ASSINOU? AGORA AGUENTA!

by

Pelé: o Rei critica a própria besteira que cometeu

 

PELÉ CRITICA GANSO E EMPRESÁRIOS E COBRA SEQUÊNCIA NO SANTOS


Fonte – Lancenet

Pelé deu nesta sexta-feira o seu pitaco sobre a confusão envolvendo Santos, DIS e Paulo Henrique Ganso. O clube tenta na Justiça reaver os 25% de direitos econômicos em posse do investidor, que que parece ter convencido o jogador de que seus vencimentos estão abaixo do padrão brasileiro e de que nenhum plano de marketing irá proporcionar-lhe as conquistas imediatas com um clube do exterior.

– Olha, me deixa triste. Não falei ainda com o Ganso. São jogadores (ele e Neymar) que ainda não ganharam títulos internacionais. E aí fica a polêmica de querer mudar tudo por dinheiro. Falei com o Edinho, que é supervisor no clube, e ele disse que o Ganso está tranquilo. Pelo que tenho visto são os empresários que querem dinheiro e não respeitam ninguém – criticou.

O Rei do Futebol também lembrou da participação que teve na permanência de Neymar, quando da proposta do Chelsea (ING) no ano passado. E que as condições físicas do atual camisa 10 do Santos, cujo retorno é aguardado pela torcida com ansiedade para a conquista de mais uma Libertadores, não são as ideais.

– Queria lembrar da polêmica com o Neymar. Falei com o pai e o empresário dele. Para o Neymar não era bom sair. O Santos estava bem. E principalmente jogar na Inglaterra, onde o futebol não o favorecia. A marcação é muito dura. Nós conseguimos reverter. O Ganso está saindo da contusão, joelho é complicado. O ideal seria ter calma e voltar a jogar e depois pensar em se transferir. Eu era campeão do mundo no Santos, tinham uns seis ganhando mais do que eu e esperei acabar meu contrato para renovar – destacou.

Nota do blog – Irônico que o senhor Edson Arantes do Nascimento esteja reclamando dos empresários agora.  Justamente ele que foi o “responsável” pela lei que “libertou” o atleta profissional da lei do passe quando foi ministro do governo FHC.  O escravo hoje só mudou de senhor de engenho. Os clubes médios sumiram porque não tem como mais segurar os seus jogadores como a lei antiga permitia. O futebol do interior de São Paulo está praticamente morto e só sobrevive  pelo amor de seus torcedores ou porque alugam a suas camisas para um empresário.

Quando a Lei Pelé foi feita ( e refeita à revelia de alguns deputados da bancada da bola) se esperava uma grande profissionalização do futebol brasileiro. Na Europa a Lei Bosman também liberou os jogadores de escolherem livremente os clubes pelos quais jogariam. Esperava-se uma melhora no panorama,  mas o que aconteceu nesse meio tempo? O futebol quebrou. Grandes times como Manchester United e da liga  Inglesa tiveram que ser vendidos para saldar as suas dívidas bilionárias causadas em parte pelo alto salário dos jogadores e receitas estratosféricas e absurdas. Investidores suspeitos de lavagem de dinheiro passaram a ter controle de grandes equipes.  Enfim o futebol tanto na Europa quanto em outros países se tornou um monopólio de 10 clubes por continente. O desnível do campeonato espanhol é assustador. Não há qualquer controle de gastos do Real Madrid e Barcelona ou mesmo “drafts” para dividir jogadores entre as equipes e tornar o torneio mais competitivo.   Resultado? A liga da Espanha virou uma espécie de  campeonato gaúcho melhorado.

O texto pelo qual Pelé assinou o seu nome foi feito com uma certa ingenuidade. A Lei Pelé melhorou apenas a vida de atletas de alto rendimento e  dos craques.  Dos noventa e cinco  restantes não mudou em nada. Pelo contrártio.  Se antes recebiam pouco salário, hoje só ganham ajuda de custo. É uma tremenda hipocrisia Pelé criticar Paulo Henrique Ganso e seu empresário. Afinal de contas, se não fosse pelo rei do futebol, os famigerados “agentes” não teriam tomado conta do futebol. São eles que dão as cartas e dominam a vida do futebol brasileiro e que transformam os cartolas em meros títeres ou até mesmo parceiros comerciais.

Pelé, como jogador você foi o maior de todos os tempos, mas fora de campo você é um tremendo de um perna de pau.

Anúncios

6 Respostas to “ASSINOU? AGORA AGUENTA!”

  1. Geraldo "JASON" Lina Says:

    Vai perder o Ganso agora, veneno contra…

  2. GUINA SP10 Says:

    Abdul, perdoe o trocadilho infame: “Mas agora o Ganso pode voar”. hahahahaahaha

  3. Marcelo Abdul Says:

    Rssssss. Acho que ele sai do Santos até o meio do ano. O assédio em torno dele é enorme.

  4. Marcelo Abdul Says:

    Acho que vão perder mesmo. O assédio dos clubes europeus é muito grande. O Ganso tá fazendo o jogo dos seus empresários e parece estar muito a fim de sair. Não sei se existe mais clima para ele no Santos depois dessa confusão toda. Lamentável porque ele é um senhor jogador e vai fazer falta nos gramados brasucas.

  5. Carlos Henrique Says:

    Pq a Lei Bosman foi prejudicial aos clube europeus?

    Abs

  6. Marcelo Abdul Says:

    Nem todos os clubes europeus Carlos. É só olhar o campeonato espanhol e italiano. O poder macroecnômico de alguns clubes arrebenta com o resto. Clubes como Milan e Inter podem pagar um pouco mais por jogadores dos clubes considerados médios. Não há nenhum equilibrio porque o vínculo antigo acabou. Na Espanha acontece a mesma coisa. O resultado é o total desnível dos campeonatos de lá. A lei Pelé e a lei Bosman tem um lado negro. Kaká e Felippe Coutinho são dois exemplos. Grandes jogadores que saíram do Brasil por dinheiro de pinga.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: