PASSEIO EM YOKOHAMA

by

Messi: goleada tranquila

Nenhum fã ou jornalista tinha uma grande expectativa sobre o jogo entre Barcelona e Al Sadd do Catar. A partir do apito inicial do árbitro Joel Aguilar todas as previsões se confirmaram. Mesmo com jogadores reservas na teoria o clube catalão impôs o seu estilo de jogo e não deu nenhuma chance ao campeão asíático. Foi um coletivo de luxo dada a tranquilidade que a equipe de Guardiola atuou, na maioria do tempo dentro do campo de defesa adversário.

A superioridade técnica foi estratosférica. O Al Sadd não ofereceu perigo nenhum a meta de Valdes. O goleiro catalão praticamente foi um mero espectador dentro de campo. A debilidade do time catariano ficou evidente ainda nos primeiros quinze minutos e logo após o primeiro gol do Barça. Uma falha bisonha do goleiro Mohamed que perdeu o domínio de bola dentro da pequena área e permitiu a abertura do placar para o time europeu. Um erro primário que até nas categorias de base de um clube é considerado inaceitável.

A partir do primeiro tento o resto do jogo foi um passeio. Os outros três gols sairam naturalmente e durante um bom tempo a partida provocou bocejos. O Barcelona deitou em berço esplêndido e não jogou nem 50% do que sabe. A fratura de David Villa e a contratura muscular do atacante chileno Alexis Sanchez foram os fatores negativos e que atrapalharam os planos do técnico Pep Guardiola para a final do Mundial contra o Santos.

Mais uma vez Europa e América do Sul farão a final do Mundial Interclubes. Depois de meio século, os dois continentes continuam ditando o predomínio do futebol mundial.

Anúncios

2 Respostas to “PASSEIO EM YOKOHAMA”

  1. guinablog Says:

    O Santos vai ganhar Abdul! O Barcelona ganha muito na confiança, mas o goleiro e a defesa são muito superestimados. Se o Neymar estiver minimanmente inspirado, o Santos vai fazer história como o São Paulo (em 1992) e Inter (2006) fizeram!
    O engraçado é que a Europa caga e anda (ó o Rick teixeira fazendo escola) pra essa competição. Tem de mudar o formato dessa competição urgentemente.

  2. Marcelo Abdul Says:

    Acho que tá meio a meio. O Santos é um bom time. Bem treinado e tem um craque que desequilibra. O Barcelona costuma ter dificuldades com os sul-americanos. Perdeu em 1992 e 2006 e suou sangue pra vencer do Estudiantes erm 2009. Vai ser um jogo parelho. Pra mim é clássico. Não há favorito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: