O PÊNALTI “MARCHA-RÉ”

by

Neymar marca de pênalti: a vitória do "paradão"

Engraçado, de repente todo mundo virou defensor da tal “paradinha”. Mas tirando as paixões clubísticas de muitos torcedores e jornalistas, vamos falar a verdade: o pênalti que o Neymar converteu ontem foi malandragem pura.

Via de regra uma cobrança daquelas é atitude anti-desportiva e pior, viola uma regra básica da cobrança que é a invasão de qualquer jogador na linha da grande área antes do cobrador bater na bola.

A “paradinha” não tem esse nome do diminutivo por acaso. Foi popularizada por um tal de Pelé. Mas vamos comparar: a paradinha do Rei do futebol tinha 0,0006 milésimos de segundo. A de Neymar demorou um  século. Um senhor exagero. Se o juiz tivesse vergonha na cara mandava voltar o lance.

Eu sou contra essa porcaria. É desonestidade do atacante e impossibilita qualquer chance do goleiro de pegar o penal. Se as coisas continuarem assim é melhor colocar um cone no gol quando ocorrer a penalidade máxima. Ou fazer como no começo do século na Inglaterra quando os goleiros deixavam a área livremente para que o pênalti fosse convertido. Uma gentileza que não cabe no mundo de hoje.

Ah, mas esse pênalti do Neymar foi “futebol arte”, dizem alguns. Sinto muito, mas pra mim aquilo foi maracutaia e falta de capacidade do atacante do Santos de fazer uma cobrança melhor.  O futebol brasileiro hoje é uma festa de “paradões”.

Como a CBF e a Fifa se calam sobre o caso a malandragem vai continuar certamente. Eles dizem que a tal “paradinha” não é ilegal e que isso depende da “interpretação” do árbitro. Na verdade isso merece ser melhor investigado. Ninguém se entende. Nem mesmo o insonso e ausente presidente da Fifa sabe alguma coisa sobre o caso e nem toma alguma atitude pró ou contra. Fala que é “roubo” numa entrevista e depois se contradiz em outra.  Um verdadeiro “tucano” do futebol.

Tenho certeza que no futuro isso vai dar confusão. Se não houver uma regra específica sobre o caso a tal da “polêmica” que a Fifa tanto gosta vai continuar. Goleiro hoje já não pode se adiantar. E também pelo jeito não pode defender porque o brasileiro, malandro como é se aproveita de uma falha da regra para marcar gols. É ilegal? não. É antiético? Sim.

Melhor a comissão de arbitragem da CBF revisar esses casos e fazer recomedações. Porque se numa Copa um jogador fazer essa paradona e o juiz mandar voltar,  não tem como ninguém reclamar. Porque essa situação dos pênaltis hoje no mundo do futebol são como os estados americanos: cada um tem a sua própria lei. Que tal a Fifa fazer só uma sobre o caso e acabar com o impasse hein?

Vai trabalhar Blatter!

E só pra terminar, um recado para o senhor Neymar. Garoto, você joga muita  bola, mas se quiser fazer uma paradinha de verdade, veja Pelé, Panenka, Evair, Zidane e Petkovic. Esses sim os verdadeiros “mestres” da paradinha. Olha e aprenda rapaz .

Anúncios

2 Respostas to “O PÊNALTI “MARCHA-RÉ””

  1. Geraldo "JASON" Lina Says:

    É quase imperceptivel. Eu diria que o Neymar tem muito talento e pouca classe.
    ***(*) ******(*)

  2. Marcelo Abdul Says:

    Foi malandrão. Mas a fifa deixa né?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: