NÃO ERA UMA BALA PERDIDA

by

De Aguinaldo Rodrigues

Ontem o que mais me marcou, não foram os gols ou os lampejos dos jogadores tricolores na Paraíba. Eu não conseguia dormir, com a imagem ainda nítida em minha cabeça, homens armados no meio de torcedores comuns. Se bem que algumas torcidas fazem uma força danada para que isso pareça normal.

 

A cena poderia ser “comum” se estivéssemos no Afeganistão, Iraque ou Faixa de Gaza. Mas estávamos no Brasil, num estado conhecido pelas belas praias e dentro de um estádio de futebol. O andamento da situação é de causar espanto, simplesmente o cidadão no meio de milhares de pessoas, saca uma arma e atira para o alto.  Aquela bala teve endereço e no meio de tanta gente provavelmente não se perdeu. E o jogo transcorreu normalmente, com a policia local fazendo o corporativismo de sempre.

 

A pergunta que não quer calar; Até quando?

 

A CBF não se importa com seu produto, vira as costas para o futebol do Brasil. Pois a seleção estrangeira do Brasil vende mais fácil. Logo agora que a chama se acendeu novamente, como foi bom torcedor pelos “meninos do Brasil” no sulamericano. Quase tive uma recaída, estava prestes a voltar a torcer pela seleção. Mas o ocorrido no estádio do Treze, me devolveu a razão.
Aquela bala poderia ter qualquer endereço e alcançaria até mesmo a rua da Alfândega no Rio, mas não teria problemas, pois a cúpula da CBF não estaria no Local.

 

Estaria na sede do futebol brasileiro…em Londres.
Infelizmente aquela bala não era perdida e tinha dono…
“O futebol brasileiro no Brasil”.

 

Anúncios

14 Respostas to “NÃO ERA UMA BALA PERDIDA”

  1. Hannibal Says:

    http://www1.folha.uol.com.br/esporte/877588-argentina-reinaugura-estadio-mais-moderno-da-america-do-sul.shtml

    A capacidade do estádio será para 36 mil torcedores, terá 5.500 vagas de estacionamento, telão no meio do campo e gramado retrátil.

    A inauguração foi em 2003 e as obras atuais custaram mais de US$ 200 milhões (cerca de R$ 335 milhões).

    A administração ficará a cargo dos governos da província, do município e dos dois clubes da cidade, o Estudiantes e o Gimnasia y Esgrima.
    ____________________________________________________________

    Aqui se não custar 1 bilhão de dinheiro público não vale…

  2. Hannibal Says:

    http://www.lancenet.com.br/de-prima/Ronaldo-foco-isencoes-impostos-Fielzao_0_429557157.html

    Políticos que assistiram a homenagem a Ronaldo no Museu do Futebol aprovaram o uso da imagem do atacante para tirar o foco das isenções de impostos e do fundo de investimento que servirão ao Fielzão. Disseram que do contrário, a imprensa destacaria o uso de dinheiro público nas obras do estádio que deve servir à abertura da Copa14.

  3. Hannibal Says:

    Meu Deus, e brasileiro se gaba de ser melhor que argentino… deram um tapa bem feito em um estádio e o deixaram ótimo, aqui se não gastarem mais de 600 milhões porque a Fifa quer não vai, eita Brasil até quando?

  4. Hannibal Says:

    Ex- ídolo. Pelé e Ronaldo, que decepção!

  5. Marcelo Abdul Says:

    Pois é. Fizeram um belo estádio com recursos definidos. O estádio é o primeiro coberto da América do Sul. Parabéns aos argentinos. Nem comento mais sobre a Copa do Mundo aqui no Brasil. Esses políticos brasileiros me dão nojo. Todos! Sem exceção.

  6. Marcelo Abdul Says:

    Uma vergonha. A nossa grana vai ser usada para construir um estádio particular. Sinceramente Hannibal? Essa Copa do Mundo está me dando nojo, asco e muita descrença num país melhor para todos nós. Infelizmente somos comandados por corruptos que tem apoio de um povo descerebrado.

  7. Marcelo Abdul Says:

    Até nós ficarmos com cara de bocó e deixarmos eles fazerem a festa. Não tem outra solução colega. É a rua e protesto contra esses bandidos.

  8. Marcelo Abdul Says:

    Esquece o que eles fazem fora de campo Hannibal. É só merda. Eles são seres humanos que cagam, mijam e peidam como todos nós. Apesar de eu nunca ter saído com travestis ou rejeitar a minha filha primogênita.

  9. Geraldo "JASON" Lina Says:

    Que vergonha…

  10. GUINA SP10 Says:

    Belo texto, hehehehehe. Mas sem brincadeira hein! Viu como um pouquinho de cultura popular é suficiente, o povo bate panela e os politicos constroem uma bela arena por um custo baixo se comparado aos padrões brasileiros. Parabéns Argentina, que sirva de exemplo para o combalido e sofrido povo brasileiro.
    E pra completar, não existem bals perdidas, elas sempre acham o destinatário.

  11. Marcelo Abdul Says:

    A cultura argentina é bem diferente da brasileira. Mas lá como cá tem os políticos safados e corruptos. A diferença é o tratamento. No Brasil a lei da Anistia perdoou todos os crimes bisonhos da ditadura militar e dos guerrilheiros de esquerda. Na Argentina o general Videla está condenado a prisão perpétua por todos os seus crimes. Mas lá tem cartolas desonestos também. O presidente da AFA Julio Grondona está lá há mais tempo do que o Cururu Teixeira. Enfim acho que isso é um mal da América do Sul e a cultura daqui que permite que bandidos tenham vida fácil. O termo “bala perdida” é um tremendo de um erro. A bala sempre tem um dono. Ela não saiu de uma mesa e saiu voando por aí. Alguém a disparou antes. Isso é um termo muito conformista até para justificar a impunidade. Grande texto Guina. Parabéns.

  12. Marcelo Abdul Says:

    Há 2 anos e meio da Copa Guina. Quando o torneio terminar tudo vai continuar na mesma.

  13. GUINA SP10 Says:

    Putz Abdul, juro que tinha me esquecido do Grondona! Ele e o Ricardo “Cururu” Maucheira seriam almas gêmeas?

  14. Marcelo Abdul Says:

    Na verdade o Grondona é tio. O Cururu aprendeu tudo com ele. Rsssss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: