COPA 2010 – DÉCIMO SEGUNDO DIA

by

Uruguai 1 x 0 México

Diego Pérez sangra: a volta da "charrua" celeste em Copas do Mundo

Muitos pensavam que uruguaios e mexicanos fariam um jogo de “compadres” nessa terceira rodada do Grupo A da  Copa do Mundo. Afinal, um empate classificaria as duas equipes independente do resultado do jogo entre África do Sul e França. Mas o medo de pegar a Argentina logo em uma oitava de final pesou e o Uruguai usando o mesmo esquema que engoliu os donos da casa no dia 16 venceu o irregular México.

Com o talentoso Forlan deslocado para o meio, o Uruguai ganhou um grande reforço na armação de jogadas. O time ficou mais rápido e atacou o México com firmeza. Para melhorar,  a defesa da celeste comandada pelo capitão Lugano não tomou nenhum gol nessa Copa do Mundo. O gol de Luiz  Suarez de cabeça mostrou toda a superioridade tática de Oscar Tabarez sobre seu adversário mexicano Javier Aguirre.

É a melhor primeira fase do do Uruguai desde a Copa de 1954.  O que mostra que a camisa uruguaia e sua mística “churrua” estão voltando para o bem do futebol sul americano. Bem vindo de volta ao clube dos grandes Uruguai.

África do Sul 2 x 1 França

Os bafanas vencem a França: despedida melancólica

Muitos falam que a África do Sul “honrou” a sua camisa ao vencer a partida contra a França. Sinceramente e sem qualquer medo tanto os anfitriões desse mundial como os arrogantes franceses já foram tarde. Os africanos por não conseguirem montar uma seleção decente em quatro anos de preparação. A federação sul africana trocou de técnico trezentas vezes e a equipe nunca conseguiu se acertar.

Os “Bafana Bafana” nunca tiveram  em seu plantel atual  jogadores com grande qualidade técnica.  O melhor deles era o envelhecido e desinteressado Benny MacCarthy, limado por Parreira.   O que os sul africanos esperavam? Que o filme “invictus” se repetisse?

A França que entrou pela portas dos fundos nessa Copa sai escorraçada pelos seus vexames dentro e fora do campo. Com certeza foi a participação mais vergonhosa dos “Le Bleus” em mundiais começando pelo seu estúpido e inoperante técnico,  o arrogante Raymond Domenech. Uma França com jogadores envelhecidos e  que sem a liderança de Zidane naufragou em três jogos. A derrota para o time de Parreira por 2 x 1 foi a pá de cal. Adieu!

Nigéria 2 x 2 Coréia do Sul

Jung-soo festeja: os "tigres" estão nas oitavas.

Estimulados por ter grandes chances de se classificar para as oitavas de final, Nigéria e Coréia do Sul fizeram uma grande partida no bonito  estádio de Durban. Ambos os times procuraram o gol a maior parte do jogo e esqueceram o pragmatismo dos dois jogos iniciais. A Nigéria já meteu um susto nos coreanos com o gol de  Kalu Uche, mas  os asiáticos, experientes em Copas do Mundo não se desesperaram e empataram num cruzamento dentro da área nigeriana.

Os “tigres da Ásia” viraram a partida num lindo gol de  falta de  Chu Young Park e parecia garantir a classificação inédita para as oitavas fora de casa. Mas a Nigéria não desistiu e pressionou novamente  perdendo um  gol inacreditável até que Nam Kim fez um pênalti bobo em Obasi e permitiu que os africanos igualassem o placar novamente.  Os coreanos continuaram a pressionar a defesa nigeriana mas o jogo terminou empatado e mais um time africano dá vexame nessa Copa do Mundo.

Grécia 0 x 2 Argentina

Maradona vibra: Argentina 100 %

Com praticamente um time reserva em campo,  a Argentina mostrou a sua força ofensiva mais uma vez e derrotou a retrancada Grécia  graças a duas grandes jogadas do meia atacante Leonel Messi.  Os “hermanos” confirmaram o seu favoritismo na chave e passaram como um trator em seus adversários no Grupo B da copa do mundo.

As modificações de Maradona tornaram o time mais lerdo, porém a qualidade dos toques de bola e a postura ofensiva continuaram . O ataque argentino parou durante um bom tempo na tradicional retranca grega de Otto Rehhagel.  Dava pena de ver o pobre grandalhão Samaras isolado na frente da área argentina esperando uma bola que nunca vinha. O ferrolho grego chegou a ser ridículo em alguns momentos já que os helênicos precisavam desesperadamente da vitória para a classificação.

Finalmente aos 32 minutos a barreira espartana grega foi quebrada com o gol de Demichelis numa rebatida dentro da área. A entrada de De Maria  e de Pastore soltou ainda mais a equipe portenha e Messi começou o seu show. Mandou uma bola na trave e chutou uma bomba que fez o goleiro grego Tzorvas rebater e o veterano artilheiro Palermo marcar o segundo tento.

Os argentinos caminham rumo ao tricampeonato. Pegaram um grupo fácil e embalaram de vez. Agora vai ser difícil de segurar a marra de Diego Armando Maradona.

Anúncios

2 Respostas to “COPA 2010 – DÉCIMO SEGUNDO DIA”

  1. Geraldo "JASON" Lina Says:

    O Uruguay vai dar trabalho Abdul, e não é porque eu quero que a CBF se dane, mas os caras estão jogando bem.
    ***(*) ******(*)

  2. Marcelo Abdul Says:

    A sacada maior foi colocar o Forlan da meia. A partir dai o time se acertou. Fora que o Lugano tá “causando” na defesa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: