A GRANA FALOU MAIS ALTO EM ZURIQUE

by

O futuro "elefante marinho" em Doha: a grana dos petrodólares falou mais alto

Pouco importa que a Inglaterra tenha sido o país que criou o futebol da maneira que é hoje. Pouco importa a tradição dos clubes da terra da rainha Elizabeth. Espanha e Portugal? Duas nações que fizeram história no futebol? Que se dane. Holanda? Bélgica? Japão? Estados Unidos? Nenhuma chance.

A cara de pau da Fifa é tão grande que mesmo depois de denúncias graves contra três membros do comitê executivo, Joseff Blatter continuou com seu circo. As escolhas da Rússia e do Catar como sedes das Copas de 2018 e 2022 foi a dem0nstração de que o dinheiro dos bilionários russos envolvidos com a máfia e os petrodólares dos sheiks falaram mais alto. Impossível não especular que houveram várias  negociatas para a escolha dessas sedes. O histórico e a impunidade aos membros da Fifa fala por si.

Aliás, desde 2002 as escolhas das sedes das Copas do Mundo tem sido no mínimo “estranhas”. Países sem a menor tradição futebolistica como Japão, Coréia, África do Sul e agora Qatar desbancam nações com muito mais capacidade de organizar uma Copa do Mundo.  Construção de elefantes brancos, gastança monumental dos governos e isenção de impostos para a entidade fazem do Mundial um dos maiores e mais lucrativos negócios da face da terra. Em países como o Brasil e Rússia  o lucro é certo e a falta de fiscalização aos corruptos uma lei.

A Rússia é um belo país sem dúvida. Mas esportivamente falando eu preferia ver a União Soviética. A Rússia atual é um festival de clubes que lavam dinheiro sujo. Em suma o futebol russo é uma merda. Prefiro mil vezes olhar a Gamova no vôlei e a deliciosa  Yelena Isinbayeva do que ver os times do  Rubin Kasan, CSKA e Zenith.  Quanto ao Qatar o problema é bem mais grave. Qual a tradição nesse país no futebol? Nenhum.  O Qatar nunca se classificou para uma Copa do Mundo mas tem projetos maravilhosos de elefefantes brancos na beirada de mares e no deserto.  Isso para pessoas como Blatter, Teixeira e Leóz é um colírio para os olhos e para os bolsos.

A Fifa e seus executivos vão dizer o  de sempre. Que tudo o que a impresa denuncia é uma falácia. Que a entidade quer no fundo “abrir novos horizontes no mundo do futebol”. Sem dúvida, quando se olha quanto vai ficar a reforma do Maracanã,  as mãos dos membros executivos vão ficar mais abertas que nunca para receber cheques, depósitos e garantias bancárias.  Mas Blatter e seus amiguinhos se esquecem de uma coisa. A Fifa pode abrigar mais países que a ONU mas não é a ONU. Seus membros estão sujeitos a ação da justiça de qualquer país e de suas leis.

Nenhum deles está isento de escapar das garras da lei e o processo movido pela procuradoria suíça é a ponta de um enorme iceberg  que mais cedo ou mais tarde vai ser estourado e levado ao público.  Blatter aposta que a presidência da Fifa é garantia de isenção diplomática. Nunca foi. E nem mesmo toda a sua pompa e falso cavalheirismo vai mudar o rumo das investigações.  Enquanto isso países como o Brasil são escravos da vontade de um homem processado por duas CPIS e suspeito de ter recebido propina da ISL.

Não há nenhuma  Copa do Mundo que cubra uma vergonha dessas.

Anúncios

8 Respostas to “A GRANA FALOU MAIS ALTO EM ZURIQUE”

  1. GUINA SP10 Says:

    O Catar, fará uma copa (do ponto de vista administrativo) impecável, mas que estão (a FIFA) relegando o futebol a um nível menor, isso estão. É a constatação de que o dinheiro, fala mais alto nos corredores de Zurique. Eta João Havelange, fez escola, e formou discipulos!

  2. GUINA SP10 Says:

    O Abdul, vc notou que eu tô virando o maior ZÉ POST!!! Hahahahahahahaha, como diria o mestre Zé Simão, nóis sofre mai goza. hahahahahahaah

  3. Hannibal Says:

    Podem levar a de 2014 também.

    Aliás, Copa do Mundo na mão desses trastes está virando sinônimo de Corrupção.

  4. Marcelo Abdul Says:

    A Copa e os estádios podem ser maravilhosos mas a Fifa pouco se preocupa com a qualidade do futebol jogado. Por exemplo, passou da hora de colocar a eletrônica nos jogos. A modernidade nesse caso só serve para a Fifa ganhar dinheiro. O resto é conversa furada.

  5. Marcelo Abdul Says:

    Rssss. Sem problema Guina!

  6. Marcelo Abdul Says:

    A escolha da Copa do Brasil teve maracutaia também. Quem concorreu com o Braisl na escolha? Resposta: NINGUÉM! Isso nunca tinha ocorrido na história moderna da Fifa que tanto presava a meticulosidade das escolhas das sedes. A Copa do Mundo hoje é um negócio muito bom para a Fifa. Nem tanto para o torcedor que tem que arcar com os custos na construção de elefantes brancos e ver em estádios magníficos jogos como Coréia do Sul x Nova Zelândia.

  7. Geraldo "JASON" Lina Says:

    FIFA = Imundície.

  8. Marcelo Abdul Says:

    Cada dia pior.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: