SE CORRER O BICHO PEGA, SE FICAR O BICHO COME.

by

base tricolor: ameaçada pela ganância de empresários e pela política errada do clube.

O que está acontecendo na base de Cotia é uma autêntica implosão.  A “rebeldia” dos jogadores atrelhada à ambição de seus advogados é em parte, uma consequência da política adotada pelo clube nos últimos anos. A de comprar jogadores e não revelar garotos da base. Em certos casos, até escondê-los como foi o caso de Oscar. O que aconteceu? A panela de pressão estourou.

Oras, com 100 garotos treinando em Cotia e o Juvenal apostando em jogadores como  Saavedra e Renato Silva, a consequência só poderia ser esta. Os moleques não vão ter dez anos pra sempre. Eles crescem,  querem jogar e aparecer no mundo com a bola nos pés.  E o que o São Paulo faz? Isola os rapazes em Cotia, não os põe pra jogar no campeonato brasileiro sub-20 com medo de que os gananciosos empresários a serviço dos europeus botem as mãos nos garotos.

Como vimos, a “politica do esconde- esconde” de Juvenal foi um fracasso. Outros atletas podem seguir o mesmo caminho e entrar na justiça contra o tricolor. De que adiantou trilhar esse caminho? De que serviu seguir os preceitos de Muricy, contratar um Ramalho da vida por duas vezes  e  não colocar a molecada pra jogar durante 3 anos e meio? O São Paulo foi cauteloso demais na revelação da sua base e está pagando um preço alto por isso.

Nada que justifique a ação do Oscar e dos outros garotos. Está na cara que o advogado André Ribeiro e o Sr. Bertollucci estão comandando um ataque  contra o clube para se benefeciarem. Tudo é um grande conflito de interesses, do clube que quer revelar o garoto, ganhar títulos e depois vendê-lo bem, do empresário que quer faturar uma grana preta na comissão sem dar uma mísera porcentagem ao clube, e do rapaz “iludido”, que pretende ficar milionário mais cedo caindo na conversa de empresário ligado a gente na mais alta “estima”.

Mas o  São Paulo em parte é responsável por isso. O clube cria mecanismos que fazem que a sua base fique afastada do time principal. A palavra chave é integração. Não vejo essa situação desde 2000 quando Kaká, Julio Baptista e outros subiram para o time principal.

Vamos deixar isso bem claro. A culpa não é de Cotia como muitos falam e apregoam por aí.  Cotia é uma conquista e um exemplo Deve ser seguido e não abandonado.  O problema é a política do clube nas categorais de base. Sempre a considerei errada e continuo afirmando isso.  Quem sabe agora com esses fatos, o São Paulo mude a sua postura. Que volte a ter um time  sub-20 e que dispute o campeonato brasileiro. Que ao invés de contratar jogadores que não acrescentam em nada no elenco, que coloque jogadores da base para as posições com carência.

Afinal de contas não adianta nada escondê-los como um avestruz. Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. Não tem jeito. O mercado da bola é implacável, ganacioso e insaciável. O que resta aos clubes é modificar a famigerada lei Pelé, que repito,  só mudou o senhor de engenho. O escravo continua o mesmo.

Cotia não é uma peça de enfeite ou ostentação. É uma realidade e tem 100 moleques lá doidos pra jogar. Desses 100 pelo menos sairá 20 bons jogadores.  Mas parece que muitas pessoas não percebem isso dentro da diretoria tricolor.  A contratação de André Luiz e de Leo Lima ainda me provoca dúvidas.  Principalmente quando sabemos que o excelente Breno saiu da base tricolor e quando vemos um Lucas Gaúcho arrebentar na Copa São Paulo.

Só lembrando, Cafu, Ronaldo, Muller, Adílson, Vítor,  campeões mundiais em 1992, vieram da base tricolor.

Melhor exemplo para ilustrar isso não há.

Anúncios

4 Respostas to “SE CORRER O BICHO PEGA, SE FICAR O BICHO COME.”

  1. Marcos Says:

    Não é rebeldia. Se tantos jogadores querem sair de lá é porque existe alguma coisa de errada. Jogador satisfeito não abandona clube nenhum, exceto por propostas muito boas e, mesmo assim, deixando as portas abertas para um futuro retorno. Falta estrutura e profissionalismo ao SPFC, tanto que vários ex-jogadores entraram com ações contra o clube, devido aos calotes que levaram.

    E o Martorelli, presidente do Sindicato dos Atletas de São Paulo, já declarou que tomará medidas contra os subterfúgios malignos do SPFC, principalmente, a tal ” emancipação “, algo feito de má fé pra prejudicar os jovens jogadores e burlar a lei.

    É o que se depreende das matérias abaixo.

    ………………………………………………………………………………………

    Painel FC

    EDUARDO ARRUDA

    A reação

    O presidente do Sindicato dos Atletas de São Paulo, Rinaldo Martorelli, promete agir pesado e tomar as medidas cabíveis contra o São Paulo. Ele investiga as ações judiciais movidas por atletas da base contra o clube. Segundo ele, o time do Morumbi “está criando um procedimento que tem por base a má-fé”, referindo-se aos contratos de eficácia futura (“É um contrato de gaveta com nome mais bonito”) e emancipação de jogadores. Martorelli afirma ter recebido informações de que mais de 20 jogadores foram emancipados.

    ________________________________________

    Modus… Segundo Martorelli, os atletas que se rebelam sofrem pressão do clube. E cita o caso de um deles. Afirma que o jogador recebeu proposta de uma equipe, o São Paulo não o liberou e, depois, o cedeu a outro time, para ganhar um salário inferior.

    …operandi. “Fica essa história de que o clube é isso, é aquilo, atende tão bem. Mas e o atleta?”, questiona. “Você acha que alguém que está satisfeito pede para sair?”, indaga Martorelli, dizendo que é necessário haver nova discussão sobre as relações de trabalho entre clubes e jogadores.

    Longe. O meia Oscar não se reapresentará hoje ao São Paulo. Teme por sua segurança. O estafe do jogador diz que ele sofreu ameaças de torcedores em sua própria casa após ter ingressado com ação na Justiça contra o clube.

    Fonte: Folha de São Paulo

    ………………………………………………………………………………………

    Sindicato dos Atletas promete agir contra o São Paulo

    13 de janeiro de 2010 • 10h02

    O presidente do Sindicato dos Atleta de São Paulo, Rinaldo Martorelli, disse ao jornal Folha de S. Paulo que o São Paulo “está criando um procedimento que tem por base a má-fé” e prometeu agir pesado contra o time do Morumbi, que já é processado por três atletas formados em sua base.

    Martorelli quer combater os contratos de eficácia futura, segundo ele “um contrato de gaveta com nome mais bonito”, e investigar a acusação de que mais de 20 jogadores foram emancipados pelo clube. “Fica essa história de que o clube é isso, é aquilo, atende tão bem. Mas e o atleta?”, disse.

    Fonte: Terra

  2. Marcos Says:

    NÚMEROS DO DATAFOLHA CONFIRMAM: A TORCIDA DO PALMEIRAS É A QUE MAIS CRESCE NO BRASIL, NOS ÚLTIMOS 17 ANOS!!!!!!! NO ESTADO DE SÃO PAULO, A TORCIDA PALMEIRENSE TAMBÉM FOI A QUE MAIS CRESCEU DESDE A ÚLTIMA PESQUISA!!!!!!! VEJAM!!!!!

    Antes de mais nada, cabe fazer uma ressalva em relação a estas ” pesquisas de torcidas “, às quais tenho restrições. O Datafolha é sabidamente o instituto mais idôneo de pesquisas, mas, ainda assim, não acho que deva ser encarado como o melhor retrato da realidade. A verdade é que temos a Timemania, que relativizou todas as pesquisas, uma vez que é a mais completa de todas as pesquisas já realizadas.

    Na Timemania não há margem de erro: torcedores, de tudo quanto é canto do Brasil, podem ir às lotéricas, todos os dias da semana, para declararem espontaneamente qual é o seu time. Não há restrição geográfica, nem temporal, sem contar que o próprio torcedor informa o seu time, no sentido de ajudá-lo. Por isso, a Timemania é a melhor pesquisa de torcidas, de todos os tempos. E por ser do governo, é oficial. Logo, oficialmente, o tamanho das torcidas brasileiras é aquele indicado pelo Ranking da Timemania.

    Feita esta ressalva, passemos à análise das pesquisas de torcidas realizadas pelo Datafolha.

    São estes os números da pesquisa nacional de 1993:

    1º) Flamengo – 17%

    2º) Corinthians – 10%

    3º) São Paulo – 7%

    4º) Palmeiras – 5%

    5º) Vasco – 4%

    6º) Cruzeiro – 3%

    Já esta última pesquisa Datafolha, publicada no início de 2010, indica os seguintes números:

    1º) Flamengo – 19%

    2º) Corinthians – 13%

    3º) São Paulo – 8%

    4º) Palmeiras – 7%

    5º) Vasco – 5%

    6º) Cruzeiro – 4%

    Comparando-se a evolução dos tamanhos das torcidas de 1993 até 2010, notamos o seguinte quadro de crescimento percentual:

    1º) Palmeiras – 40%

    2º) Cruzeiro – 33,33%

    3º) Corinthians – 30%

    4º) Vasco – 25%

    5º) São Paulo – 14,28%

    6º) Flamengo – 11,76%

    Nota-se que o Palmeiras tem a torcida que mais cresce no Brasil, com impressionante crescimento de 40%, nos últimos 17 anos. Cruzeiro e Corinthians vêm logo atrás. Estes números estão de acordo com a realidade que observamos nas ruas, ou seja, o significativo aumento na torcida palmeirense, acima de todas as demais. Particularmente na década de 90 a ” explosão ” da torcida palmeirense foi algo incrível, pois a sensação era de que a torcida havia praticamente dobrado de tamanho, um lapso de poucos anos.

    Agora, analisando-se a situação no Estado de São Paulo, foram estes os números da pesquisa Datafolha de 2008:

    1º) Corinthians – 29%

    2º) São Paulo – 21%

    3º) Palmeiras – 13%

    Já na pesquisa Datafolha 2010 foram revelado os seguintes números:

    1º) Corinthians – 33%

    2º) São Paulo – 19%

    3º) Palmeiras – 15%

    Comparando-se as pesquisas de 2008 e 2010, temos a seguinte evolução percentual:

    1º) Palmeiras – 15,38%

    2º) Corinthians – 13,79%

    3º) São Paulo – -9,53%

    Nota-se que o São Paulo teve decréscimo de torcida de 2008 a 2010, sendo que sua torcida diminuiu quase 10%. Por outro lado, a do Palmeiras foi a que mais cresceu no Estado de São Paulo, com crescimento superior a 15%. O Corinthians também apresentou crescimento, mas abaixo do índice obtido pelo Palmeiras.

    CONCLUSÃO

    A torcida do Palmeiras é a que mais cresce no Brasil. Esta é a primeira e mais clara conclusão extraída dos dados do Datafolha. De 1993 a 2010, nenhuma outra torcida brasileira apresentou crescimento tão grande quanto a do Alviverde, nos últimos 17 anos. Observando-se a situação específica dos últimos 2 anos, no Estado de São Paulo, também verificamos um consistente crescimento da torcida palmeirense. Em 2008 havia, segundo o Datafolha, 13% de palmeirense. Em 2010 já eram 15%. Crescimento de 15,38%, ou seja, o maior, dentre todos os times paulistas em seu Estado de origem. Na contramão do forte crescimento palmeirense, observamos o declínio da torcida são paulina, que diminuiu quase 10% de 2008 a 2010.

    Muito embora, possamos questionar os resultados destas pesquisas todas, sem sombra de dúvida, elas têm o mérito de nos revelar fatos que a realidade nos indica de forma muito clara e nítida, dentre os quais, sem dúvida nenhuma, devemos destacar a hegemonia palmeirense, no que se refere a crescimento de torcidas no Brasil.

  3. Marcelo Abdul Says:

    A torcida do Palmeiras sempre foi uma das maiores do Brasil.

    Mas nas última duas décadas ela foi ultrapassada pela do tricolor. A disputa está equilibrada. Mas o São Paulo é a terceira maior torcida do Brasil e a que mais cresceu nos últimos 30 anos. De sétima ela chegou a terceira numa velocidade impressionante.

  4. Marcelo Abdul Says:

    Sim, de fato existe uma coisa errada. O aliciamento de empresários ligados a Kia Joorabchian a jogadores da base e o pior, a profissionais do próprio São Paulo FC. Não sei se você sabe mas a diretoria são paulina promoveu uma “faxina” em Cotia, porque descobriu que muitos desses profissionais indicavam Bertolucci para agenciar os meninos. Note que escrevi “rebeldia” entre aspas. Porque não foi uma revolta. E sim ordens do empresário.

    Quanto aos contratos de gaveta, muito me causa espanto o senhor Martorelli falar só do São Paulo. Esses contratos existem em quase todos os clubes do Estado não vi o atual presidente do sindicato mover uma palha contra eles.

    Alías faz tempo que não vejo o senhor Martorelli fazer absolutamente nada a favor dos atletas. E faz mais de 10 anos que esse senhor ocupa a presidência do sindicato e só faz número.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: