O “IMPERADOR” DA CONTRADIÇÃO

by

Há 6 anos…

Maracanã tem que ser explodido”, afirma Ricardo Teixeira

Fonte : Portal UOL

Em depoimento gravado para o seminário “Financiamento, retorno e oportunidades nos negócios do esporte no Brasil”, que está sendo realizado na cidade de São Paulo, nesta segunda-feira, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, afirmou que o maior estádio do mundo tem que ser explodido pois seria impossível deixá-lo de acordo com as exigências da Fifa para receber uma Copa do Mundo.

a

“O Maracanã tem que ser explodido. É impossível refazê-lo, ou mesmo adaptá-lo para receber uma Copa do Mundo”, disse o dirigente máximo do futebol nacional. Devido ao rodízio de continentes proposto pela Fifa para organizar a Copa do Mundo, o Brasil tem grandes chances de abrigar o evento em 2014.

“Seria, por exemplo, impossível fazer três mil vagas de estacionamento nas imediações do estádio”, explica Teixeira. “Não vejo o Maracanã sendo usado durante uma Copa do Mundo”, complementa.

Teixeira explicou que não é preciso estádios tão grandes para a realização de uma Copa do Mundo. “Para realizar um evento desses é necessário apenas dois estádios com capacidade para 80 mil pessoas. Os outros podem ser de 40 mil que está ótimo”.

O presidente da CBF aproveitou a oportunidade para fazer campanha a favor da candidatura brasileira para 2014. “O país tem facilidade para realizar o evento. Todas as capitais têm aeroportos com capacidade para receber jatos de todos os tamanhos”.

Numa crítica velada ao Comitê Organizador do Pan-Americano de 2007, no Rio de Janeiro, Teixeira aproveitou para divulgar a sua idéia sobre quem deve gerenciar a campanha brasileira para a Copa de 2014. “Se o país receber a Copa, o comitê tem que ser presidido por um empresário. Não adiante me colocar lá. Tem que ser alguém independente da CBF”.

O ex-genro de João Havelange também defendeu os clubes brasileiros. Segundo Teixeira, a Lei Agnelo-Piva deveria ajudá-los pois são eles os grandes formadores de atletas e não as confederações e federações. “Os clubes formam os atletas por isso têm que receber dinheiro”, decreta.

Com relação à crise financeira que assola o futebol, Teixeira prefere não polemizar. Acredita que o governo não deve dar dinheiro aos clubes e sim abrir um refinanciamento, através do Refis, para as dívidas serem sanadas.

“Os clubes estão num beco sem saída. Um exemplo é o Flamengo. Por causa da dívida com o INSS, o clube não pode receber o dinheiro do patrocinador – uma empresa estatal. Aí eles acabam se endividando ainda mais”, finaliza.

Hoje…

Fonte: correio esporte

Ricardo Teixeira defende Maracanã e diz que projeto para 2014 resolve problemas

Vestiários completamente alagados, um gramado que parecia um lago
marrom. No entorno do estádio, muito lixo, lama e água. A chuva
que castigou a cidade do Rio de Janeiro na última segunda-feira
mostrou a fragilidade do Maracanã, provável palco da final da
Copa do Mundo de 2014. O jogo entre Flamengo
e Universidad de Chile, pela Taça Libertadores
, precisou
ser adiado porque o estádio não tinha condições de receber a
partida na quarta-feira à noite. Nesta quinta, o presidente da
CBF, Ricardo Teixeira, minimizou os problemas apresentados pelo
estádio carioca após participar de um painel sobre
“Literatura e Futebol”, na Academia Brasileira de
Letras.

Segundo o dirigente, o Maracanã não deve sofrer
com alagamentos após passar pelas reformas previstas para a Copa
do Mundo de 2014. No projeto apresentado à Fifa, o Governo do
Rio prevê o rebaixamento do lençol freático que existe na região
do estádio.

– O projeto do Maracanã fala que vai baixar o
lençol (freático) e vai resolver alguns problemas que o Maracanã
tem. Sobre a catástrofe no Rio de Janeiro e em Niterói, isso
aconteceu no México seis meses antes de uma Copa do Mundo com um
terremoto, que arrasou a Cidade do México. E eles fizeram a Copa
do Mundo sem problema algum.

Nota do blog – É  para essa pessoa que o governo brasileiro vai dar o seu, o meu, o nosso dinheiro para organizar a Copa do Mundo? Notem que ele afirmou que gostaria que um “empresário independente” fizesse o serviço.  Pensem bem na hora de votar em políticos que se lambuzam na lama com essa gente. São esses mesmos políticos que estão dando a Copa do Mundo na mão dele. Uma vergonha.

E corrigindo o senhor Teixeira o termo correto é “implodir” e não “explodir”, a não ser que o senhor contrate os serviços da Al Qaeda e do Taleban.

Anúncios

2 Respostas to “O “IMPERADOR” DA CONTRADIÇÃO”

  1. Geraldo "JASON" Lina Says:

    É Abdul, um verdadeiro camaleão, muda de acordo com a situação…

  2. Marcelo Abdul Says:

    Muda de acordo com o $$$$$$$ isso sim!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: