ATÉ QUANDO AGUENTAREMOS JOSÉ DIRCEU?

by

 

O deputado Júlio Delgado(PSB-RJ), relator do processo contra José Dirceu(PT-SP) informou que arquivos importantes contra o parlamentar petista foram “deletados” do seu computador. Será mais uma manobra do ex-ministro da Casa Civil de permanecer no poder? Em toda a história da república jamais vimos um deputado apelar tanto. Recursos ao Supremo Tribunal Federal, depoimentos, apelações… tudo para evitar uma possível cassação. Suas manobras para permanecer na cúpula do partido dos trabalhadores foi surpreendente. Apesar das denúncias, o ex-ministro não arredou o pé e articulou a vitória de Ricardo Berzolin à presidência do PT. Tarso Genro, surpreendido pela influência enorme de Dirceu na direção do partido, sequer disputou as eleições petistas, desistiu e voltou ao Rio Grande do Sul com o rabo entre as pernas. Mesmo agora na hora da possível degola, José Dirceu demonstra uma influência gritante em todas as esferas. Difícil não acreditar que quando era ministro, sua participação também não era monstruosa.

 

 

As CPMI´S parecem estagnadas, ora pela dormência das investigações, ora pelas brigas políticas entre parlamentares do governo e da oposição. As pistas levam a crer que o mensalão é uma realidade. As renúncias de Valdemar da Costa Neto e do “Bispo” Rodrigues são altamente suspeitas. A livre circulação de Marcos Valério no planalto também. Agora vemos uma possível conexão entre o PT e o abafamento do caso Celso Daniel. Dirceu parece um fantasma, em todos os lugares e esferas. Seu gosto pelo poder parece não ter fim. Claro, como cidadão ele tem o direito da defesa, mas suas apelações e suas maquinações irritam. Ao invés de se defender com provas e argumentações convincentes ele discursa sobre as “maravilhas” da sua administração da Casa Civil, ediz que o Brasil precisa de uma “reforma política”, como se não fosse ele próprio, o responsável por essa discussão.

 

Desde sua militância estudantil e até sua nomeação para o ministério do governo Lula, o seu gosto pelo poder é evidente e claro. O deputado não quer largar o osso e quem perde com isso somos nós brasileiros que vemos esse cidadão mandar e desmandar, faz o poder judiciário interferir inconstitucionalmente no poder legislativo e pára o congresso com suas armadilhas e táticas malufistas. Na hora da verdade o verdadeiro vilão se revela como num filme de ação dos anos 90. Até quando teremos de aguentar José Dirceu?

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: