SEGURANÇA NACIONAL

by

A violência dos marginais organizados que se autodenominam torcedores é um grande fator de preocupação no país que vai sediar a próxima Copa do Mundo. A segurança deveria ser um dos primeiro assuntos a preocupar os Congressistas, mas os políticos e a mídia priorizaram a liberação ou não de bebidas alcoólicas durante o mundial.

Segundo o diário Lance, o Brasil é o país com mais mortes ligadas ao futebol, mais de 150 desde 1988. As notícias sobre o assassinado de dois torcedores palmeirenses correram o mundo e serão o tema de uma reportagem da televisão inglesa BBC. A selvageria dos bandidos travestidos de torcedores atravessou o continente. Uma vergonha para o governo brasileiro.

Mas o pior de tudo isso é ver e escutar bobagens da boca de cartolas e promotores políticos, o que mostra o imenso despreparo desse pessoal em relação a um assunto tão complexo. Patricia Amorim e Maurício Assumpção, respectivamente presidentes de Flamengo e Botafogo  criticaram os dirigentes da Federação Paulista de Futebol. Amorim chegou a afirmar que o ato extremo que ocorreu em São Paulo nunca aconteceu no Rio.

Foi uma fala oportunista. Patrícia é uma brincalhona. Talvez ela tenha vivido isolada do mundo nos últimos anos e não saiba o que aconteceu na sua cidade. Como podemos ver nas imagens abaixo, briga entre torcedores não é um privilégio dos asfaltos paulistas. Já ocorreram emboscadas entre torcedores até no Centro do Rio de Janeiro. O problema da violência é nacional.

 

 

 

Em Minas Gerais, sete bandidos da Galoucura irão a júri popular pelo homicídio de um torcedor cruzeirense. Nesse final de semana testemunhamos a invasão  de torcedores de Grêmio e Pelotas no estádio Boca do Lobo pela campeonato gaúcho. Alguns marginais  foram presos, mas dificilmente eles irão permanecer na cadeia. No máximo assinam um termo circustanciado e saem pela porta da frente da delegacia.  Em Curitiba as brigas contantes entre torcedores do Atlético e Coritiba são uma constante preocupação para a polícia paranaense. Quem não se lembra da quebradeira insana no Couto Pereira causada por facínoras da Império Alviverde após o rebaixamento do Coxa no brasileiro de 2009?

Até mesmo no Nordeste, uma região onde as torcidas eram mais tolerantes já ocorrem conflitos. Em Pernambuco e Salvador a violência é crescente.

A frase de Patrícia Amorim revela o quanto os cartolas do futebol brasileiro estão alienados na questão da segurança nos estádios. Deveriam se preocupar pois é ela que afasta o público consumidor dos campos e dá prejuízo aos clubes. Mas não, ela prefere alfinetar os dirigentes paulistas para fazer política barata.

Ontem no CQC o promotor e agora deputado estadual Fernando Capez foi entrevistado para dar a sua opinião sobre os conflitos de domingo retrasado. A solução que ele deu no caso foi uma verdadeira piada. Numerar os assentos nos estádios foi uma delas. A briga ocorreu a vários quilômetros do Pacaembu. Melhor seria colocar cadeiras na Avenida Inajar de Souza onde ocorreu o quebra pau. A numeração é uma resolução apenas paliativa. O que vai acabar com a violência é prender marginais. O resto é papo furado. Mas existem promotores que tem a pretensão de virarem políticos e por causa disso aliviam com os pseudo torcedores que também são eleitores. Não dá pra prender senão não tem voto.

Se por acaso as seleções de Israel, Estados Unidos e Inglaterra se classificarem para a Copa do Mundo é melhor trazerem com eles um grande aparato de segurança. Não dá para confiar na policia brasileira e na justiça que trata um assassino como moleque travesso. Se até uma facção criminosa parou São Paulo, imagine a festa de fogos que a Al Qaeda, os hooligans e os barrar bravas vão promover por aqui. Com a grande “preocupação” de nossos congressistas com a segurança, a Copa do Mundo será uma festa. Dos marginais é claro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: