo sem pagar uma multa indenizatória por quebra de contrato. Os três se deram mal.

Ao contrário do que muitos jornalistas de renome alegaram os “mimadinhos” de Cotia não eram escravos. Muito menos eram pobres coitados que recebiam um salário de merda com uma mariola de gratificação.

Os atletas foram aliciados por empresários inescrupulosos que visaram usar o clube do Morumbi como cobaia. Oscar e seus agentes apostaram alto que poderiam sair do Morumbi sem pagar a multa, mas mediante a insistência do São Paulo em discordar da decisão ridícula da primeira instância feito por uma juíza, a máscara caiu. Oscar não era um coitadinho. Ele saiu do clube por dinheiro como ele próprio afirmou ao juiz Caputo Bastos.

Os três rebeldes de Cotia deram um passo maior que a perna e no final deram um tiro no próprio pé. Não se escuta nenhuma notícia de destaque para o lateral Diogo e o tal Lucas Piazon. Foram negociados pelo São Paulo depois de perderem as suas opacas ações na justiça do trabalho e não se fala mais neles. Piazon foi negociado para o Chelsea e ainda não explodiu no time de Roman Abramovich. Diogo está no Anderlech no “poderoso” futebol belga. Ambição demais mata e dissolve carreiras também.

Oscar, a nova escrava Isaura fake do futebol brasileiro teve que pagar a multa rescisória no final das contas. Não adiantou nada posar de injustiçado. As  leis do trabalho no Brasil não podem ser mudadas de uma hora para outra e servir os famigerados agentes de jogadores que buscam atalhos em brechas jurídicas. Foi o que eles acreditaram e no final ambos tiveram que matar o escorpião do bolso e soltar a graninha para a presidência são paulina.

Mais que uma vitória do São Paulo, a rescisão de Oscar representa um triunfo do futebol brasileiro. Agora os clubes terão  a segurança necessária para manter e formar seus atletas e os empresários vão pensar duas vezes antes de convencer os seus pupilos a fomentar saídas forçadas sem justificativa.

Parabéns ao São Paulo Futebol Clube pela insistência e luta. Apesar da falta de apoio dos outros clubes, entidades e de alguns membros da imprensa, o tricolor seguiu firme na batalha jurídica e conseguiu o seu objetivo. Uma das decisões mais importantes do futebol brasileiro nos últimos anos e que vai fazer o esporte crescer ainda mais.

No final, o futebol brasileiro venceu. Fim da novela.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: