UM VERDADEIRO FILME DE TERROR

by

Deixe-me Entrar: um verdadeiro filme sobre vampiros

Ninguém aguenta mais ouvir falar da série Crepúsculo, True Blood e tantos outros filmes sobre vampiros em que o dito cujo é bonzinho, brilha no escuro e ecologicamente correto, só chupa sangue de animais para sobreviver (como se matar animais fosse algo natural). Os vampirecos de hoje não passam de meros viadinhos emos com cabelos encebados e cheios de laquê. Alguns de nós que vivemos a cena dos anos oitenta e vimos filmes muito legais como a “Hora do Espanto” e “Os Garotos Perdidos” sabe que o elemento é um grande filho da puta e que apesar de sedutor, tem sede de sangue e não mede esforços para isso.

Ok, a primeira grande obra de Bram Stocker tem referências amorosas fortes entre o Conde Drácula e a sua amada Mina. Mas a grande graça está aí. O romance vem carregado com sangue. Drácula chupa as hemácias e mata as pessoas mesmo amando alguém. É algo inerente a sua natureza como na fábula entre o sapo e o escorpião. Por isso foi um grande prazer assistir o filme “Deixe-me Entrar”. O filme é uma refilmagem de uma película sueca “Deixe Ela Entrar”, premiado com vários prêmios internacionais.

A obra conta a história de Owen, um garoto solitário e vitima constante de “bulling” na escola. Ele conhece Abby, uma menina misteriosa com hábitos estranhos, como andar descalça na neve e que somente aparece para ele a noite. Nesse meio tempo, misteriosos assassinatos começam a ocorrer na cidade e aos poucos Owen vai descobrindo que sua nova amiga não é uma pessoa comum. O diretor Matt Reeves (Cloverfield) acertou a mão. O filme é sombrio, assustador e encantador ao mesmo tempo ao mostrar o relacionamento da vampirinha com o rapaz de uma forma lúdica e poética. Ajudados pela espetacular trilha sonora de Michael Giacchino, vemos duas almas perdidas que apesar de diferentes, finalmente se encontram deixando no caminho um rastro de sangue. Algo que remonta com leveza a obra de Bram Stocker. Um verdadeiro filme de terror na acepção da palavra.

O conselho que eu dou é apenas um só. Se você menina está guardando a sua mesada para assistir “Amanhecer” só para ver o viadinho do Edward Cullen gaste seu dinheiro agora com esse filme. Garanto que não vai se arrepender.

Anúncios

9 Respostas to “UM VERDADEIRO FILME DE TERROR”

  1. Geraldo "JASON" Lina Says:

    Tô fora.
    Naum curto filme de terror.
    Apesar de ser um bom metaleiro…

  2. Marcelo Abdul Says:

    Fala sério Lina. O Jason na abertura do teu blog é só enfeite então? Nunca viu um filme do cara? UAHAUHAUAHAUHA! Quem diria hein?

  3. Hannibal Says:

    Hum… ahahahahahahahahahahahahaha!

  4. Hannibal Says:

    Sou fã de filmes de terror, pago mesmo pra me assustar, kkk, gosto muito.

    Acho que assisti a todos os Sexta-Feiras 13, desde de o primeiro em que nem o Jason aparecia, pra quem não sabe quem assassinava a galerinha no primeiro filme era a mãe dele, o famigerado Jason Voorhees surge depois que ela é assassinada!

    Esses filmes podres de vampiros pra pré-adolescente de hoje são deturpações das clássicas histórias medievais, vampiro é ruim, sanguinário e impiedoso, sedutor e “imortal”, hoje transformaram eles em um bando de playbas que brilham no sol, frescos e que não tomam sangue… é mole? kkk

    Valeu pela dica Abdul! Vou ver.

  5. Marcelo Abdul Says:

    Vampiro que brilha no sol que nem purpurina e que não quer comer a gostosa da Bella Swan só pode ser boiola. Vai ser viado assim lá na puta que o pariu. Vampiro verdadeiro é a criatura sedenta de sangue, que também tem sentimentos, mas que não consegue se controlar. Recomendo o “Deixe Me Entrar” ou o original sueco. Toda a essência das verdadeiras histórias de vampiros estão lá. Um puta filme.

  6. Marcelo Abdul Says:

    Quem diria. O Lina não tem medo da turma do gás mas não gosta de ver filme de terror. Eh Eh Eh.

  7. Hannibal Says:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  8. felipe Says:

    espero q acreditem, meus olhos ficam vermelho quando fico com raiva, mas nao brilho no sol e eu tenho so um dente fino q é entruso nasceu um dente amaisminha ma me levou para o medico para ver pq nao descobrio

  9. Marcelo Abdul Says:

    Rssssss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: