O VERDADEIRO INIMIGO

by

Por muito tempo a maioria da imprensa brasileira formentou que o principal adversário do futebol brasileiro eram os argentinos.

O locutor Galvão Bueno da Tv Globo sempre diz gritando em plenos pulmões “É sempre bom ganhar da Argentina”.  De fato é sempre bom ganhar de um vizinho a quem você chama carinhosamente de “hermano”. Mas lá eles nos chamam de “macacos”. Vai entender.

Mas nos últimos anos a Argentina se tornou uma freguesa de carteirinha. Desde 1993 a seleção platense não ganha uma coisa que preste. Tirando os jogos olímpicos, a Argentina só faz festa quando algum clube argentino dá uma cacetada num clube brasileiro numa final de Libertadores. Já é tradição.

Mesmo assim os números comprovam. Não é a  seleção Argentina, o alvo de nossas preocupações, mas sim um pequeno país da Europa em que seus habitantes falam um linguajar sofisticado e enrolado. Sim amigos, estou falando da FRANÇA.

Afinal de contas, qual foi a última vitória do Brasil sobre os franceses numa Copa do Mundo?

Foi há 52 anos na Copa do Mundo em 1958. Pelé estava COMEÇANDO a jogar.

De resto foram 3 cacetadas. Todas doídas e traumáticas.

Na Copa de 1986 com Zico perdendo pênalti e aquele maldito Bats pegando tudo que é bola de Careca e Muller e Sócrates para depois frangar na semifinal contra a Alemanha.

Em 1998..Bom…Eles tinham um gênio..jogavam em casa. Mas o Brasil pelo menos poderia ter jogado um pouco de bola e vendido caro a derrota não é? Mas teve 3 x 0 e teve olé.  Vamos falar a verdade e deixar de pachecagem…FOI UMA LAVADA!

Em 2006 era a hora da vingança. O time deles não era o mesmo de 1998 e o treinador deles era ( e ainda é) um sujeitinho arrogante e prepotente. O Brasil tinha Ronaldinho Gaúcho, Ronaldo o fenômeno, Adriano, o Imperador, Kaká, o garoto de ouro. Era a hora. Vai lá Brasil!!! Mas…. droga! Zidane jogou muito de novo!!! Deu chapeú no maior artilheiro das copas do mundo cobrou a falta que permitiu o gol de Henry e mais uma vez o Brasil caiu fora.

Qual seleção no mundo fez a mesma coisa com o Brasil ?

Nem a Argentina, que aliás só tem nos dado muita alegira.

Não são os hermanos que ameaçam a supremacia brasileira no mundo da bola. São os malditos comedores de caviar.

Com aquela ar blasé e linguajar refinado, os franceses não são derrotados pelo Brasil desde 1992. Desde lá só empates e derrotas.

Torci como louco pela Irlanda desclassificar aqueles perebas de monsieur Dommenech. Mas o antipático centroavante Henry levou a partida na “mão grande” literalmente.

Então que venha os “Le Bleus”! Que venha com aquele arzinho irônico de Dick Vigarista.

Por que a Argentina é o coadjuvante de comédia. A França é a verdadeira e única  vilã do futebol brasileiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: