PAULADA NA “CACILDAS”

by

Luis Fabiano comemora: cadê a crise?

Apesar de todas as últimas notícias negativas e polêmicas criadas por blogueiros e pseudo jornalistas mal intencionados, o São Paulo conseguiu se classificar para as semifinais da Copa do Brasil e vai enfrentar o bom time do Coritiba na próxima fase.

Se alguém dentro ou fora do Morumbi quis implantar  a tal “crise” com uma possível eliminação do São Paulo na competição, se deu mal. O tricolor esteve longe de jogar um bom futebol. Repetiu até alguns erros da “pane” contra o Botafogo pelo campeonato brasileiro, mas o time de Leão fez o dever de casa e arrancou em empate contra o fraco Goiás, que pela série B tomou uma sapecada do América do Rio Grande do Norte por 5 x 2 no último fim de semana.

Sim, acreditem. O São Paulo passou sufoco pelo fraco Goiás, que conseguiu marcar o seu gol ao fazer uma pressão monstro e ganhar o meio campo são paulino. Com a sonolência da meia cancha paulista, o time verde e branco não tardou a marcar o seu gol com Ricardo Goulart. Mas a alegria dos esmeraldinos que vestiam a bandeira de seu estado durou pouco. O são paulino Jadson fez uma boa jogada na entrada da área e empatou num belo petardo. Golaço.

Com a bola no fundo de suas redes, o time da casa recebeu uma ducha de água gelada. Com o critério de gol fora, o Goiás teria que marcar mais três gols, já que perdeu por 2 x 0 na primeira partida no Morumbi. A partir daí o jogo virou um mero amistoso. O São Paulo apesar de seus erros se tranquilizou e a vontade dos goianos esmoreceu. O tricolor bandeirante atuou com tranquilidade e até fez mais um gol com Bruno Cortez, o primeiro dele com a camisa são paulina e despachou de vez qualquer chance do time da casa eliminá-lo. Nem o tento de falta do lateral Egídio tomado numa desviada da barreira ameaçou a classificação são paulina.

A tal chamada “crise” tão decantada em prosa e verso pelos veículos de comunicação ainda não aconteceu. Talvez seja um mero alarme falso. Cuca? Continua no Atlético Mineiro. Inclusive ele foi campeão estadual há poucas semanas e não se tem notícias que o Alexandre Kalil o tenha demitido.

Dunga? Ao que parece o ex-técnico da seleção brasileira quer recomeçar a sua carreira na Europa. Mais precisamente na Fiorentina. E o São Paulo? Vai muito bem obrigado. Semifinalista nas duas competições que disputou até agora. Ou seja, o tricolor ficou no mínimo entre os quatro primeiros. Para super clubes com elencos biliardários como Barcelona e Real Madrid pode não ser muito, mas para um time em formação como o São Paulo é uma ótima notícia.

Erros aconteceram. O time está ainda longe de seu potencial, mas dá para melhorar e muito sem zunido no ouvido ou boatos implantados. Claro que a responsabilidade dessa “crise” não é de 100% da imprensa. Juvenal Juvêncio, Leco e Adalberto Batista fazem uma força danada para que os urubus de plantão do jornalismo façam a festa, mas o pessoal exagerou no teclado com as boatarias nessa semana. Isso foi notório. Só não enxerga quem não quer.

No entanto não é jornalista que entra em campo ou chuta uma bola. Muito menos arma um esquema tático. O São Paulo não ligou para as “Cacildas” de aluguel e seguiu em frente para o bem do futebol.

Agora o tricolor enfrenta o Coritiba, tricampeão paranaense e vice campeão da Copa do Brasil no ano passado. Um time consistente treinado pelo bom técnico Marcelo Oliveira. Uma pedreira que pode atrapalhar o São Paulo na busca do título inédito de campeão da Copa do Brasil.

Quanto as “Cacildas”… Bem….

Ficaram chupando o dedo.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: