O FUTEBOL BRASILEIRO VIRADO AO AVESSO

by

Depois do anúncio de que Corinthians e os quatro clubes grandes do Rio vão deixar o Clube dos 13 para negociar “cotas individuais” nota-se que o futebol fora de campo continua a ser sujo, podre, e imundo nos bastidores. Ricardo “Cururu” Teixeira, presidente da CBF usa e abusa de seu poder de conceder títulos como um rei da idade média. Tudo em troca de favores pessoais para ganhos políticos e financeiros. Andrés Sanchez, presidente do Corinthians foi o principal catalisador do “racha”. Atendeu aos apelos do amigo que lhe concedeu um estádio de graça do governo e da prefeitura de São Paulo. O amigo fiel de Teixeira bagunçou o processo de escolha da rede de TV que transmitirá os jogos daqui para a frente. Atende claramente aos interesses da Rede Globo e do seu diretor de futebol, Marcelo Campos Pinto , amigo de Teixeira de longa data. Tanto que seu nome já chegou a ser cogitado para substituir Teixeira no comando da CBF.

Os quatro clubes do Rio foram na esteira e abandonaram a entidade presidida por Fábio Koff hoje. Tudo indica que Palmeiras e Santos, agraciados com títulos brasileiros a rodo no ano passado vão deixar o C13 nas próximas horas. Um plano maquiavelicamente formado por Teixeira para tirar o poder de barganha do Clube dos 13 na negociação de cotas para a televisão. A Taça das Bolinhas estupidamente recebida pelo São Paulo ajudou a bagunçar o processo. Mas não foi o principal responsável pelo racha. O Botafogo recebeu um aporte financeiro de milhões para votar em Kléber Leite no ano passado. Não há nada nobre na “saída” dos clubes cariocas. Pelo contrário, só interesses financeiros dos cartolas que não enxergam o futebol como negócio, somente como ganho individual.

Esse estilo “defendo o meu clube e dane-se os outros” é bem típico da cartolagem brasileira. Isso vale para a Patricia Amorim e para  Juvenal Juvêncio que deu uma de malandro desmerecendo o campeonato que o próprio time disputou. Irônico que um dos idealizadores do Clube dos 13 seja um dos responsáveis pelo seu enfraquecimento. Que tremenda falta de visão política do mandatário são paulino. Muitos tricolores dizem que Juvêncio combate a CBF. Discordo.

O São Paulo busca favores pessoais como todos os outros clubes. Se fosse diferenciado como muitos dizem não teria votado em Teixeira na última eleição da CBF. Nem tê-lo convidado para ser o chefe da delegação são paulina no Mundial Interclubes em 2005. Mas o tricolor queria o Morumbi como sede da Copa e levantou a bandeira da paz para o presidente da CBF. Se o tricolor realmente combatesse Teixeira jamais teria ido receber a Taça de Bolinhas. Mandaria entregá-la ao Flamengo e honraria o acordo que não permitiu que qualquer time da Copa União disputasse o tal cruzamento com Sport e Guarani em 1987. Teixeira vai na ferida. Se aproveita da vaidade e da ambição pessoal dos dirigentes para apequená-los. As  rivalidades clubísticas e conflitos individuais deveriam ser esquecidos para a preservação de um bem maior: o futebol brasileiro.

Quando o clube dos 13 foi criado a intenção era o fortalecimento dos clubes e a independência em relação a CBF. Mas o individualismo barato de dirigentes imbecis e comprometidos com migalhas e favorecimentos prevaleceu sobre a força do conjunto. Enquanto mandatários podres e subalternos do futebol brasileiro continuarem a fazer o jogo de Ricardo Teixeira, o futebol brasileiro continuará medíocre fora de campo. O torcedor brasileiro só vai perder com essa “rebelião” de araque. Clubes fracos representam um futebol brasileiro desestruturado e combalido.

Cotas individuais soam como uma piada de mau gosto. O futebol brasileiro não é grande por causa da audiência da televisão, mas pelas conquistas de seus clubes. O Corinthians não seria grande se existisse o São Paulo, Palmeiras e Santos e vice versa. O Flamengo soa arrogante ao querer ganhar mais que os outros e se recusar a dividir as cotas com os outros clubes. Não somos a Espanha e muito menos a Holanda. Somos o Brasil que tem milhões de torcedores e que independente dos times ama ver futebol, seja para torcer a favor ou contra. A atitude de Sanchez, Patrícia Amorim e outros presidentes são de uma imbecilidade ímpar. Trocaram a independência de seus clubes por sacos de cimento e um pedaço de metal. Pobres cartolas. Jamais serão grandes como os seus clubes. Não percebem que no futebol pouco importa os índices do Ibope. O que vale é dentro de campo nas quatro linhas.

O Cururu sorri. Como diziam os traficantes dos morros do Rio: “Tá tudo dominado!”

Anúncios

6 Respostas to “O FUTEBOL BRASILEIRO VIRADO AO AVESSO”

  1. Lesto Says:

    Na minha humilde opinião esta cariocada iria acontecer de qualquer maneira, no que diz respeita ao Andres sem comentários seu sucessor irá contar a historia de seu sucesso a frente do clube, creditar a falencia desta porcaria de C13 que na realidade nunca serviu para nada ao JJ sem desmerecer ninguem é ingenuidade.

  2. Marcelo Abdul Says:

    A Taça das Bolinhas foi mero “boi de piranha”. Na verdade a Globo quer manter o monopólio do futebol e está usando a CBF e o seu cachorrinho Sanchez para detonar o C13. Mas que o Juvenal foi burro isso ele foi.

  3. Hannibal Says:

    Os clubes estão perdendo uma baita chance de:

    1 – Conseguirem mais independência da CBF.

    2 – Mostrar união e quem sabe lançar realmente os alicerces para a criação da Liga, já que com o RT enfraquecido pouco poderia fazer contra isso.

    3 – Duplicar as receitas, saúde financeira e dinheiro para investir em contratações, base, estrutura, etc… etc…

    4 – Acabar com o monopólio das transmissões.

    Mas o medo do RT e da Globo é maior.

  4. Marcelo Abdul Says:

    Mais do que medo. Os dirigentes de clubes gostam é de dinheiro e concessões. E o Cururu tem feito muitas.

  5. Geraldo "JASON" Lina Says:

    Sabe o que é o pior nessa porra toda ?
    É que quando você conversa por ai, todo mundo – de qualquer torcida – diz o mesmo: o futebol dá nojo.
    Eles conseguiram o que queriam.

  6. Marcelo Abdul Says:

    Verdade. Eu também estou com muito nojo dessa merda toda. Estou pensando em dar um tempo no futebol. É um bando de gente suja e desonesta que está pouco se lixando para o torcedor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: