O TEMPO: ESTE SENHOR…

by

Algumas frases e chavões são bem conhecidos por todos nós. Uma delas, bastante difundida é que o “tempo é o senhor da razão”.

Por mais que ela soe repetitiva não podemos desmerecê-la. Há exemplos aos milhares ao longo de nossa história.

Curiosamente ao folhear o Jornal Lance no dia 8 de Dezembro de 2008 ( um dia depois do Hexa Brasileiro do São Paulo) reli a reportagem abaixo.

Alguns torcedores e periodistas insistem em taxar o São Paulo Futebol Clube como uma instituição arrogante e que briga com a Federação Paulista de Futebol  e a CBF por puro capricho.

Um ledo engano. Como podemos ver na reportagem abaixo podemos perceber que o tricolor paulista é menos responsável pelas barbaridades cometidas pelos dirigentes nefastos do futebol brasileiro.

Leiam,  releiam e tirem a suas próprias conclusões.

LAMBANÇA DA FPF?

Crise teria origem em ingressos para show da Madonna e briga por estádio da Copa.

Núcleo Futebol Paulista

Uma lambança provocada pela Federação Paulista de Futebol, relacionada com ingressos de cortesia para o show da Madonna no Morumbi e a rixa envolvendo o estádio paulista para a Copa de 2014, teria provocado a crise que levou a CBF a suspeitar de manipulação de resultado no jogo Goiás x São Paulo.

Segundo uma versão apurada pelo LANCE, a FPF solicitou ao São Paulo ingressos para shows da Madonna, que acontecem este mês no Morumbi. O clube enviou os ingressos, como costuma fazer normalmente como cortesia. A partir daí, o presidente da FPF, Marco Polo Del Nero, alimentou a intriga com a CBF, para abastecer a polêmica sobre qual estádio será usado em São Paulo na Copa de 2014.

A CBF teria sido notificada de que algo estranho estava acorrendo. Ou seja, uma suposta tentativa de suborno ao árbitro Wagner Tardelli, sorteado para o jogo Goiás x São Paulo. Segundo essa versão, alguns ingressos da Madonna seriam para o árbitro Tardelli.

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, após consulta ao assessor de imprensa, Rodrigo Paiva, resolveu então evitar que qualquer suspeita recaísse sobre a CBF e determinou um novo sorteio de árbitros, realizado no sábado.

Del Nero é inimigo declarado da diretoria do São Paulo e defende um novo estádio na cidade para a Copa-2014. A própria FPF já tem um projeto de estádio. Del Nero também defende a construção de um estádio para o Corinthians. Além disso, ele é conselheiro do Palmeiras, clube que está reformando o seu estádio e também quer ser sede da Copa. A CBF também prefere não usar o Morumbi.

Outra crise envolve Del Nero e seu vice Reinaldo Carneiro Bastos. O  vice estaria apoiando a campanha do São Paulo para que o Morumbi seja utilizado na Copa. Foi ele quem pediu os ingressos da Madonna, segundo o São Paulo.

MP: denúncia partiu da FPF

Segundo o Ministério Público(MP), a denúncia sobre a suposta tentativa de manipulação da arbitragem partiu da Federação Paulista de Futebol (FPF).

Em nota oficial publicada em seu site, o MP diz que o presidente da FPF, Marco Polo Del Nero, procurou na sexta-feira o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco).

Del Nero sugeriu uma investigação relativa ao jogo Goiás x São Paulo. O presidente da FPF foi então orientado a avisar a Comissão Nacional de Arbitragem (Conaf), da CBF, sobre a suspeita.

O Gaeco apurou em 2005 a chamada Máfia do Apito, esquema de corrupção de árbitros que beneficiaria apostadores de loterias clandestinas na internet. O MP informou ainda que não está atuando nesse novo caso.

Tricolor assume ingressos à FPF e fala em rompimento

O São Paulo confirmou que ingressos para o show a Madona, este mês, no Morumbi, foram mandados para a Federação Paulista de Futebol (FPF). Mas nega que os bilhetes deveriam chegar ao árbitro Wagner Tardelli.

– Temos elementos que destroem supostas versões. Mandamos os ingressos para a FPF em um envelope bem antes do sorteio do juiz, para o Reinaldo (Carneiro Bastos), para os filhos dele- disse o diretor de futebol João Paulo de Jesus Lopes.

Os diretores do Tricolor condenaram a forma como a FPF tratou a suposta manipulação do juiz nessa rodada final. Eles queriam ser informados do problema antes do Ministério Público (MP) , e prometem cortar relações com a entidade.

Acreditam, embora não assuma publicamente, que o Nacional está em xeque independentemente de uma prova relativa a suborno.

Em entrevista para a Rádio Jovem Pan de São Paulo, o vice-presidente de futebol, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco foi incisivo:

– Sabemos que isso partiu do presidente da Federação Paulista de Futebol, com quem iremos romper. O São Paulo quer apuração total e absoluta de tudo o que foi falado.

O presidente da FPF, Marco Polo Del Nero, e seu vice Reinaldo Bastos não se manifestaram. Um comunicado da FPF teria sido enviado ao São Paulo, com um suposto pedido de desculpas ou esclarecimento. Mas nenhum dirigente do clube confirmou o recebimento.

Diretor pede demissão e cita até a Traffic

Ataíde Gil Guerreiro se demitiu da vice-presidência da FPF em pleno gramado do Bezerrão, no Gama (DF). Ele é também vice-presidente de Comunicações do São Paulo.

– O Marco Polo Del Nero não podia agir assim. Temos o caso do gás, que não foi dada uma solução pelo delegado responsável, que é palmeirense e praticamente largou a história. Além disso o pessoal da Traffic tem muita amizade com o presidente da FPF. É um absurdo, não posso continuar – reclamou.

Na semifinal do Paulistão, um gás não identificado foi lançado no vestiário do São Paulo, que perdeu o jogo e a vaga na final.

O delegado Mauro Marcelo, citado por Ataíde, é conselheiro do Palmeiras. Ele, embora tenha um suspeito na Mancha Alviverde, não apontou o responsável pelo crime.

O presidente da Federação Paulista, Marco Polo Del Nero, é conselheiro do Palmeiras.

Não gosto da Madonna

O árbitro Wagner Tardelli, substituído no jogo no Gama,  voltou a falar ontem sobre o caso, até mesmo levando para o humor.

-Eu nem gosto da Madonna. Sou mais Waldick Soriano  e Nelson Ned – disse o árbitro, sobre os supostos ingressos do Sampa.

3 anos depois  

– Marco Polo Del Nero foi suspenso pelo STJD  por 90 dias do cargo da presidência da FPF e condenado a pagar uma multa de 10 mil reais por queixa infundada. A suspensão do dirigente foi votada por unânimidade
– O Morumbi de fato foi excluído da Copa de 2014
– Um novo estádio em São Paulo está sendo construído para a Copa de 2014. O do Corinthians com dinheiro construído com 100% do erário público.
– O estádio do Morumbi tem recebido pressão de dirigentes da CBF e da FPF para não sediar jogos importantes como clássicos,  finais de campeonatos estaduais e Taça Libertadores da América. Fato até comentado por técnicos e jogadores de times adversários.
– O chamado “caso do gás” foi totalmente esquecido.

Já tirou a sua conclusão leitor? Eu já.

Me perdoem, mas se combater dirigentes desse tipo é ser arrogante eu também sou um dos maiores arrogantes e antipáticos que já pisaram na face da terra. Com muito orgulho.

De fato, o tempo é o senhor da razão.

Anúncios

12 Respostas to “O TEMPO: ESTE SENHOR…”

  1. Geraldo "JASON" Lina Says:

    Então Marcelo, é isso que eu vivo falando cara.
    Teria como não bater de frente com esse cidadão mentiroso ?
    Olha a confusão que ele aprontou !

    Tudo porque as nossas conquistas incomodaram demais este pais e principalmente os rivais locais.
    Imagina que de 2005 a 2008, o São Paulo ganhou 2 títulos internacionais importantíssimos, e 3 brasileiros consecutivos.
    Isso balançou a estrutura que estava sendo criada na época, com a Traffic investindo pesado no Palmeiras.
    A intenção deles era fazer a mesma coisa que a Parmalat fez nos anos 90, não conseguiram.

    O São Paulo fez muito bem ao romper com esse cara, e deve continuar longe da FPF até o fim do mandato dele, mesma coisa com a CBF. É uma convivência que o São Paulo deve evitar. Deixa pra quem tem afinidades como o mico de circo da marginal.

    NOI_X_

  2. Geraldo "JASON" Lina Says:

    Outra coisa.
    Lê isso aqui, do blog do Nassif, e me diz o que você acha.
    Me ocorreu uma coisa sobre posicionamento na blogosfera Tricolor.
    Quero ver se você vai matar a charada.

    http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/pratica-anticoncorrencial-garante-lucro-da-globo

  3. Marcelo Abdul Says:

    O São Paulo até agora tá convivendo muito bem sem eles. Por mais que eles façam força extra campo. Inclusive com funcionários da FPF de futebol furando pneus da diretoria são paulina, eles não podem evitar que o time conquiste títulos. O Projeto da Traffic com o Palmeiras como podemos observar foi um fracasso. Já havia dito antes inclusive a muitos palmeirenses no blog que a parceria não renderia o esperado, porque a empresa do J. Hawilla não tinha a mesma bala na agulha da multinacional italiana. A diferença econômica de ambas empresas é enorme. O São Paulo tá mais do que certo em não conviver com esse pessoal. Vejam só as notícias que pipocam sobre esses caras. Quanto mais o tricolor paulista estiver longe da sujeira, melhor.

  4. Marcelo Abdul Says:

    Bom. Quem foi que implodiu o clube dos 13 para tirar a Rede Record da jogada?

    Eles usam o mesmo tipo de prática suja de sempre. Monopolistas, são os barões do cartel da comunicação do Brasil.

    Foram aliados da ditadura, do Collor e agora do Ricardo Teixeira. Sempre belas companhias não?

  5. guina Says:

    Falta alguns “pequenos detajhes” para o trabalho do tempo ser perfeito
    Matou a pau Abdul, post sensacional! Meu medo é que o Marco Polo seja eterno.rsrsrs

    O SPFC deveria ter uma postura um poouco mais radical contra esses canalhas, mas é notório que tem muita gente “boa” dentro das trincheiras tricolores. Essa é a mais dolorida verdade!

  6. Marcelo Abdul Says:

    O Marco Polo não será eterno, assim como o Farah não durou.Mas até lá o que esse cidadão vai fazer? Preocupante… Acho que os clubes e a sociedade deve pensar em alternativas para se livrar desses cartolas caudilhos do poder. A postura do Sampa já é bastante radical dada a lambeção de saco dos dirigentes dos clubes, entre eles o Sanchez, o LAOR e Patricia Amorim. Ao invés deles se unirem em prol de seus times eles fazem justamente o contrário. Depois reclamam quando estão na merda e devendo salário pra jogador.

  7. Geraldo "JASON" Lina Says:

    Não Brimo, você não matou a charada.
    Me refiro a esta parte do texto:

    “CINCO A DEZ ANOS

    Mas reconhecem que é a Globo que dita as regras do mercado, como guardiã das agências e atuando institucionalmente junto aos anunciantes. Citam uma terceira “jabuticaba”: no Brasil, diferentemente dos EUA, a publicidade paga pela audiência passada, presumida, não pela audiência entregue, real.

    Como as outras redes apresentam maior oscilação no Ibope, o risco para as agências seria maior. Em suma, “ainda não dá para ficar sem a hegemonia da Globo”.

    Ambos, porém, concordam que o quadro atual está em vias de extinção –a exemplo do pesquisador Pita, que prevê em seu estudo que a pressão dos anunciantes, sobretudo dos grupos internacionais que estão entrando no país, “eliminará as barreiras em de cinco a dez anos”.

    Os dois publicitários já veem as mudanças e citam como evidência não a internet, mas a TV paga, que cresce “assustadoramente” sobre a TV aberta e só não tem ainda mensuração de audiência à altura, por parte do Ibope.

    Colaborou KEILA JIMENEZ”

    Te pergunto.
    Se você fosse um blogueiro, você hospedaria seu site em um servidor que faz parte da empresa que por diversas vezes ridicularizou seu clube de coração, com Orlandinhos, BBB’s e seus Di Cesar, Jô Soares e entrevistas sobre mascotes de times de futebol ? Não né ?
    Então, esta é a razão pela qual um deles mantém um blog ali. Leia e entenderá.
    Abraços

  8. Geraldo "JASON" Lina Says:

    Me expressei mal, quis dizer “se você fosse ter um blog, você hospedaria seu site …”
    Foi mal.

  9. Rivelino Santos Says:

    O tempo esclarece muitas coisas, e sem nenhuma dúvida esclarece muitas dúvidas.
    Dúvidas que no momento de nossa vida nós temos, mas com o passar do tempo, elas são esclarecidas.
    Mas o tempo continua o mesmo para muitos dirigentes do futebol brasileiro. Muitos tem atitudes que só foram tomadas em décadas passadas, mas eles continuam praticando nos tempos de hoje.
    O tempo resolve a maioria dos nossos problemas.
    Tem novidades no blog de Rivelino.
    AMARILDO.
    MERCADO DA BOLA.
    A VITÓRIA DA SIMPLICIDADE.
    MÁFIA DO APITO.
    http://www.rivelinosantos.wordpress.com
    E-mail rivelino.futebol@hotmail.com
    Muito obrigado e que o nosso bondoso DEUS abençoe a todos.

  10. Marcelo Abdul Says:

    Ah Ah Ah! Tá complicado matar a charada. Eu até poderia fazer parte, mas meteria o pau na minha própria emissora por causa dos Orlandinhos e do autor infeliz que escreveu aquela cena da novela. Não é porque eu trabalho na Globo, que eu tenho que ser obrigado a aliviar as criticas contra o Ricardo Teixeira. Qualquer coisa fora disso não considero jornalismo. Uma coisa é você fazer parte de uma indústria de entretenimento.Se o jornalista quiser fazer o papel de bobo da corte o problema é dele. Pra mim jornalismo é outra coisa. De vez em quando ela faz uma ou outra reportagem interessante, mas na maioria do tempo ela faz o povo crer na ideologia do “pão e circo”.

  11. Marcelo Abdul Says:

    Beleza Lina. Eu entendi. A resposta é até que sim, se me dessem a liberdade para escrever o que eu penso, inclusive metendo o pau no Sanchez, Teixeiras e em outros “protegidos” da emissora. Com certeza eu não iria durar um mês lá. A tradição da emissora em apoiar ditadores vem de longa data.

  12. Marcelo Abdul Says:

    O tempo revelou quem são os cartolas fascínoras do futebol brasileiro. Vou dar uma passada no seu blog. Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: