A COPA DA CORRUPÇÃO

by

Os canalhas se jactam. Os corruptos se regojizam. Os safados comemoram.

A Copa do Mundo do Brasil em 2014 será na verdade a Copa da CBF/Fifa. O torneio nunca teve a intenção de ser do “povo”. Os cartolas ensaboados de Zurique e do Rio de Janeiro transformaram o evento numa ode elitista, cafajeste e sem vergonha.

Joseff Blatter fez os antigos Faraós do Egito passarem vergonha com os gastos extravagantes de estádios inúteis na África do Sul e do Brasil. Arenas que serão demolidas no continente negro por absoluta falta de utilidade dos mesmos. O país de Nelson Mandela terá um enorme prejuízo e a Fifa contabiliza os dólares na sua conta depois do Mundial de 2010..

No Brasil a triste configuração da podridão continuará. Estádios caros em Manaus, Cuiabá e Brasília serão levantados em lugares onde seus times não tem tradição no futebol brasileiro. Um portentoso estádio fora de Recife, lar dos três maiores clubes de Pernambuco é um escárnio na cara da população brasileira. Povo que sofre nas filas de aeroportos, hospitais, escolas e creches. Que padece pela falta de médicos, professores e saneamento básico e de investimentos pesados em educação e no próprio desporto que não se resume a vergalhões e cimento, mas sim na formação de campeões e verdadeiros cidadãos que se afastam das drogas e dos crimes.

A Fifa fez com que a Copa virasse uma máquina de ganhar dinheiro com a anuência de governantes corruptos e covardes. A entidade esgota o erário desses países como alienígenas vampirescos sanguessugas para depois largá-los ao abismo em busca de novas e potenciais vítimas.

Prova maior foram as escandalosas escolhas da Rússia e do Catar como as próximas sedes da Copa do Mundo. Países que terão de fazer o “esquemão” da Fifa de construir novas e belas arenas. Imaginem o Catar, com seus estádios banhados a ouro em volta de lagos artificiais no meio do deserto. Um país com população menor do que a cidade de São Paulo e sem tradição no esporte. Uma escolha muito conveniente para a Fifa de hoje. Serão dez novas aberrações faraônicas. Nem mesmo Quéops nos seus dias mais gloriosos chegou perto da cafajestagem de Blatter.

Após a festa de 2014, a conta mais uma vez será do insonso povo brasileiro que terá o IPI, IPVA, IPTU e outros impostos aumentados nas suas alíquotas para pagar a farra dos nojentos cartolas de futebol. Mandatários como André Sanchez que terá toda a construção do estádio do Corinthians bancada pelos impostos dos brasileiros num dos maiores golpes que a cidade de São Paulo já viu: a construção de um “Pacaembu com grife” pela absurda quantia de 800 milhões de reais (fontes não oficiais dizem 1 bilhão). Por muito menos a Juventus de Turim demoliu o Delle Alpi e reconstruiu uma arena própria.

A comemoração de Alckmim e Kassab no anúncio de São Paulo como abertura do evento foi patética. A”vitória do povo paulista” não foi nada mais do que um abaixar de calças e uma submissão atroz e covarde à Ricardo Teixeira, um cartola denunciado várias vezes por evasão de divisas e corrupção. O Itaquerão é o exemplo máximo de como os governantes eleitos preferem usar a política pessoal e eleitoreira do que defender os reais interesses da população.

Outro fator preocupante foi a escolha curiosa de Ricardo Teixeira de fazer a seleção brasileira jogar praticamente em todas as sedes da Copa 2014 e usar o Maracanã apenas numa possível final. Um absurdo que a seleção brasileira não atue pelo menos em três partidas no estádio carioca somente para atender a interesses políticos do cartola.

Obrigar o time canarinho a fazer viagens quase continentais por várias sedes e desgastar os jogadores brasileiros por motivos pessoais revela muito bem a faceta e a cara de pau de Teixeira.

Mas não há de ser nada. Enquanto tivermos a rede Globo e seus bobos da corte a Copa do Mundo do Brasil será uma festa. Ninguém vai perceber nada até uma eliminação brasileira ou a festa do Hexa. O povo só vai acordar quando a conta chegar ao seu bolso. Nesse momento todos perceberão que o Mundial não foi da população e sim de uma pequena elite. Um grupelho pelo qual pertence a Fifa, CBF, cartolas e políticos brasileiros que esfregam as mãos ao ouvirem o tilintar da caixa registradora.

Portanto povo brasileiro comemore. Vibre bastante e torça muito pela seleção. Porque essa conta vai chegar até nós no final dessa palhaçada toda.

E ela será muito pesada.

Anúncios

4 Respostas to “A COPA DA CORRUPÇÃO”

  1. Geraldo "JASON" Lina Says:

    Abdul, o Paulinho fez um post sensacional sobre a copa 2014 e sobre o Itaquerão. Chute no saco da travecada alienada.

  2. guinablog Says:

    Abdul, essa festa do povo vai acabar quando um ente querido precisar usar um hospital público de qualidade! Não vai haver nenhum, pois o dinheiro foi usado pra construir estádio.

    Texto sensacional, parceiro!

  3. Marcelo Abdul Says:

    Valeu Guina. Acho que o paulistano já sente isso na pele. É só você entrar em qualquer AMA da prefeitura. O antedimento é uma piada e faltam profissionais qualificados. Os governantes precisam tomar um chá de cidadania. Ver o POVO em primeiro lugar e esquecer manobras políticas eleitoreiras. Se Kassab e Alckmim queriam ganahr mais votos com a construçãõ desse Fielzão,o efeito foi contrário. Aqui em casa ninguém votará mais neles. E muitos antigos eleitores que confiavam neles também não. Detalhe: a maioria dessas pessoas não gostam de futebol.

  4. Marcelo Abdul Says:

    Eu vi. Tenho restrições contra o Paulinho. Mas as vezes ele acerta a mão. Precisa melhorar muito ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: