Archive for julho \30\UTC 2011

PROTESTE BRASILEIRO!

30/07/2011

 

 

 

 

CHUTA QUE É MACUMBA!

28/07/2011

Profético Pânico na TV.

Antes da morte de Amy Winehouse no sábado passado olha o vídeo que os caras fizeram anos atrás. Era o quadro “Momento Amy Winehouse”. Muito divertido pelas zoeiras e sacanagens providenciais. Mas o curioso é que Amy faleceu aos 27 anos. Mesma idade de Kurt Cobain, Janis Joplin e Jim Morrison. Agora olhem o vídeo dela no cemitério e para quem ela entrega as flores. Parece brincadeira, e é, mas o curioso é que ele foi feito ANOS ATRÁS.  Na época o estilista Ronaldo Ésper foi preso roubando vasos no cemitério e o programa não deixou por menos.

O roteirista que bolou o quadro deve ser um vidente. Eu hein? Chuta que é macumba!

ADEUS TWITTER!

28/07/2011

O Twitter surgiu como uma ferramenta que facilitaria a vida das pessoas devido ao seu poder de alcance não só nos computadores, mas em tablets, celulares e outros instrumentos de comunicação. Parecia que a democracia havia finalmente chegado à rede.

Mas as coisas não são bem assim…

O Twitter é uma empresa. Um instrumento corporativo e sujeito a interesses comerciais. Não tem nada de “democrático” nele.

Se a intenção era promulgar a pluralidade de ideias na rede a máscara acabou de cair ontem.

Ontem, o protesto com a tag #foraricardoteixeira foi parar na liderança dos trend topics mundias.

Mas de uma hora para outra, o hashtag sumiu.

O Twitter alegou que o programa detectou a mensagem como spam devido ao grande número de mensagens mandadas ao mesmo tempo.

Ok. A desculpinha no começo se tornou até razoável. Todos nós sabemos que o spam é chato e incômodo.

Mas aconteceu uma coisa que desmascarou a desculpa “anti-spam” do Twitter.

Cientes de que a empresa não aceitaria mais a hashtag #foraricardoteixeira foi substituída por outras como #caiforaricardoteixeira e #foraoficial.

No Brasil os trends topics apontavam a liderança e o sucesso da empreitada contra o senhor de engenho da CBF.

nos trends brasucas o protesto anti-Teixeira está na frente

Mas estranhamente a mensagem não aparecia nos trends mundiais.

Mas o curioso é que as mensagens sobre Vera Ficher, que mais uma vez foi internada numa clínica de reabilitação, apareceram logo abaixo nos tópicos brasileiros abaixo do protesto contra o Teixeira.

Agora vejam que curioso. Vera Ficher também aparece nos tópicos mundiais.

trends mundias: a Vera está lá, mas cadê o Ricardinho?

Agora vem a pergunta. Se nos trends brasileiros a Vera Ficher está abaixo do “fora teixeira” na parte brasuca porque ela está na frente do mesmo nos tópicos mundiais?

Curioso não? Ricardo Teixeira nem aparece. Se isso acontecesse estaria na liderança dos trends mundias e seria uma bomba para a imprensa esportiva mundial. Afinal um protesto dos internautas brasileiros contra o presidente do comitê organizador do mundial 2014 seria desagradável para Blatter e Valcke. Pessoas de grande estima como se viu nas reportagens da BBC.

Não quero parecer o louco da teoria da conspiração mas que tem caroço nesse angu isso tem. Afinal o Twitter é uma empresa como a Microsoft e a Apple. Tem vários interesses financeiros. Quer ganhar dinheiro e não propagar a democracia e a liberdade de expressão. No final é tudo “business”.

Particularmente falando sempre achei o Twitter um lixo. Afinal qual a finalidade de se usar um programa em que você pode soltar poucas frases e dar recadinhos do tipo “Fui até a padaria e comi um pão com manteiga”? Para mim isso não fazia o menor sentido.

O jornalista Fábio Sormani da Jovem Pan exemplificou bem o que é o Twitter. “É dar revolver para macaco”. Porque se isso acontece ele dá tiro pra todo lado e acaba ferido ou ferindo alguém. Claro, se você é obrigado a escrever frases curtas você inconscientemente é obrigado a criar impacto.

Sinceramente eu não preciso disso. Não quero que minhas frases saiam numa coletânea no “melhor do twitter” por aí. Vivi muito tempo sem ele e não me faz diferença nenhuma no dia a dia. Esse lance de escrita resumida e pedante não é comigo.

Portanto dei um chute na bunda da ferramenta. Não quero participar de uma coisa que claramente é uma farsa e não me agrada do ponto de vista linguístico.

##adeustwitter

##atenuncamais

O MAIOR MESTRE

26/07/2011

No dia de hoje,  Telê Santana faria oitenta anos. Infelizmente o maior técnico que eu já vi em minha vida não está mais entre nós. Sempre fui fã se seu trabalho até nos momentos mais difíceis de sua carreira no começo dos anos oitenta. Apesar da fama de “pé-frio” todos os times treinados por ele jogavam o mais puro futebol brasileiro.

O Palmeiras de 1979, a seleção brasileira de 1982, o Atlético Mineiro de 1987 foram equipes que não ganharam títulos mas estão na boca de muitos torcedores até hoje. Mas Telê sempre foi um vencedor em sua vida. Desde os tempos em que deixou a pequena cidade mineira de Itabirito para figurar entre os maiores jogadores da história do Fluminense. Quando iniciou a sua carreira de treinador já venceu um campeonato carioca com o time do coração em 1969. Em 1971 levou o Atlético Mineiro ao seu primeiro (e até agora único) título nacional. Em 1977 é lembrado com carinho pelos gremistas pelo título gaúcho que quebrou a hegemonia quase imbatível do Internacional.

Chamado como técnico da seleção brasileira em 1982, Telê não conseguiu vencer a Copa da Espanha mas passados quase trinta anos o seu time ainda é lembrado com carinho pelos torcedores brasileiros. Coisa que nem mesmo a seleção tetracampeã do mundo de 1994 conseguiu. Por que?

Talvez a resposta esteja abaixo.

Escola brasileira pura. Que anda ultimamente em baixa pelos Manos e Muricys  que contaminaram o futebol nacional com seu estilo brucutu e insensível.

Quando Telê voltou ao São Paulo em 1990 fiquei feliz de ver o meu treinador favorito comandar o meu time de coração.

O resto todos nós são paulinos sabemos. Telê comandou o maior esquadrão da história do clube e se tornou o maior técnico do time do Morumbi até hoje. Dois mundiais, duas Libertadores, um brasileiro, dois paulistas e muitos títulos internacionais. Foi o melhor momento da história do tricolor paulista.

Por isso até hoje, o mestre é lembrado carinhosamente pela torcida são paulina, que grita o seu nome a cada título conquistado como uma forma de agradecimento eterno.

Ele representava o verdadeiro futebol brasileiro em todo o seu esplendor. Disciplina mortífera, passes certeiros, ética, postura ofensiva, dedicação e alma.

Quem dera tivéssemos mais Telês em nosso futebol.

Não só o esporte, mas o mundo seria um lugar melhor.

MEGATWITAÇO #FORARICARDOTEIXEIRA

26/07/2011

A galera que frequenta o blog deve estar cansada de saber da mobilização virtual contra o presidente da CBF. Mas não custa lembrar. A partir da meia noite desta quarta-feira vamos colocar a hashtag #FORARICARDOTEIXEIRA  até a meia noite do dia seguinte. Vamos bombar até a madrugada do dia seguinte e mostrar que o Brasil está cansado das atitudes  imorais do cartola.  Todos sabem o que eu penso sobre protestos virtuais.  Para mim o que funciona é galera na rua fazendo panelaço e tudo mais. Mas a força das redes sociais é uma realidade que não pode ser ignorada.

Divulguem

http://foraricardoteixeira.com.br/megatwittaco

http://www.facebook.com/pages/ForaRicardoTeixeira/207296682649447

RESUMO DA ÓPERA 26/06/2011

26/07/2011

Jogo Hipócrita – O ex-candidato a presidência da Fifa, Mohamed Bin Hammam foi banido do futebol. A justificativa é que o catariano subornou delegados da Fifa para favorecer a escolha de seu país como sede da Copa do Mundo de 2022.

A pergunta é a seguinte: já que se soube que a escolha do Catar como sede não foi da maneira mais nobre porque a Fifa insiste em ter a Copa por lá? Estranho. Para não dizer patético. Parece mais uma vingança pessoal de Blatter do que uma mera faxina na entidade. Por que o ex-genro de João Havelange não teve o mesmo tipo de tratamento? Santa hipocrisia!

O Imbecil Norueguês – Um novo tipo de ameaça paira sobre a Europa: o terrorismo de extrema direita. Quando se pensava que os ataques na Noruega tinham sido planejados por grupos muçulmanos eis que a polícia prende um mané cristão conservador de ultra direita. As justificativas do imbecil para o massacre incluem até racionalizações pouco ortodoxas ao Brasil, pois para ele a miscigenação de raças é um problema.

O problema caro troglodita é existir vermes como você no mundo. Racistas, assassinos que acham que seus ideais podem ser resolvidos na base da bala. O cidadão rejeita a pluralidade étnica do Brasil, mas no auge de sua insanidade matou os próprios compatriotas loiros de olhos azuis. Agora que mofa e apodreça na cadeia sacripanta.

Agressão Covarde – E falando em troglodita a voadora do goleiro do Sport no garoto Elivelton pela Taça Belo Horizonte foi de uma covardia surreal. O arqueiro do time pernambucano deveria sair do campo direto para a delegacia. Aquilo foi tentativa de homicídio. Felizmente o atleta do Vasco vai se recuperar e o moleque “valentão” foi demitido do Sport. Nem poderia ter sido de outra maneira. Nem em briga de rua se comete uma atrocidade tão medonha.

O Tiro Errado de Muricy – O técnico do Santos é um cara muito engraçado. Quando a CBF adiou novecentos jogos do Santos pelo campeonato brasileiro ele não reclamou. Agora que Mano convoca novamente Ganso e Neymar para o amistoso contra Alemanha ele faz biquinho. Muricy está dando tiro pro lado errado. Ele deveria sim criticar o calendário da CBF que não paralisa as rodadas do campeonato brasileiro em datas Fifa. Todos os países do mundo fazem isso. Porque o Brasil não repete ? Ah! Quem faz a tabela é a CBF. Tá explicado.

Festa em Montevideu – Os torcedores uruguaios fizeram uma festa imensa que varou a madrugada da capital uruguaia depois da conquista da Copa América pela celeste. Veja bem caros amigos: Copa América. Aqui no Brasil não teríamos esse tipo de festa de jeito nenhum. Depois são os argentinos que tem complexo de superioridade.

Virada à Brasileira – Não tenho o menor apreço por Julio Grondona, presidente da AFA. O dirigente está no poder da entidade desde 1982, ou seja, há mais tempo que Ricardo Teixeira. Os cartolas argentinos aprenderam muito bem as mutretas brasileiras do passado. O campeonato argentino da temporada 2012/2013 terá  QUARENTA CLUBES na primeira divisão.  Uma clara mudança de regra para beneficiar o River Plate que foi rebaixado para a série B do futebol platense.  Uma “virada de mesa” vergonhosa e que só piora o estado de putrefação do futebol argentino.

Não adianta nada beneficiar o River se o clube está em crise adminstrativa. O correto seria Passarela pegar os cacos e consertar a situação do seu clube que está em frangalhos. A virada de mesa só piora moralmente a vergonhosa situação dos “milionarios”. Disputar a segunda divisão seria mais digno e honroso. Grandes clubes como Milan, Juventus, Vasco, Corinthians, e Atlético Mineiro já passaram por isso e voltaram pela porta da frente. Mas o futebol argentino ultimamente anda para trás a passos largos. O resultado é notório. A seleção é uma porcaria e os clubes estão pedindo esmola.  Pensa que é só o Brasil que tem dirigentes ruins?

QUANDO SENTI VERGONHA DE SER BRASILEIRO

25/07/2011

SONHO COM UM BRASIL ONDE EU NÃO SINTA CULPA POR PODER ALIMENTAR A MINHA FILHA. SONHO COM UM PAÍS QUE CONSIGA SER REALMENTE NAÇÃO E QUE NÃO FAÇA DOS SEUS FILHOS SUAS MAIORES VÍTIMAS.

De Khalil Gibran

 

Fortaleza-CE, 22 de julho de 2011, caminhava eu tranquilo numa das mais movimentadas avenidas da cidade, a 13 de maio, quando me deparei com uma cena que mudaria os rumos da minha tarde.

A cena que presenciei era, de certa forma, já bastante comum nas grandes cidades brasileiras, porém, algo naquele instante me tocou de forma diferente.

O semáforo fechou e dei os primeiros passos para cruzar a faixa de pedestres quando avistei uma garotinha, não mais que 05 (cinco) anos de idade, encostando o rosto nos vidros dos carros que paravam no sinal, na tentativa de enxergar quem estava ao volante e, quem sabe, comover com o olhar os proprietários dos luxuosos veículos.

Tinha o cabelo na altura do ombro, pisava o asfalto com os pés descalços, estava sem camisa e usava um calção sujo e rasgado.

Aquela menina não tinha comida, escola, brincadeiras, sonhos, pai, mãe, lar, saúde… ela não tinha nada!

Lembrei da minha Sophia de 03 (três) anos de idade que estava em casa, bem alimentada, bem vestida, com um teto, escola, saúde, amor e uma mãe maravilhosa. Continuei atravessando a rua.

A menininha chegou ao segundo carro, que seguindo o exemplo do primeiro, não baixou o vidro. E os telejornais noticiavam o nervosismo do mercado financeiro. Caminhou então ao terceiro carro e o governo brasileiro contava suas vitórias de ser uma das maiores economias do mundo. Correu ao quarto carro, alguém lhe deu uma moeda, e mais uma vez se concretizava bem ali, na frente dos meus olhos, um país miserável.

O sinal abriu, continuei caminhando na avenida enquanto minhas lágrimas iam deslizando pelo rosto. Tentei esconder o choro com os óculos escuros, mas não consegui esconder a vergonha que senti de ser brasileiro.

Pensei até que ponto eu também era culpado pelo que havia visto, pensei em muitas coisas que nem saberia explicar. Mas tem algo que não consigo parar de pensar: aquela brasileirinha, linda e abandonada, não foi abandonada somente pelos pais, foi abandonada pela nação.

A inocência arrancada, os sonhos impossíveis de serem sonhados, os dias sem nenhum sabor de esperança.

Enquanto isso, políticos brasileiros continuam a roubar o dinheiro do povo, negociar obras e projetos em troca de apoio, usar e abusar do poder e dos privilégios que eles mesmos se concedem.

Leitores queridos, pouco me importa a bipolaridade da doente política nacional! Não me interessa o PT ou o PSDB, ou sei lá qual o partido. É tudo uma grande piada sem graça. No fim das contas, gente mesquinha correndo atrás de prestígio, dinheiro dos outros e poder. Não tenho esperanças com a atual geração de políticos brasileiros, não tenho esperanças com o modelo de gestão do nosso país.

Sonho com um Brasil onde eu não sinta culpa por poder alimentar a minha filha. Sonho com um país que consiga ser realmente nação e que não faça dos seus filhos suas maiores vítimas.

Provavelmente nunca mais verei aquela menina. E certamente vocês nunca mais irão ler uma notícia sobre ela. Sem nome, ela reflete a realidade de um país que vive sob a falácia de caminhar para ser uma grande potência.

Agora eu lhes pergunto: potência de quê?

Brasileirinha, perdoe nossa incompetência.

Eu não sei o que fazer. Eu só soube chorar.

Khalil Gibran é cantor, compositor e produtor cultural.

http://www.twitter.com/khalilgoch

 

Texto original – http://www.brasil247.com.br/pt/247/brasil/9262/Quando-senti-vergonha-de-ser-brasileiro.htm#

O MAIOR DA AMÉRICA

24/07/2011

Uruguai 3 x 0 Paraguai

Para quem duvidava que o futebol uruguaio passa por um processo de renascimento, todas as questões foram dissipadas hoje. A celeste olímpica goleou o Paraguai por 3 x 0 e se torna o país com maior número de títulos da Copa América.

Um prêmio para os comandados de Oscar Tabarez que no ano passado surpreenderam na Copa da África do Sul com uma brilhante quarta colocação. Lembremos que o Uruguai desde 2006 é o único time sul americano a ficar entre as quatro melhores seleções do planeta. Situação que nem os badalados Brasil e Argentina conseguiram.

Lugano levanta a taça: O Uruguai é campeão da Copa América

Hoje no estádio Monumental de Nunes o Uruguai se impôs logo de início. Com uma marcação adiantada na frente, a celeste olímpica fez uma blitz impiedosa contra a retaguarda paraguaia nos primeiros quinze minutos. Infelizmente o árbitro brasileiro Sálvio Espínola deixou de marcar um pênalti escandaloso de Ortigoza logo de início. Os guaranis tradicionalmente, armaram uma retranca monstruosa esperando o erro uruguaio ou quem sabe o título nas mãos de Justo Villar numa nova cobrança de pênaltis.

Mas a sequência de prorrogações nas quartas e na semifinal foram fatais para as pretensões paraguaias. Inferior tecnicamente , o Paraguai estava cansado e era incapaz de marcar as perigosas investidas de Forlán e Luiz Suárez. Aos onze minutos o centroavante celeste recebeu uma bola do lado esquerdo da área paraguaia e chutou forte. A bola ainda desviou em Verón bateu na trave e entrou nas redes de Justo Villar. Estava aberto o caminho para a décima quinta taça uruguaia.

O Paraguai, desnorteando tentava organizar um relativo domínio no meio campo, mas era travado pela forte e até violenta marcação celeste. Os minutos passavam e os guaranis não levavam perigo ao gol de Muslera. Quase no final do primeiro tempo, Forlán recebeu livre numa falha da retaguarda adversária e marcou o segundo gol de pé esquerdo. Era o fim de um longo jejum de um ano do camisa dez uruguaio. Maior artilheiro da história do selecionado.

Suárez: o artilheiro uruguai abriu o caminho do título

Na segunda etapa, o Paraguai estava menos defensivo e mais calmo depois da tempestade. O raçudo atacante Valdez até emendou uma bola na trave de Muslera numa tentativa vã de diminuir o prejuízo da péssima estratégia paraguaia no primeiro tempo. O Uruguai levou o jogo no banho maria e com muita lucidez administrou a vantagem com brilhantismo. Aos 44 numa linda jogada de contra ataque que começou num chapéu de González, Suarez tocou de cabeça para Forlán colocar a pá de cal na seleção paraguaia. Os 3 x 0 no placar foi uma recompensa ao time que quis jogar futebol não apenas na final, mas em todo o torneio.

Forlán: a estrela uruguaia brilhou na final

Com raça, determinação e também muita técnica o Uruguai volta ao topo da América do Sul. Uma lição nos tempos de moleques mimados, jogadores fraldinhas e vaidosos que julgam uma seleção como um mero divertimento para suas entediantes vidas de celebridades futebolísticas.

Ledo engano. O Uruguai nos prova que a paixão por uma seleção pode existir. E que o sangue na camisa pode ser muito mais recompensador do que um mero topete.

 

CONHEÇA GILBERTO KASSAB

22/07/2011

A justificativa para que Gilberto Kassab doe mais de 400 milhões de reais para a construção do Itaquerão é de que a iniciativa ajudará a desenvolver a região.

Kassab mente. Descaradamente.

O atual prefeito paulistano pouco se importa com a população paulistana. As última notícias que pipocam sobre o político são muito sérias e constrangedoras.

Porque políticos que usam milhões em benefício de uma entidade particular não podem ser considerados sérios e de boa índole. Vejam os links e descubram quem realmente é Gilberto Kassab.

http://www.brasil247.com.br/pt/247/poder/8830/O-Kassab-que-inaugura-%C3%A9-o-mesmo-Kassab-que-destr%C3%B3i.htm

http://www1.folha.uol.com.br/poder/946543-pericia-revela-fraude-para-fundar-partido-de-kassab.shtml

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia/2011/07/01/kassab-nao-vai-cumprir-meta-de-corredores-de-onibus.jhtm

http://www.brasil247.com.br/pt/247/poder/9100/Caixa-2-de-Furnas-R$-192-mi-a-Alckmin-e-Serra-2002.htm

Nós paulistanos que pagamos os nossos impostos estamos indignados com as atitudes do prefeito. Mas não é preciso sair muito longe de casa para descobrir o quanto é desleixada a atual administração paulistana. Kassab destina milhões de reais ao Itaquerão, mas se esquece de priorizar a cidade, como vamos exemplificar logo abaixo.

As fotos abaixo são de duas ruas da cidade de São Paulo.

A primeira, é a Rua Osório Duque Estrada, que fica na região do Ibirapuera, próxima ao ginásio.

Rua Osório Duque Estrada: os carros são obrigados a desviar do buraco


o buraco apareceu há dois dias e os moradores colocaram cones e outros objetos para a visualização dos motoristas

Como vocês podem ver, o buraco na rua é enorme. Os próprios moradores colocaram vassouras e outros artefatos para que o motorista não tenha o seu carro literalmente engolido.

Foram contatados serviços da prefeitura e o prazo dado para o conserto foi de um a sete dias. A cratera se formou desde ontem. Aguardemos.

A segunda rua mostra o desleixo da administração Kassab e da subprefeitura da Vila Mariana.

Há mais de 20 dias existe um buraco na rua Coronel Oscar Porto no Paraíso. Os serviços municipais foram contatados, e o máximo que eles conseguiram fazer foi encher a falha com terra arenosa e colocar cavaletes para despertar a atenção do motorista.

buraco na Oscar Porto: terra arenosa ao invés do asfato

o buraco está aberto há mais de 20 dias: improvisação e desleixo

Obras? Por enquanto não há previsão.

Esse é o retrato da cidade de São Paulo.

Abandonada, espezinhada, cheia de buracos e sem novas obras anti enchentes. Poucos corredores de ônibus prometidos na campanha do ex-DEMO saíram do papel. Fora o atendimento xucro dos hospitais municipais.

Mas dinheiro para o Itaquerão vai ter. E para a porcaria da Fórmula Indy também.

Uma vergonha.

VITÓRIA “FALSIFICADA”

22/07/2011

Paraguai 0(5) x 0(3) Venezuela

Uma equipe pode ser campeã de um torneio continental sem uma única vitória?

Sim.

Senhoras e senhores esse é o defensivo Paraguai do treinador Gerardo Martino. Um time que pode fazer história numa das piores Copas Américas de todos os tempos.

Não dá para reclamar. O futebol nem sempre premia os mais justos. O Paraguai é um time razoável. Tinha mais força com Cabanas e Roque Santa Cruz. Mas com a ausência dos dois, o time guarani é um ferrolho chato, desagradável e insuportavelmente eficiente. Valdez não tem o talento dos dois artilheiros ausentes, mas é raçudo e incomoda a retaguarda adversária.

paraguaios comemoram a classificação: mais uma vez nos pênaltis

Na semifinal de quarta feira, a zebra Venezuela foi melhor. No primeiro tempo, a partida foi até mais equilibrada, mas a seleção “vinho tinto” cansou menos e passou a dominar. Os venezuelanos tiveram um gol estranhamente anulado pelo árbitro Franciso Chacón e conseguiu colocar três bolas nas traves de Justo Villar no segundo tempo e na prorrogação. Pela inédita campanha que fez ( a melhor da história do futebol venezuelano em um torneio oficial da seleção principal) os jogadores da terra de Hugo Chávez mereciam melhor sorte. Mas ela resolveu favorecer Justo Villar mais uma vez.

Larissa Riquelme: Meuuu Deusss!

A seleção paraguaia hoje lembra muito a Argentina na Copa de 1990 que chegou a final da competição com apenas duas vitórias e que teve o arqueiro Goycochea como grande destaque nas decisões por pênaltis. É bom o Uruguai não vacilar. O Paraguai apesar de extremamente defensivo é também perigoso. Um menor erro pode ser fatal para as pretensões celestes de se tornar o maior campeão da América do Sul.

Justo Villar: ele fez a diferença mais uma vez

Uruguai e Paraguai fizeram boas campanhas na Copa do Mundo no ano passado e a ida deles para a final em Buenos Aires é a confirmação disso.

Domingo, que vença o melhor.

Ou o pior.