BRASILEIRÃO – VIGÉSIMA SEXTA RODADA

by

O Corinthians empata no Pacaembu: o Fluminense é lider

Vasco 3 x 1 Santos – Quando eu afirmei no post das férias que o caminho para a tríplice coroa do Santos estava encerrado não foi por um mero exercício de futurologia. O peixe perdeu muito com a contusão de Ganso e as vendas de André e Wesley para o futebol estrangeiro. O centroavante Keirrison, o ex-K9, ainda não se encaixou no jogo santista e pra piorar Dorival Júnior foi demitido pelo Neymar.   Em São Januário, o treinador vascaíno PC Gusmão engoliu o interino Marcelo Martelotte. É melhor o peixe pensar na Libertadores a partir de agora.

Goiás 1 x 1 Flamengo – O Goiás, depois de um primeiro turno desastroso ensaia uma recuperação semelhante a que teve no brasileiro de 2003 para fugir da degola. O Flamengo, que do ano passado para cá perdeu peças importantes no setor ofensivo vive um momento turbulento. Por pouco não saiu de Goiás com menos três pontos graças a um gol salvador de Deivid no final do jogo. O momento é delicado e Silas oscila graças a uma declaração contra o zagueiro Jean. De boa, Silas tem razão. Quem acompanhou o defensor no São Paulo FC sabe muito bem como ele atua.  Jean sempre foi um zagueiro medíocre que nunca conseguiu se firmar em nenhuma equipe do futebol brasileiro. O que ele deveria fazer é pedir desculpas pelo gol contra e não atacar o seu treinador.

Palmeiras 2 x 0 Internacional – Aos poucos Felipão vai acertando o time do Palmeiras. Isso é de praxe. Scolari sempre levou tempo para montar os seus times e os resultados foram muito positivos. No Chelsea, os dirigentes ingleses não tiveram muita paciência com o seu estilo. O Palmeiras venceu com grande autoridade o campeão da Libertadores graças a duas grandes cobranças de Marcos Assunção. O goleiro Renan desde que voltou da janela tem colecionado falhas incríveis. Não sei se ele deve ser o titular do Internacional no Mundial em Abu Dhabi. Agora a mídia tem que parar com essa besteira de que o palestra sempre tem que jogar fora pra vencer. Oras! Sabe qual o time que tem mais títulos no estádio Paulo Machado de Carvalho? O Palmeiras. O Pacaembu sempre foi e sempre será a casa dos clubes grandes de São Paulo.

Grêmio Prudente 4 x 2 Guarani – O time de aluguel ganhou? Oh não!

Cruzeiro 3 x 0 Atlético-GO – O que esse argentino Montillo está jogando é brincadeira. Mais uma vez ele foi fundamental na vitória da raposa contra o Atlético Goianiense. O Cruzeiro já encosta no Corinthians e pensa seriamente no bicampeonato brasileiro. Apesar da oscilada feia contra o Santos no último fim de semana, o Cruzeiro mostra que é um dos sérios candidatos ao título.

Fluminense 1 x 0 Avaí – O Fluminense venceu e manteve a sua liderança graças ao gol do argentino Conca no final da partida. O tricolor carioca aumentou a liderança em relação ao Corinthians por um ponto. Mas não duvido que até o final do campeonato a equipe carioca faça uma gangorra entre o Corinthians e até mesmo com o Cruzeiro. O campeonato está muito equilibrado e com times de alto gabarito. Ao contrário dos anos anteriores, os times têm muito mais qualidade e força técnica. Parece que a fase de oscilações do Fluminense acabou. Mas a disputa entre os três primeiro colocados deve ser emocionante até o final. Que time vai agüentar o ritmo?

Corinthians 1 x 1 Botafogo – A chamada oscilação que atingiu o Fluminense há algumas rodadas pegou o Corinthians agora.  Depois de uma derrota contra o Internacional no Beira-Rio, o time alvinegro ensaiou uma grande partida contra o Botafogo depois de um belo gol do excelente Bruno César. Mas o time de Joel Santana se manteve firme em seu esquema e equilibrou o jogo. O centroavante uruguaio Loco Abreu empatou o jogo de cabeça (mais um) e graças a um erro grave do auxiliar Erich Bandeira (não é sacanagem não. É o nome do sujeito mesmo) um gol legítimo de Herrera foi anulado. Bruno César também teve um pênalti não marcado e o jogo de erros da arbitragem também ficou no empate. O Fluminense agradece.

Grêmio 4 x 2 São Paulo – Uma constatação tem de ser feita. Pensei que a ascensão de Sérgio Baresi poderia trazer um fôlego novo gás para o time de São Paulo. De fato, a vinda de jogadores como Casemiro e Lucas trouxeram benefícios para time principal, ranheta, desgastado e desinteressado. Mas aos poucos estamos vendo que o treinador são paulino tem muito que aprender. O pior tipo de técnico para um jogador é aquele que gosta de inventar moda e trocar jogadores de posição a seu bel prazer.

Baresi fez uma autêntica salada no Olímpico. Ele colocou Rodrigo Souto na zaga e deixou Richarlyson como meia. Depois isolou Ricardo Oliveira na frente e apostou na defesa para segurar o Grêmio. Inútil. Com um meio de campo e laterais fragilizados, o imortal deitou e rolou em sua casa. Até mesmo André Lima deixou sua marca e o São Paulo ficou perdido. Para ajudar o árbitro ainda deu um pênalti inexistente no momento em que o São Paulo empatava o jogo. Pura lei da compensação já que o pênalti em que Rogério converteu também foi duvidoso. Libertadores? Sonho de uma noite de verão. É melhor o Juvenal reservar uma passagem para Rio Branco a partir de agora.

Outros jogos –

Ceará 0 x 0 Atlético-MG

Atlético-PR 1 x 0 Vitória

Anúncios

2 Respostas to “BRASILEIRÃO – VIGÉSIMA SEXTA RODADA”

  1. Geraldo "JASON" Lina Says:

    A gente zoa a porcada, mas o time deles vai se acertando, já o nosso…

  2. Marcelo Abdul Says:

    Pra começar eles tem técnico né?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: