CRISE VIRTUAL PRÉ-FABRICADA

by

A quem interessa especular sobre a demissão de Leão?

Embaixo dos gols dos craques e da alegria das torcidas do futebol brasileiro se escondem os vermes apodrecidos dos bastidores. As últimas especulações sobre a possível demissão do técnico Leão que pipocam na internet, rádios e televisão são um exemplo de como o jornalismo pode ser usado para prejudicar algumas pessoas e favorecer outras escondidas sobre o manto constituicional da “fonte”.

A pergunta que se faz é a seguinte. Por que as notícias sobre a possível demissão de Leão apareceram na mídia justamente na véspera do São Paulo FC decidir uma vaga na semifinal da Copa do Brasil contra o Goiás?

A quem interessa uma notícia dessas? Isso favorecerá alguém? Existe algum “X-9” nos bastidores do tricolor interessado em plantar notícias? Por que Juvenal Juvêncio não foi consultado pela imprensa sobre o fato já que o mesmo é quem dá a canetada no final ?

Estranho, muito estranho. A direção do São Paulo FC se especializou nos últimos anos a fazer trapalhadas homéricas. A última foi o caso Paulo Miranda. O zagueiro como foi provado no último domingo nunca será um Domingos da Guia ou até mesmo um mero Júnior Baiano, mas os fatos que culminaram nas discussões sobre a permanência de Leão provaram que a direção são paulina apostou num caminho errado e nebuloso.

A especulação sobre a demissão do atual treinador são paulino às vésperas de uma partida decisiva é uma verdadeira piada de mau gosto. Essa espécie de “pressão virtual” causada sabe-se lá por onde e porque não favorecerá o tricolor em nenhuma hipótese.

Afinal onde está a tal “crise”? Há cerca de um mês, o São Paulo fazia uma boa campanha no campeonato paulista e ficou invicto doze jogos igualando inclusive um recorde do próprio clube. A derrota para o campeão da América na semifinal do estadual foi normal. Erros individuais aconteceram? Sim, mas cabe à diretoria trazer reforços nas posições de carência. Buscar um “culpado” é demonstrar amadorismo, ignorância e pouco conhecimento de futebol.

Imagine os jogadores são paulinos pensarem que seu treinador não vai mais comandar o time no meio do campo do Serra Dourada. Com que cabeça os jogadores vão entrar no gramado com todo esse zunido midiático? Isso é uma aberração.

Se os dirigentes são paulinos forem um pouco inteligentes eles mesmos irão consertar a imensa cagada que fizeram e acabar com todo esse bombardeio desnecessário da mídia. Apoiar o treinador e prestigiá-lo nesse momento é fundamental. Se Juvenal não se manifestar a situação irá ficar bem clara pois “quem cala consente”. Um enorme atestado de “jumentisse”.

Há anos o São Paulo não disputa uma semifinal da Copa do Brasil. Desde que a falta de Geovani entrou nas redes de Rogério Ceni em 2000 o grito de campeão está entalado na garganta de cada são paulino. Está na hora de faturar esse título inédito e não realizar guerrinha de bastidores e nem pressão velada. Demitir mais um treinador não vai resolver os problemas do time do Morumbi.

Ao torcedor muito cuidado com o que lê por aí. Algumas notícias cheiram muito mal e me parecem direcionadas. A pergunta feita no início continua. A quem interessa a divulgação dessa crise virtual pré-fabricada no Morumbi?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: