DECLARAÇÃO DE HIPOCRISIA

by

Essa semana o burburinho geral que bombou na net e nas redes sociais foi a “explosão” do comentarista Renata Maurício Prado no programa Redação Sportv comandado por André Risek.

O motivo? A convocação de Ronaldinho Gaúcho para o amistoso do “combinado que veste uma camisa amarela” contra Gana. Um mero amistoso porta-níqueis arrumado pelo Ricardo Teixeira que obriga o “selecionado” jogar em Londres por força de contratos comerciais.

Fiquei estupefato. Não pela bronca do flamenguista Renato Maurício Prado, mas sim pela reação ao “esporro” dele. Muitos o acusaram de estar puxando para o lado do seu clube de coração e outros blogs pegaram o bastião da moralidade para darem falsas lições de ética, sem nem ter 10% da experiência de vida do comentarista global.

Vamos com calma. Dizer que jornalista esportivo deve ser 100% isento é promulgar uma declaração de hipocrisia. Todos torcem para um time. Afinal, foi a paixão deles por um clube que os conduziu ao jornalismo esportivo. Ou algum profissional veio do Badmington para comentar os devaneios do esporte preferido dos brasileiros?

A “explosão” de Renato se justifica. Primeiro, porque revela o atual estado putrefato do futebol brasileiro. Não no jogo em si, mas no seus bastidores. Fora dele, os clubes e os jogadores sempre aliviam as imensas cagadas do Sr. Ricardo Teixeira e da cartolagem em geral.

O problema maior não é o Renato Maurício Prado ser flamenguista, o Juca Kfouri ser corintiano ou o Vitor Birner torcer para o São Paulo. É a opinião pública escrachar um comentarista pela sua preferência clubística e se esquecer do contexto geral.

A CBF convocar os principais atletas dos clubes brasileiros para jogar amistosos vagabundos por força de um contrato no meio do principal campeonato da entidade é desvalorizar o seu próprio produto. A solução para isso é bem simples. NÃO HAVERÁ RODADA DO BRASILEIRO em datas Fifa e partidas do combinado verde e amarelo.

Mas Ricardo Teixeira decide manter a rodada e a partida vagabunda do combinado à véspera do principal jogo da rodada. Talvez o mais importante do campeonato sem os seus atletas principais.

Que gênio!

Que força de marketing ele está dando para um produto que deveria ser valorizado por ele, mas por causa de partidas de várzea em Londres, atira um dos mais disputados campeonatos brasileiros dos últimos anos na lata do lixo.

Depois alguns comentaristas e blogueiros pachecos perguntam porque os torcedores não apreciam mais a seleção brasileira. A resposta está nas ações dos próprios cartolas só conseguem enxergar o próprio rabo gordo.

Lamento que os presidentes de clubes tenham essa postura de subserviência getuliana ao presidente da CBF. Os cartolas do futebol brasileiro são fracos, covardes e totalmente submissos a um poder muquirana a retrógrado. Votam e reelegem um sujeito que os prejudicam quando faz a seleção atuar em um “desafio ao galo” com grife.

A gritaria foi tanta que a entidade se rendeu e mudou o dia e o horário do jogo. Mas, o remédio foi pior que a doença. A transferência da partida Corinthians x Flamengo para quinta vai fazer os clubes perderem dinheiro porque a transmissão será feita apenas em TV fechada. Lá se vai a exposição da marca, da camisa e dos patrocinadores para milhões de pessoas que certamente iriam sintonizar a TV numa partida desse nipe na rede aberta.

No final das contas a CBF não é aliada dos clubes do futebol brasileiro. É concorrente. A associação e o seu combinado perdem cada vez mais prestígio nessa queda de braço esquizofrênica com o  torcedor.

É só analisar futuramente a audiência do jogo contra Gana e o clássico Corinthians x Flamengo.

Você torcedor tem alguma dúvida qual jogo vai interessar mais?

Anúncios

4 Respostas to “DECLARAÇÃO DE HIPOCRISIA”

  1. guinablog Says:

    Abdul até entendo a idéia do seu post, mas ese senhor, Renato Mauricio Prado, é uma nulidade como comentarista esportivol. Não que ele não tenha razão, mas a parcialidade em seus comentários, não me deixa dúvidas de que ele é um dos “representantes oficiais” na mídia dos times de massa. Uma pergunta: Não era ele que fazia campanha para o Gaucho na seleção? Agora que foi convocado, quer o quê mais?

  2. Marcelo Abdul Says:

    Ele foi convocado na hora errada Guina. Num amistoso sem nenhuma importância só para atender a um contrato da CBF com os árabes lá em Londres. O Ronaldinho não pode ficar fora do jogo mais importante do Flamengo nesse segundo turno por isso. Mesma coisa digo sobre o Lucas que é convocado toda hora pra ficar na reserva, treina pouco e chega totalmente detonado no São Paulo. A crítica dele foi feita pelo coração mas também com uma bela razão. A CBF não pode prejudicar os clubes. Ou ela paraliza o campeonato em partidas da seleção ou não convova ninguém do Brasil.

  3. Geraldo "JASON" Lina Says:

    Sumemo.

  4. Marcelo Abdul Says:

    Brasil x Gana. Quem vai ver? Opa! Os manés não perdem por nada desse mundo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: