JEITO MOLEQUE

by

Neymar: o artilheiro santista arrebenta o Corinthians

A terceira geração dos “meninos da Vila” usaram e abusaram no clássico de ontem contra o Corinthians. O que Neymar, Paulo Henrique e cia fizeram com Chicão e Ronaldo foi a mais  pura sacanagem. Mas aquela sacanagem sadia típica das peladas de futebol.

Se o Santos tivesse levado a partida mais a sério teriam sapecado muito mais gols no Corinthians. O peixe tinha muito mais volume de jogo, velocidade e toque de bola que o clube paulistano.  Mas preferiram enfeitar e abusar das firulas. Arriscaram bonito. Por pouco, não perderam a aposta com o gol perdido por Theco nos momentos finais.  O  Santos jogou ontem na Vila Belmiro,  o puro futebol brasileiro. Aquele futebol alegre e atrevido que a gente tanto gosta. Arriscado, mas  que todos nós amamos ver.

O gaúcho Mano Menezes ficou nervosinho e reclamou barbaridade da arbitragem e do estilo audacioso da equipe praiana. Vindo de um futebol onde a firula é quase um palavrão, ele não deve ter ficado nada satisfeito de ter tomado um nó de uma molecada que anda encantando os amantes do bom futebol.

Os “titios” do Corinthians não aguentaram a força e a juventude dos herdeiros do Pelé. Mano Menezes ficou tão transtornado com a cacetada  que culpou até a imprensa pela derrota de ontem. Patético.

E o Ronaldo? Não conseguiu pegar na bola. Realmente o maior artilheiro das histórias das Copas anda nitidamente fora de forma. A Copa do Mundo para ele é carta fora do baralho. Se continuar nesse rítmo do pinga-pinga não vai suportar a penosa carga de jogos do campeonato paulista e da Libertadores.

Foi curioso ver Ronaldo e outros jogadores do corinthians  reclamando dos abusos e das firulas do adversário. Ora colega. Se não há nenhuma regra da Fifa que proiba a paradinha, muito menos existe uma lei no futebol contra  dribles e  firulas. Elas fazem parte de um jogo de futebol.  Se não gosta pede pra sair e vai abrir um bar temático.

O mais engraçado entretando foi ver os jornalistas com a camisa do corinthians embaixo do paletó criticando o Neymar. Os mesmos que há duas semanas desceram o porrete no Rogério Ceni por ele reclamar da paradona do artilheiro santista. Os mesmos que enalteciam o “futebol arte” e a “técnica brasileira”. Nada melhor que um dia após o outro.

O futebol anda muito idiota ultimamente. De uma hora para outra os jogadores resolveram criar uma “cartilha moral” de como “respeitar o adversário”. Uma bobagem.  Dentro do campo você faz o que quiser dentro da lei do jogo. Se um craque resolve te meter 5 bolas por debaixo da pernas você tem que aguentar a onda, porque existem em todas as profissões gente com mais capacidade que você.

O Santos hoje é a melhor equipe do Brasil, sem dúvida. Se vai faturar o campeonato paulista é outra história. Mas ver o peixe jogar nesse mar  de brucutus e técnicos defensivos do futebol brasileiro é um colírio para os amantes da bola. Enquanto isso em Londres, Dunga deixa o Ronaldinho Gaúcho de lado e chama Grafite e Carlos Eduardo. Vai entender.

Tem gente que é feia por natureza mesmo.

Anúncios

2 Respostas to “JEITO MOLEQUE”

  1. Geraldo "JASON" Lina Says:

    A GALINHADA DEVERIA TER LEVADO DE GOLEADA
    ***(*) ******(*)

  2. Marcelo Abdul Says:

    Se o Santos levasse mais a sério seria goleada sim. A garotada deixou o Corinthians na roda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: