UM PALMEIRENSE CHAMADO DEOLA

by

Deola: xingado pela irracionalidade clubística

Há muito tempo o futebol brasileiro deixou de ter qualquer espécide fidalguia. Honra, profissionalismo, amor pelo jogo e pelas vitórias parecem estarem sufocados pelo ódio entre as torcidas. O que vimos na Arena Barueri ontem, a exemplo do que aconteceu domingo passado foi algo de surreal. E com contornos mais dramáticos. A torcida do Palmeiras xingou o arqueiro Deola. Um profissional que há 11 anos defende o clube desde as categorias de base.

Deola honrava as luvas da mesma maneira que   Oberdan Catani, Leão, Veloso e Marcos fizeram pelo Palestra.  Ele defendeu o arco do clube que lhe paga seu salário com honradez e espírito de competitivade. Sem dúvida, aqueles idiotas que o xingavam na Arena Barueri ontem e que comemoraram os gols do Fluminense com um afinco assustador jamais poderão ser chamados de palmeirenses de fato. Até que ponto o  ódio pelo seu rival pode superar o amor pelo seu clube?

Torcedor é extremamente passional e irracional. Não entende que um profissional do futebol age diferente da paixão clubística (será mesmo uma paixão?). Independente se isso ajudar um adversário ou não,  a única coisa com que o palmeirense deve se preocupar é com o seu time e não olhar o muro do vizinho como um psicopata obsessivo. De fato, chegamos ao cúmulo da bárbarie. Quando vejo o Real Madrid fazer um corredor para aplaudir o campeão Barcelona aí vejo como está distante qualquer pretenção do futebol brasileiro se tornar menos estúpido. Um time grande não vive sem a grandeza do outro.

Mas estamos na América do Sul. Aqui as paixões são elevedas ao cubo e infelizmente as desavenças também. Não havia torcedores palmeireses na Arena Barueri ontem.  Palestrino de fato, só havia um. Seu nome era Deola.

Anúncios

4 Respostas to “UM PALMEIRENSE CHAMADO DEOLA”

  1. Geraldo "JASON" Lina Says:

    Sem querer filosofar mas já filosofando: Quem planta colhe.
    Os travestis entregaram o ano passado para prejudicar a Daspu e o São Paulo.
    Tomaram o troco este ano.
    Acho que foi uma boa lição.

  2. Marcelo Abdul Says:

    Pois é. Teve precedente. Se não tivesse tido nada disso inclusive com publicação de jornal oficial do Corinthians no ano passado tenho certeza que as coisas não chegariam a esse ponto. Mas você disse tudo. Quem planta colhe e toda ação tem uma reação.

  3. Hannibal Says:

    Bom esse cara aí.

    O Rogério Ceni também pegou muito contra o Flu, se não fosse ele… a vergonha seria maior.

    Aliás, o Mito com 38 anos tá em forma, vejo pouca gente comentando sobre isso, acho sacanagem o que fizeram com ele a um tempo atrás, falando que estava velho… como ele está catando muito os caras se calam.

  4. Marcelo Abdul Says:

    Verdade. O Rogério catou muito no jogo contra o Fluminense também. Mas ele não foi xingado pela torcida são paulina como o Deola foi pela palmeirense. Quanto aos detratores do Rogério eu nem comento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: